Por que os brasileiros vão para Irlanda e não querem mais voltar

Você já pensou em morar na Irlanda? Esse país tem sido um destino visado por muitos brasileiros que querem imigrar. Conheça os motivos no nosso artigo.

Por que os brasileiros vão para Irlanda e não querem mais voltar
Saiba por que muitos brasileiros vão para a Irlanda e não querem mais voltar

Para a Irlanda? Mas por que a Irlanda? Essa é a pergunta que muitas pessoas podem estar se fazendo nesse momento, certo? Por muito tempo, os brasileiros que desejavam imigrar iam para os Estados Unidos (a maior parte), para Portugal, Espanha ou Reino Unido. Entretanto, a Irlanda vem despontando como um destino muito atrativo para o público brasileiro, tanto para viagens, como para intercâmbio e moradia a trabalho. 

Irlanda: A Ilha Esmeralda que encanta os brasileiros

Se você ainda não faz ideia do que tanto atrai os brasileiros? Quer saber por quê? Nós vamos te contar os motivos que fazem com que muitos brasileiros vão para a Irlanda e não queiram mais voltar!

1. Há muito a se visitar

motivosparamudarparairlanda


Ao morar em um país estrangeiro, há o desejo de conhecer o país, suas paisagens, suas cidades mais importantes, seu povo e sua cultura. Nesse quesito, a Irlanda não deixa a desejar! A Irlanda é a terra dos pastos verdes, possui 3.500 quilômetros de litoral, sendo uma das costas mais selvagens, belas e intocadas da Europa. Famosa pela sua beleza natural, a Ilha possui uma notável diversidade de paisagens: de praias a penhascos rochosos, rios e lagos de belezas incomparáveis, pântanos e muitas, muitas montanhas. Ao morar na Irlanda, não se pode deixar de visitar os Cliffs of Moher.  Considerado uma das maiores atrações do país e também um dos finalistas das Sete Maravilhas do Mundo da Natureza, os Cliffs of Moher são um conjunto de penhascos maravilhosos que se estendem por 8 quilômetros. Deve-se também visitar o Glendalough, que é conhecido como o vale dos dois lagos, com atmosfera mística.

Além das belezas naturais, a vida nas cidades também deve ser aproveitada. A capital Dublin é agitada e descontraída, com os benefícios e variedades de uma cidade grande mas com a calma de uma capital interiorana. Se você gosta de um ambiente universitário, vai adorar Galway. Uma cidade artística, agitada e culturalmente rica. Se quer uma cidade mais pacata, com arquitetura clássica européia e com ar misterioso, deverá conhecer e se encantar por Cork. Há muito a se ver na Irlanda e isso é um forte atrativo no país.

APRENDA
INGLÊS
E GANHE O MUNDO
comece já a estudar

2. A língua inglesa

A Irlanda possui duas línguas oficiais, o irlandês e o inglês. O domínio da Inglaterra sob a Ilha da Irlanda foi contínuo de 1175 a 1921, onde os costumes e culturas irlandeses – incluindo a língua foram perseguidos. Apesar de ter resistido, hoje a língua mais falada na ilha é o inglês, apenas 2% da população fala somente o irlandês, no interior do país. A maioria da população fala inglês e sabe pelo menos o básico do irlandês.

Portanto, morar na Irlanda é aprender ou aprimorar a sua fluência na língua inglesa, e esse é um forte atrativo para que brasileiros se mudem para lá. Vivenciar o dia a dia em um país falante da língua inglesa é a melhor forma de se tornar fluente no idioma, abre portas para o mercado de trabalho e torna o domínio do idioma um diferencial na carreira.

3. Oportunidades de trabalho

Apesar da crise financeira que a Europa enfrenta atualmente, a empregabilidade da Irlanda pode ser considerada boa e a taxa de desemprego do país está diminuindo mês após mês. Em março de 2015, essa taxa era de 14.8% da população, e fechou setembro de 2015 com 9.4%. Os setores que mais necessitam são os de TI (tecnologia da informação), Telemarketing e Webdesign e são exclusivamente para mão de obra especializada. O governo irlandês facilita a aquisição do visto Stamp 4 visto de trabalho a estrangeiros – que sejam de mão de obra qualificada nesses setores. Fora isso, os brasileiros que moram no país dizem que é possível encontrar vagas de trabalho em setores de serviço e comércio. Há oferta de emprego em pubs, lojas de conveniência, hotéis, restaurantes e supermercados. Pode-se trabalhar como entregador de encomendas ou jornais, garçom ou barman, au pair (babá), atendente em lojas, jardineiro, pintor, entre outros.  

Os brasileiros que moram (ou moraram) na Irlanda garantem: quem quer e não tem medo de trabalhar, consegue! Mesmo que o inglês não seja perfeito, há vagas. Não se pode esperar um trabalho dos sonhos, caso você não tenha as qualificações nas áreas citadas lá em cima. Mas uma boa notícia é: o salário mínimo irlandês é de 1.461,85 euros por mês, segundo o Eurostat em janeiro de 2015. Com a cotação do euro (nas alturas) a R$ 4,40 (em outubro de 2015) o salário mínimo irlandês é R$ 6.426,85. Nada mal, hein?

4. Custo de vida

Então o custo de vida na Irlanda é barato? Não, não é barato. Mas o custo x benefício da vida na Irlanda é, pois o salário mínimo do país também é alto. A vantagem do custo de vida da Irlanda é positivo quando comparamos com os demais países falantes da língua inglesa que os brasileiros mais emigram: EUA  e Inglaterra.

  • Numa comparação entre as capitais – o custo de vida em Dublin é: 27% mais barato do que o de Londres. O custo de vida em Dublin é: 21% mais barato do que o de Nova York.
  • Numa comparação entre cidades do interior com características aproximadas – o custo de vida em Galway (Irlanda) é 23% mais barato que em Cambrigde (Inglaterra) e é 26% mais barato que em Boston (EUA).

Viu só? O custo de vida na Irlanda não é barato se comparado ao do Brasil, mas em relação aos demais países da língua inglesa é muito vantajoso. Para saber quanto é o custo de vida detalhado na Irlanda, veja as estatísticas apontadas pelo site Numbeo. As informações estão em inglês e cotadas em euro.  

5. A cultura irlandesa

motivosparamudarparairlanda


Um dos grandes aprendizados quando se mora fora do país é mergulhar na cultura do país estrangeiro. Tudo é diferente do que você está habituado, tudo é novidade, e a cultura da Irlanda é rica, diversa e muito prazerosa de se conhecer. Para os amantes de história, o país tem um passado marcado por guerras e conflitos históricos com a Coroa Inglesa, que por muitos anos governou a ilha com mãos de ferros. Os castelos, muralhas e templos ficaram de herança. A música também é muito forte, com músicos internacionalmente conhecidos como U2, Cranberries, Enya e The Corrs e outros. A literatura do país também merece atenção, tem diversos escritores famosos como: James Joyce, Oscar Wilde, Bram Stoker e Herminie T. Kavanagh entre outros.

O povo irlandês é um povo festeiro e adora uma boa cerveja. A cultura dos pubs é muito forte na Irlanda, na região conhecida como “Temple Bar”, em Dublin, você vai encontrar diversos pubs e pessoas do mundo inteiro aprenciando a famosa cerveja Guinness.

O esporte também é muito forte e cultural no país. Os esportes ingleses dominam o país, como o boxe, o futebol e o rugby. Mas o país também tem esportes próprios que você dificilmente vai encontrar fora da Irlanda: Gaelic Soccer (uma espécie de futebol que pode ser jogado tanto com as mãos quanto com os pés) e Hurling.

6. Hospitalidade do povo irlandês

O povo brasileiro é bem recebido na Irlanda, e por causa de um número crescente de compatriotas nossos por lá, eles já estão habituados ao nosso jeito de ser. Viver em um país que não tem histórico de xenofobia é um alívio a qualquer estrangeiro, e para nós brasileiros a história não é diferente. O povo irlandês é conhecido por ser hospitaleiro. Não estamos dizendo que são calorosos ou parecidos conosco, pois não são. Assim como a maioria do povo europeu, eles são vistos como mais reservados e ‘frios’ por nós brasileiros. Mas de um modo geral é uma população que respeita as diferenças, se esforçam para serem simpáticos e amigáveis!

7. Segurança

A Irlanda é um país muito seguro. Primeiro há um número baixíssimo de armas dentro do país, pois as armas são ilegais. Nem os policiais andam armados. Só é possível ter uma arma se você possuir uma fazenda e tiver uma arma (como uma espingarda) adequada para o uso em fazendas. Por isso, os crimes com armas são baixíssimos, quase inexistentes. Existem caixas eletrônicos 24 horas por dia nas ruas e você não precisa ter medo ao sacar dinheiro. Os bancos nem têm segurança nas portas. Muitos muros e portões das casas são baixos e muitos carros dormem na rua, sem problemas. Há problemas de furto, portanto você tem que ter cuidado com seus pertences, mas roubos e assaltos são mais raros, há somente em algumas áreas restritas das cidades. Muitos brasileiros relatam que voltam pra casa de madrugada à pé e não sentem medo nem precisam ficar olhando para todos os lados à procura de pessoas com comportamento suspeito, há muita tranqüilidade.

8. A localização do país

Morar na Irlanda é morar na Europa Ocidental, ou seja, você vai estar próximo dos demais países que muitos brasileiros sonham em conhecer. Com a chegada das empresas aéreas low cost, ficou mais fácil viajar pelos países por preços bem acessíveis. Há passagens com bons preços para a Inglaterra, para os países ibéricos (Portugal e Espanha) e também para os desejados Itália e França. Estar dentro da Irlanda é também estar dentro da zona do Euro, ou seja, poder visitar tantos países utilizando a mesma moeda, sem se preocupar com câmbios e conversões é uma facilidade a mais.

9. As festas na Irlanda

motivosparamudarparairlanda


Primeiro não podemos deixar de falar do St. Patrick’s Day. É a festa do padroeiro da Irlanda, é um festival com desfiles e shows que duram 3 dias. Encontra-se a cor verde espalhada por toda cidade, as pessoas se vestem de verde e pintam-se com maquiagens e tintas verdes.  É o único período no ano em que vemos pessoas bebendo nas ruas, pois é proibido beber em vias públicas na Irlanda.

Outra coisa em relação às festas na Irlanda que vale observar é: o Halloween e o Natal são comemorados durante uma semana!  Como dissemos: os irlandeses adoram festas! Nessas épocas é comum ver pessoas – adultos mesmo – andarem fantasiados nas ruas, fazendo brincadeiras com as pessoas, principalmente ao redor dos bairros boêmios. No Natal, é possível ver desde um simples agasalho de lã com a imagem do Papai Noel a mulheres bem vestidas enroladas em pisca-piscas se divertindo com as amigas. É uma época muito divertida e descontraída!

Viu só? A Irlanda é um país muito diferente do nosso Brasil, em especial quando se trata do clima, pois lá é muito frio. Mas as qualidades que o país possui atrai pessoas de qualquer nacionalidade. É por esses e por muitos outros motivos que muitos brasileiros vão para a Irlanda e não querem mais voltar!

Aumente as suas oportunidades profissionais com o curso certo. Confira essa oportunidade!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar