Seis metas financeiras para 2017 e como alcançar

Todo fim de ano é a mesma coisa: mil planos para o ano que está para começar e esperança para colocar as metas financeiras em prática. Saiba como alcança-las.

Seis metas financeiras para 2017 e como alcançar
Veja como planejar e alcançar metas financeiras para 2017.

Quem nunca começou o ano cheio de planos e sonhos que atire a primeira pedra. É comum fazer planos e criar objetivos quando as emoções e expectativas para o ano novo estão a flor da pele, mas também é comum desanimar conforme os meses passam e não realizar nada do que foi prometido na hora da virada. Já está na hora de pensar nas metas financeiras para 2017 e planejar como realiza-las.

Seja comprar um carro ou cortar os pequenos gastos, o importante é ter foco e saber a importância de chegar em dezembro com a sensação de dever cumprido. 

Planeje-se: seis metas financeiras para 2017 

Se ainda não sabe por onde começar, nós ajudamos você. Separamos metas financeiras bem realistas e palpáveis para todos os bolsos, e que podem ser realizadas a partir do dia 1º de janeiro. Mãos à obra! 

1. Faça um curso que ajude na sua profissão

Silvia Alambert, coordenadora do projeto The Money Camp, que dá aula de finanças para jovens e adultos, lembra que as pessoas costumam receber mais dinheiro no fim do ano por conta do 13º salário, férias e participação dos lucros. Esse dinheiro pode ser investido e aplicado em um curso profissionalizante, de idiomas ou até uma pós-graduação.

A partir de janeiro já é possível encontrar escolas com inscrições abertas. Opte por aquelas certificadas e com credibilidade no mercado e procure negociar o preço das mensalidades. A certificação será um destaque no currículo e fará toda diferença no mercado de trabalho. 

2. Pare de fumar (e corte outros vícios)

Pode até parecer que o custo do maço de cigarros não afeta suas finanças, mas ao fazer um cálculo dos gastos mensais você verá que o valor do vício pode ser bem alto. Um fumante que consome dois maços de cigarro por semana, por exemplo, sendo que cada maço custa R$ 6, terá gastado ao fim do ano R$ 624. 

O começo do ano é a melhor época para fazer mudanças que impactarão tanto sua vida financeira quanto sua saúde. Comece diminuindo a quantidade de maços que consome e guarde o dinheiro que gastaria em uma poupança. Ao fim do primeiro mês veja o quanto economizou. Isso lhe dará ânimo e força para continuar até parar completamente. 

3. Livre-se das dívidas

Dívidas longas, como financiamentos e parcelamentos extensos, dívidas esquecidas, como o dinheiro emprestado do cunhado, acabam por consumir uma grande parte do orçamento e não te deixam dormir em paz. 

Essa tarefa pode parecer difícil em um primeiro momento, mas estar livre de dívidas te dá inúmeras possibilidades de melhorar suas finanças. Aproveite o 13º salário ou qualquer dinheiro extra conquistado no fim do ano e liquide tudo de uma vez para começar 2017 com mais tranquilidade. Se não for possível, use a regra do 50-15-30 para se livrar logo das dívidas, e pague o quanto antes para evitar juros. 

Dívidas

 

4. Compre um carro

“Terminar 2017 com um carro novo na garagem é possível, se você estabelecer critérios viáveis para escolher o modelo, ano e reservar a quantia mensal que será investida neste sonho”, orienta Silvia Alambert. Os planejamentos mensais são os mais difíceis, pois imprevistos e gastos emergenciais podem obrigar-te a mexer neste dinheiro poupado e até no dinheiro de outros metas financeiras.  

Se essa meta for traçada, o melhor planejamento é a organização, pois a compra de um automóvel envolve outros gastos como seguro, IPVA, combustível e despesas com manutenção do veículo.  Criar uma reserva financeira antes de adquirir o veículo é a melhor opção. "Dessa forma, um desvio de percurso no caminho não trará problemas de inadimplência, pois o bem ainda não foi adquirido e o dinheiro investido continuará rendendo em sua aplicação", finaliza Silvia.

5. Invista pensando na aposentadoria

A ideia de poupar para um futuro que pode estar muito distante pode não ser prioridade, mas se você tiver um dinheiro extra, provido de alguma promoção no trabalho ou outros proventos, uma boa opção é investimento na previdência privada e colocar esta como prioridade em suas metas financeiras. 

É possível contribuir com qualquer valor mensal, sendo que quanto mais cedo começar menor será o custo das parcelas. Destinar R$ 100 ao mês, por exemplo, já proporcionará uma boa garantia para o futuro. 

6. Viaje para o exterior

Uma viagem planejada é, assim como um automóvel, um sonho caro a se conquistar. Os gastos não se limitam aos pacotes de viagens, pois há muitas outras despesas envolvidas, como emissão de passaporte, seguro-viagem, cartão de crédito internacional, alimentação e traslados. Mas a experiência de conhecer outro país e outra cultura é inesquecível e enriquecedora. 

Faça um orçamento com agências de viagem quanto ao valor do destino que deseja conhecer e programe-se para poupar um valor mensal. Uma dica é dividir o valor desse sonho: se o custo do pacote é R$ 3 mil você pode dividir esse valor em 12 meses (ou menos, depende de quando deseja viajar) e se comprometer a guardar R$ 250 todo mês. Assim o custo fica mais leve e sua meta financeira mais próxima de ser realizada. 

Gostou? Compartilhe!
Na Web:

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar