Oito coisas que você pode fazer para ser um homem melhor

Abandonar velhos conceitos infundados é o início de uma caminhada consistente e segura em busca do aperfeiçoamento pessoal. Melhora o homem, melhor a vida.

Oito coisas que você pode fazer para ser um homem melhor
Melhorar está ao alcance de todo homem com boa vontade

”Se vi mais longe, foi por estar sobre ombros de gigantes”. A frase de Isaac Newton, um dos maiores gênios da história da humanidade, sintetiza em poucas palavras o sentido da palavra crescimento. Afinal, ninguém se desenvolve, não importa o aspecto, se não tiver o apoio de outros. Tem vezes que você sente que precisa de um upgrade na vida? Que as coisas não estão caminhando da maneira que gostaria? Talvez se apoiar - não encostar - num ombro um pouco mais largo possa ser útil.

Conselhos valiosos para ser um homem melhor

Inspirados por Newton, o pai da física moderna, destacamos oito formas para você iniciar uma possível jornada de crescimento pessoal, que podem ser adaptadas conforme sua realidade permitir:

Parar, escutar, compreender

A comunicação nunca esteve tão prejudicada, o que não deixa de ser contraditório e paradoxal, em tempos de aplicativos de relacionamentos instantâneos e o Whatsapp. As conversas vão se tornando um campo minado, em que tentamos impor nossa verdade sobre a de outra pessoa ou mostrar o quanto sabemos sobre alguma coisa.

Nesse campo, a bomba explode quando deixamos o orgulho falar mais alto. Por isso, livrar-se desse perigoso sentimento é certamente o primeiro passo para uma comunicação mais genuína e produtiva. Ver os olhos de alguém radiantes por ter se sentido compreendido é um presente, experimente.

Desenvolva a compaixão

O machismo latente em boa parte dos homens - e de algumas mulheres - cria uma falsa película protetora, à prova de sentimentos. É difícil sair do estereótipo macho alfa pegador quando ele acaba nos trazendo algumas vantagens, como um falso respeito de colegas e parentes, e de algumas mulheres que são seduzidas por esse jeito algo cafajeste.

Compaixão não significa apenas ter dó de alguém pedindo esmola ou achar que os menores abandonados são coitadinhos. É algo que se relaciona diretamente com criar empatia e vontade espontânea de ver alguém se sentir melhor através de gestos, não importa se é seu chefe ou aquele mendigo que circula pelo bairro. Aqui, o bem que queremos para nós deve ser compartilhado com outros. O maior beneficiado é quem pratica.

Disciplina não é sinônimo de caretice

Perceber o valor da disciplina pode ser muito difícil até que precisemos dar conta de uma tarefa inadiável que não temos nem ideia por onde começar. Não surpreende, num contexto em que somos tão bem informados e temos à disposição um monte de coisa legal para se fazer.

Ter disciplina não é o mesmo que ser chato ou matar nossa verve criativa. Pelo contrário, tem mais a ver com desenvolver nossos talentos por meio da prática constante e com método. Aqui, pode valer o vasto campo de conhecimento oferecido pela internet e seus incontáveis cursos online gratuitos. Seja para jogar melhor totó (ou pebolim) ou para aprender a editar um vídeo, não faremos bem feito se antes disso não houver treinamento e disciplina. Nada vem do nada, dizia o filósofo romano Lucrécio.

Disciplina

Ter relações menos pautadas no ego

Ninguém passa pela vida de ninguém “impune”. Ou seja, todo mundo que cruza nosso caminho deixa sua marca, mais ou menos profunda. Guardar ressentimento é o pior tipo de sofrimento que alguém causa a si próprio e, uma vez cultivado, leva à fofoca, violência ou ao ódio desenfreado. Se alguém nos parece ruim, talvez seja hora de abrir uma janela e nos colocarmos em seu lugar. O mundo não é o que achamos que deve ser. Com paciência e boa vontade, ninguém vai parecer tão ruim quanto julgamos num momento de descuido.

Quem guarda, tem

Uma grande fonte de medo é o sentimento de que o dinheiro não vai dar. Não formar uma reserva prudente e gastar tudo que se ganha como se não houvesse amanhã é a melhor forma de se aprisionar e minar suas chances de ter liberdade. Ou você ainda acha que dinheiro foi feito só para gastar?

A cultura é para todos

Uma boa forma de ampliar a capacidade de compreender o outro é por meio da cultura. Livros, cinema, teatro, batalha do passinho, não importa, o que vale é o contato com diferentes formas de expressão, para que os reflexos positivos se manifestem no nosso comportamento. A internet é uma poderosa aliada para ampliar horizontes e ajudar a formar o novo homem que está em cada um de nós. Basta querer.

Cultura

Adapte métodos à sua realidade

A linha de raciocínio masculina e sua tradicional objetividade pode nos levar a enganos conceituais. Um deles é achar que o método de alguém, para dar certo conosco, precisa ser seguido à risca, literalmente. Ao pensar de forma binária, estamos na verdade buscando um atalho, uma maneira mais fácil de fazer algo sem precisar nos arriscar. Nada vem do nada, portanto, algo de novo só surge quando fazemos adaptações.

Homem não chora, nem vai ao médico

Cuidando bem de nós mesmos, com carinho e ações concretas que materializem esse cuidado, damos um grande passo para cuidar bem de outra pessoa. Vencer a barreira do homem total, que dispensa médico e acha que marcar consulta é sinal de fraqueza, é fundamental para a conquista da qualidade de vida.

E nem precisa ter plano de saúde, afinal, a melhor medicina é a que cuida da prevenção. Desenvolver o tripé alimentação - exercício - descanso continua sendo a melhor forma de evitar doenças e melhorar a autoestima. Evidentemente, se o caso é algum tipo de dor ou prejuízo nas funções, a ajuda médica deve ser procurada. O ideal, no entanto, é cultivar hábitos regulares para ter mais saúde apoiando-se nos ombros da medicina.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Julio Benck Julio Benck

Jornalista em permanente formação, entende que toda profissão tem sua arte e uma beleza característica, é só saber encontrar.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar