Não sabe em qual negócio investir? Vá viajar!

Passeios turísticos despertam a criatividade para abertura de novos empreendimentos. Empresários contam como mudaram de vida

Não sabe em qual negócio investir? Vá viajar!
Uma viagem de férias pode despertar o seu espírito empreendedor

O negócio da sua vida pode ser revelado durante a sua próxima viagem de férias! É isso mesmo. Além de crescimento pessoal e cultural, uma viagem desperta também a curiosidade. Foi exatamente isso que aconteceu com algumas pessoas que, após as férias, voltaram e decidiram largar o emprego para abrir o seu próprio negócio.

Larissa de Sordi, 32 anos, trabalhava como engenheira em Porto Alegre (RS). Após algumas viagens à Itália, decidiu trocar os cálculos de custos de asfaltos pela gastronomia. Se apaixonou pelo país europeu logo na primeira vez que esteve por lá. Em 2015, resolveu voltar, já pensando em trazer os conceitos que usaria no seu recém-inaugurado restaurante Zola Enococina, no bairro Assunção, em Porto Alegre.

Ela usou até mesmo as fotos que produziu na Itália para usar como decoração em seu novo empreendimento. "As plantas do deck são encontradas na Itália. A cor terracota também é característica de lá", explicou Larissa ao site GeraçãoE, lembrando de suas viagens como turista. A família dela é de origem italiana, o que contou muito na hora de pensar o negócio e pedir demissão de seu emprego.

Com a ajuda de um coach, a engenheira descobriu o que mais gostava de fazer: beber vinho. Resolveu, então, misturar a bebida com comida. Mas antes de abrir o Zola Enococina, ela procurou se especializar. Fez um curso básico de cozinha e participou do projeto Polo Gastronômico, do Sebrae. "Durante um ano, frequentei eventos e ali peguei contatos muito bons", disse.

Agora, a empreendedora Larissa, que antes sofria de insônia por causa das preocupações do trabalho e se sentia perdida quanto ao seu destino profissional, conta que hoje dorme sossegada. "A viagem faz tu cuidares de ti mesma".

Qualidade de vida

Outro que mudou de vida após uma viagem foi Marcus Purper, engenheiro mecânico de 47 anos. Ele morou algum tempo na Espanha em 2013 e ao voltar para o Brasil resolveu deixar a indústria automotiva para montar a Studioeffi, empresa de eficiência energética. "Tive a oportunidade de conhecer obras, museus e cidades que inspiram o meu dia a dia", disse ele ao site GeraçãoE.

Ao ser procurado por um engenheiro da Multiplan para desenvolver uma solução sustentável, Marcus lembrou-se do Museu Guggenheim Bilbao. Segundo ele, a viagem à Europa abriu sua cabeça. "Me mostrou que é possível trabalhar igual a eles (os europeus), ter a mesma qualidade de vida. Falta, é claro, o apoio que eles têm em termos de carga de impostos", explicou.

Food bike

Após uma viagem para Nova Iorque, nos Estados Unidos, em 2015, Taila e Paulo Finn, de 31 e 33 anos, respectivamente, abriram o próprio negócio. Os dois perceberam que por lá é comum a venda itinerante de vinho em taças e importou a ideia para o Brasil. A dupla mora em Porto Alegre e decidiu comprar uma food bike e um reboque para transportá-la. Para isso, investiram R$ 15 mil e abriram a D'Vino.

"Sempre encaixamos nossos passeios com tours de vinhos", afirma Paulo. O casal já viajou para o Uruguai, Chile, Califórnia, Nova Iorque, Flórida, África do Sul, Alemanha e Portugal. Agora planejam visitar França e Espanha. Taila trabalha como advogada e Paulo é contador. Por enquanto, a bike de vinhos é um hobby para os fins de semana.

Mas com ele, os dois já conseguiram faturar cerca de R$ 10 mil em um único mês. Contam com uma carta de 42 rótulos. “É nossa válvula de escape", diz Taila.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Michelle Monte Mor Michelle Monte Mor

Formada em Comunicação Social e em Mídias Digitais. Escreve sobre o setor automotivo desde 2004. Não larga o smartphone e vive conectada às redes sociais. Adora viajar e dirigir.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar