Como negociar a compra de um carro novo utilizando seu usado como parte do pagamento

Quer trocar de carro, mas não tem dinheiro suficiente para comprar à vista ou dar uma entrada gorda? Que tal dar seu carro usado como entrada e parte do pagamento? Cliqui aqui e saiba como negociar seu usado.

Como negociar a compra de um carro novo utilizando seu usado como parte do pagamento
Para não ficar no prejuízo na hora de trocar de carro, siga nossas dicas

já fez um test drive? veja como é fácilagende grátis

Já é hora de trocar de carro. Você já se cansou do seu atual e quer pegar um mais novo, mais forte, mais incrementado, porém não tem dinheiro suficiente para comprar à vista ou dar uma entrada gorda? Que tal dar seu carro usado como entrada e parte do pagamento para seu sonhado carro zero?

Melhores carros para comprar em 2016 por R$ 25 mil

Como negociar a compra de um carro novo utilizando seu usado como parte do pagamento

Sim, isso é possível e a maioria das concessionárias e algumas revendas de carros fazem negócios desse tipo. A questão é fazer as contas para ver se vale a pena. Reunimos dicas de como proceder na antes e na hora da negociação.

Conhecimento é poder

Os filósofos já diziam e é verdade. Saber o valor do seu carro é essencial para não perder dinheiro. Para isso consulte os dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, a famosa Tabela FIPE. Aqui você poderá ver o valor médio do seu veículo no mercado.

Tabela vs Realidade

A Tabela FIPE serve de base para seus cálculos. Os valores oferecidos podem variar dependendo da região, época do ano e principalmente do estado de conservação do carro. Esse último é o principal depreciador de valores e o nosso próximo tópico.

É melhor comprar carro usado ou juntar dinheiro para um carro novo

Conservação

À PROCURA DO CARRO IDEAL?
Antes de comprar, informe-se, teste e compare. Receba no seu email as melhores dicas e ofertas imperdíveis para você encontrar o carro dos seus sonhos.

Se você pretende dar seu usado como entrada, tenha ele no melhor estado possível. Riscos, amassados, barulhos e qualquer outro defeito só reduziram o baixo valor que a concessionária oferecerá. Faça todos os reparos possíveis antes de oferecer seu usado como parte do pagamento do novo.

Avaliação da concessionária

O momento de tensão, os vendedores farão algumas perguntas e depois avaliarão o carro buscando por defeitos e problemas. Não se deixe enganar, vendedores costumam perguntar por coisas que seu carro não tem, tipo teto solar. Ao responder que não, eles induzem você à acreditar que seu carro não vale tanto e assim incentivam você a aceitar o valor que oferecerão.

Os carros que mais despertaram interesse no brasileiro em 2015

Negociação

A hora mais difícil. Raramente você ouvirá o valor da tabela FIPE sair da boca de um vendedor, eles oferecem um valor bem abaixo da média para poder ganhar na hora de revender o seu carro e ganhar de novo na venda do zero. A persistência e pesquisa são suas armas neste momento. Leve seu carro em diversas concessionárias e revendas e veja qual oferece mais.

As perdas ao oferecer seu antigo na hora da troca são praticamente inescapáveis. A melhor opção seria vender no particular. Você conseguirá um valor muito mais justo ao vender para outra pessoa. Mas se você não tem paciência para negociações longas, não gosta de mostrar seu carro para dezenas de pessoas ou tem urgência para trocar, dar o usado de entrada resolve o caso.

Pense bem, faça as contas e se for vantajoso, dê seu antigo companheiro de entrada e sai no novo parceiro de aventuras. Tem dúvidas, críticas ou sugestões? Deixe seu comentário aqui embaixo.

Antes de comprar experimente. Agende um test drive online e gratuito.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar