O que vender para ganhar dinheiro rápido em 2016

Veja o que vender para ganhar dinheiro e ter um negócio lucrativo em sua casa ou na internet.

O que vender para ganhar dinheiro rápido em 2016
Saiba o que vender para ganhar dinheiro e não ficar apertado no fim do mês

Você está precisando de um dinheiro extra? O seu salário não está chegando até o fim do mês? Então fique atento que vamos te dar dicas de o que vender para ganhar dinheiro e sair do sufoco.

O que vender para ganhar dinheiro na internet

Acredite que, algumas oportunidades, podem até virar um negócio próprio, dependendo da sua dedicação. O importante é saber identificar o que vender para ganhar dinheiro. Veja alguns exemplos.

Produtos importados

Uma boa opção para quem está precisando ganhar dinheiro em casa é revender produtos importados. Muitas pessoas estão apostando nesse mercado e com inteligência financeira é possível ter um bom lucro em cima de produtos que vêm principalmente dos Estados Unidos e da China.

Existem sites que vendem os mais diversos produtos pela internet: de artigos eletrônicos a enxoval de bebê e vestidos de noiva. Para se aventurar nessa forma nesse mercado, você precisa primeiro decidir o que vender para ganhar dinheiro.  Vamos ver os primeiros passos:

Definir qual tipo de produto você irá vender. Você precisa ponderar qual tipo de produto você tem afinidade, entende bem sobre ele e terá capacidade comercial para convencer as pessoas a comprá-lo. Afinal, se você não entende nada de produtos eletrônicos, não adianta querer comprar um monte deles e não saber quais interessam os aficcionados por tecnologia. Você precisa também pensar no seu público, para quem você vai vender e se as pessoas estão interessadas nesse produto que você quer oferecer.

Definir como você irá vender esse produto. Existem várias formas de colocar o seu produto no mercado. Você pode colocar um site na internet e abrir um e-commerce, você pode ser um vendedor de porta a porta ou manter o negócio em sua própria casa, e se o negócio der certo, pode também abrir uma loja física. Outra opção é fazer sob demanda. Procurar saber o que as pessoas estão precisando, buscar na internet mais barato, você faz o pagamento, espera o produto, busca na alfândega, resolve todos os trâmites burocráticos e cobra uma comissão sobre o valor do produto. Assim você assume “o risco” de fazer a compra internacional e ganha uma comissão em cima dele.

Lembre-se que os produtos não irão se vender sozinhos. É preciso se dedicar na divulgação dos seus produtos. Você tem inúmeras ferramentas gratuitas na internet e é preciso também ter um bom número de contatos para divulgar a venda dos seus produtos. Tenha sempre em mãos um cartão do seu negócio para oferecer a possíveis clientes

Você pode trabalhar com revenda de produtos para lojas físicas. Muitas lojas aceitam receber remessas (nesse caso em quantidade maior) para revender em suas lojas físicas. Por exemplo, se você decide investir em moda e vestuário, pode oferecer as peças em lojas da sua cidade. Mesmo com a sua comissão de venda, os preços das peças de roupas compradas das China são mais baratas do que as vendidas nas lojas do Brasil. Tenha um bom tino comercial, mostre seriedade na revenda e garanta clientes fixos.​

Lembre-se que existem impostos a serem pagos e riscos a se correr. É preciso comprar somente em sites internacionais confiáveis. Como você tem que primeiro comprar, investir o seu dinheiro, para depois revender, é preciso ter o mínimo de garantia que o produto desejado vai chegar assim como estava no site. Procure sites e vendedores com credibilidade para não transformar o seu negócio numa furada. E ao chegar no Brasil, os produtos vão para a alfândega e é preciso pagar impostos. Faça sempre as contas para ver se, com os portes do envio, mais os impostos e mais a sua comissão o produto terá valor competitivo de venda.

Para ter uma noção de como funciona a venda de produtos importados, veja nesse vídeo como a diferença de preço dos sites internacionais é muito grande em comparação com os preços praticados no Brasil e como é possível tirar lucro disso: 


Bazar Online

Já pensou em vender artigos que você não quer mais na internet? Essa ideia é uma boa ideia de o que vender para ganhar dinheiro pois você não precisa comprar um produto para então revendê-lo, você simplesmente se desfaz de algo que não usa mais.

Você pode fazer um site para um setor específico, como venda de roupas de segunda mão, por exemplo,  ou um site genérico que venda os mais diferentes tipos de artigos. Você pode vender coisas suas que você não precisa mais, como também pode fazer negócio com vizinhos, familiares e conhecidos: diga a eles que irá montar um bazar online e irá vender peças usadas na internet. Se eles têm algo em casa que queiram vender, você pode colocar o anúncio do produto online e ganhar uma comissão em cima do valor de venda. Assim, o dono se livra do produto e ganha dinheiro com a venda e você ganha com a comissão. Todo mundo fica satisfeito.

Veja como ganhar dinheiro respondendo pesquisas

É um negócio com risco mais baixo pois você não irá precisar investir dinheiro inicial. Mas não quer dizer que é algo simples:

  • É preciso ter um bom site, bem estruturado e com design atrativo
  • É preciso vender produtos realmente em bom estado, nada de querer enganar o consumidor com produtos gastos ou estragados
  • É preciso criar um anúncio atrativo dos produtos, com boas fotografias e uma descrição detalhada (e verdadeira) do produto
  • Garantir que o produto chegue à casa dos clientes dentro do prazo estipulado e com toda a segurança

A blogueira Fafella mostra nesse vídeo como ela está ganhando dinheiro vendendo, através do Instagram, produtos de moda e acessórios que não usa mais. 


O que vender para ganhar dinheiro em casa

Os itens citados acima exigem que você saia de casa, mas os exemplos que serão citados abaixo, você pode fazer dentro de casa e, mais uma vez, pode virar um negócio bastante lucrativo. Confira.

Comida

Já ouviu falar que comida é um negócio que dá dinheiro? É verdade, se você tem o dom para cozinhar (ou tem alguém em casa que tem), você pode aproveitar essa habilidade para cozinhar para fora. Existe uma infinidade de opções de comidas diferentes que podem te ajudar muito a ganhar um dinheiro extra no fim do mês. Vamos às opções:

  • Docinhos e salgados – se forem realmente muito saborosos, eles sempre terão muita saída. Sempre há aniversários (de adultos e crianças), confraternizações, festas de empresas e muitas outras ocasiões que precisam de salgados e petiscos fresquinhos. A confecção não é algo super complicado e os ingredientes também não caros, e o preço de venda pode te trazer um lucro interessante.
  • Bolos – se você faz bolos maravilhosos, saiba que tem um grande potencial para ganhar dinheiro em suas mãos. Assim como os docinhos e salgados, eles são requisitados em muitas ocasiões, especialmente em aniversários. Apesar da confecção não ser tão simples e, para se ter um produto de qualidade, ser preciso apostar em ingredientes mais caros, os preços dos bolos não são nada baratos. Ou seja, se você tem habilidade para isso, pode ter um bom lucro com bolos.
  • Comida caseira – no dia a dia apressado, pouca gente tem tempo, habilidade e paciência para cozinhar todos os dias. E se você entregasse a comida fresquinha e quentinha à porta das pessoas? Esse é um ramo muito trabalhoso, pois você tem que oferecer diferentes opções de pratos, lidar com o prazo de validade dos alimentos e ter uma boa cartela de clientes, mas também é daqueles que mais dá dinheiro certo. Você faz uma comidinha caseira que todo mundo elogia? Aposte na venda de “quentinhas” e veja seu lucro aumentar.
  • Comidas congeladas – esse é um ramo promissor principalmente pela data de validade do alimento poder ser alargada com o congelamento. Você pode vender diversos tipos diferentes de comidas congeladas: pizza, mini-pizza, lasanhas, diferentes tipos de massas, salgadinhos, doces, e até refeições completas, daquelas que é só colocar no forno ou no microondas e já está pronto.

Para se aventurar nesse mercado é preciso ter um bom número de contatos, uma cozinha ampla e bem equipada para conseguir atender a demanda, apostar em ingredientes de qualidade e ter muita organização e higiene na confecção dos alimentos.

Confira as dicas para começar um negócio sem dinheiro

Brechó na garagem

Precisa saber o que vender para ganhar dinheiro rápido sem transformar isso num negócio? Faça um brechó na sua casa. Pegue tudo que não precisa mais e que está em bom estado e coloque à venda. Você pode fazer isso com produtos só seu ou pode chamar vizinhos e amigos para fazerem parte – assim terá maior variedade de produtos e maior número de contatos convidados para frequentar o seu brechó. Avise a todos sobre o seu brechó, mande mensagens, coloque panfletos embaixo das portas dos vizinhos, faça uma divulgação completa do seu brechó apelando pelo preço, claro.

Quais produtos oferecer? O que tiver em casa em bom estado, está valendo:

  • Roupas, sapatos e acessórios
  • Artigos de decoração
  • Instrumentos musicais
  • Brinquedos e jogos
  • Bijuterias e/ou jóias
  • Móveis que não estão sendo usados
  • Livros
  • Artigos de cozinha (assadeiras, taças que ninguém usa, aquela batedeira ou Juicer que ninguém nunca usou etc)

Ofereça atrativos para quem frequentar: brindes (gastando R$ 30,00 em compras você ganha um item X de graça), ofereça a primeira bebida grátis (e cobre pelas demais, podendo incluir lanchinhos pagos), coloque música (ou convide um amigo músico para tocar e ganhar dinheiro “com chapéu”), etc. Faça o seu brechó um programa atrativo e viável para seus amigos e conhecidos e ganhe um bom dinheiro extra.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar