5 mentiras que você conta a você mesmo e não deveria

É bom ouvir a intuição, mas às vezes nossa voz interior é maldosa e mente para nós. Saiba quais as mentiras mais comuns - e por que não acreditar nelas.

5 mentiras que você conta a você mesmo e não deveria
Nem sempre é bom ouvir a voz interior. As vezes ela mente.

Tem dias que você tem a sensação de que não deveria ter saído de casa. Briga com o namorado, comete um erro no trabalho, vai mal na prova, toma chuva, nasce uma espinha bem na testa. É o típico dia em que você não vê a hora de ir para a casa para se trancar e não ver mais ninguém, pois se sente como um saco de lixo.

Ok, todos nós temos dias ruins e eles fazem parte da vida. O problema é quando esses dias ruins se tornam frequentes e passamos a acreditar que merecemos ou até somos responsáveis por eles.

Coisas que você não deve acreditar sobre si mesmo

Às vezes nossa intuição mente. Seja por influência externa, daquilo que vemos nas mídias sociais e das cobranças da sociedade, ou por influência interna, com base no nosso humor e emoções, ela prega peças e pode nos fazer enxergar situações muito piores do que realmente são.

Você com certeza já contou a si mesmo alguma dessas cinco mentiras, listadas pelo site Daily Vibes. E está tudo bem, o importante é saber que elas não são verdadeiras e você é muito mais especial do que pensa.

1. Eu sou feio e ninguém vai gostar de mim

Estamos tão acostumados a acreditar que o tamanho da nossa beleza é diretamente proporcional ao que as pessoas enxergam que é comum ter a autoestima abalada pelos meios de comunicação, que constantemente insistem no “corpo perfeito”. Assim, quem é gordo deseja ser magro, quem tem cabelo crespo deseja o liso e quem tem nariz grande gostaria de ter um narizinho arrebitado.

É claro que alguns perfis sofrem mais com a pressão estética, em especial aqueles que fogem do padrão. Mas graças às mídias sociais nos deparamos com cada vez mais exemplos de homens e mulheres que exibem suas curvas, cabelos e características com orgulho e sem medo de ser feliz, que mostram que o conceito de beleza é muito mais amplo do que o padrão Barbie.

Por isso, quando se sentir feio pegue seu celular e faça selfies sexys, cheias de caras e bocas que lhe façam sentir bem. Se admire no espelho, ponha seu melhor look e saia para a rua. Sua beleza é muito grande para ficar presa dentro de casa.

2. Eu não tenho força de vontade

Há tempos você empurra com a barriga o plano de fazer uma pós-graduação alegando que não tem mais ânimo para voltar a estudar? Repita em voz alta “eu tenho força de vontade e vou conseguir” até se cansar. Se necessário, grite, ria e mude de cômodos para repetir a frase.

Em seguida escreva isso em um pedaço de papel e cole em seu mural ou onde costuma olhar com frequência. Parece simples, mas o efeito é muito positivo.

Em uma analogia simples, a força de vontade é igual o dinheiro. Você tem dinheiro em quantidade limitada, e depois que ele acaba é necessário buscar formas de conseguir ganhar mais. Use o mesmo princípio para a força de vontade, pois conseguir só depende de você ir atrás.

força de vontade

3. Eu não consigo lidar com isso

Você terminou um relacionamento, descobriu que alguém querido está doente ou não tem perspectivas para o futuro. São eventos extremamente estressantes, capazes de derrubar qualquer um por dias, e você tem todo direito de lamentar e sofrer por eles. Mas você deve ter em mente que pode e consegue enfrentar esses dramas e sair mais forte dessa experiência.

O universo prega muitas peças em nós e é nossa escolha lamentar ou fazer algo de novo a partir delas. Se estiver difícil conseguir força de vontade siga os passos da dica 2. Lembre-se: você é valioso demais para se lamentar para sempre.

4. Eu sou uma vítima do meu passado

Alan Robert Neal diz: “O problema em culpar seu passado pelo seu presente é que a história não pode ser mudada”.

Todos temos traumas e sabemos o quanto nossos dramas pessoais nos afetaram. Mas concentrar toda sua energia no passado faz com que você permaneça por lá, sem nunca superar os eventos que enfrentou e deixando com que eles definam quem você é.

Você é um sobrevivente do passado e um guerreiro do presente. Levante a cabeça e entenda que o futuro é um papel em branco e você é responsável pela história que escreverá nele. Você pode lidar com isso, você tem força de vontade.

vítima do passado

5. Eu não posso continuar

Claro que pode! Você sobreviveu a todos os seus piores dias e continua aí, encarando o que a vida lhe oferece. A essência da vida é essa: ela continua, ela segue um ritmo próprio e precisamos acompanhar para não ficarmos presos ao passado e nem estagnados. Ficar emocionalmente preso faz com que suas emoções atrofiem e te matem aos poucos. Não permita isso!

E acima de tudo, lembre-se: você não está sozinho. Todos nós estamos caminhando com você. Também tropeçamos, caímos e pensamos em desistir, mas seguimos em frente. E não vamos deixar você ficar para trás.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar