Os melhores países quando o assunto é saúde, riqueza e segurança

Os 10 melhores países avaliados pelo Índice de Prosperidade do Legatum Institute, levando em consideração quesitos como saúde, riqueza e segurança.

Os melhores países quando o assunto é saúde, riqueza e segurança
10 países mais bem colocando no Índice de Prosperidade

Todos os anos, o The Legatum Institute libera um ranking global chamado Índice de Prosperidade, que avalia os melhores países quando o assunto é saúde, riqueza e segurança.

A pesquisa feita pelo instituto é uma das mais completas, e leva em consideração 89 pontos diferentes entre todos os países para chegar em um resultado final. São avaliados quesitos mais tradicionais como a economia e a renda per capita de cada território, até pontos mais inusitados como o número de pessoas que têm acesso à internet no país.

Os 10 melhores países segundo o Legatum Institute

Ao todo, 142 países receberam a avaliação da organização. E esses são os 10 melhores países segundo o resultado da pesquisa.

10° Irlanda

A Irlanda melhorou seus níveis de segurança no último ano, o que a fez salta duas posições em relação a 2015. O país conta com transportes públicos eficientes e um recente polo de start-ups e novas empresas que têm alavancado a economia local.

9° Finlândia

A Finlândia tem o quinto melhor governo do mundo, mas pelo momento econômico não muito favorável no país, aparece no ranking do Legatum Institute apenas em nono lugar. Mesmo assim, o país continua exportando um modelo exemplar de educação, com uma rede de ensino toda gratuita e da melhor qualidade.

8° Holanda

Educação, saúde e liberdade individual são os pontos mais bem avaliados da Holanda, que também está entre os 10 melhores países com prosperidade e boa qualidade de vida. O custo de vida ali não é alto em relação a outros países europeus, principalmente em quesitos como alimentação e estudos.

Os melhores países para morar e trabalhar em 2016

7° Austrália

Esse é o terceiro ano em que a Austrália aparece na sétima posição desse ranking, e foi considerado o país com a melhor sistema de educação do mundo! Há também um baixo número de desemprego na terra dos cangurus e a necessidade de ainda mais mão de obra qualificada, o que gera oportunidades para profissionais estrangeiros.

6° Canadá

De acordo com o Índice de Prosperidade, o Canadá é uma verdadeira terra de liberdade, onde os cidadãos experimentam mais momentos bons que ruins ao longo da vida. Cerca de 80% da população considera o país com mais pontos positivos que negativos.

5° Suécia

A Suécia é a primeira colocada no quesito empreendedorismo e oportunidades. O que contribui muito para o país ficar na quinta posição do Índice de Prosperidade mundial. A infraestrutura do país também é privilegiada, sendo que mais de 90% da população só se locomove a pé diariamente.

4° Nova Zelândia

Com uma forte coesão social e uma comunidade muito engajada no andamento e decisões do país, a Nova Zelândia tem o melhor nível de capital social de todos os países pesquisados. Ele é considerado o país não europeu mais próspero do mundo.

As 10 melhores cidades para se viver em 2016

3° Dinamarca

Ótimo governo, sistema educacional sem igual e alto capital social fazem da Dinamarca o terceiro melhor país em riqueza e educação. Apenas o quesito saúde deixa um pouco a desejar e é o único ponto que impede o país de ficar com a primeira posição.

2° Suíça

Esse é o terceiro ano consecutivo em que a Suíça ocupa a terceira posição do Índice de Prosperidade do Legatum Institute. É a segunda melhor economia do mudo e embora o custo de vida no país seja alto, o salário mínimo dos cidadãos acompanha.

1° Noruega

A Noruega mantém o posto de primeira colocada como o país mais próspero do mundo. Ela ocupa essa posição já há sete anos. Em todos os quesitos avaliados, a Noruega conseguiu ficar em primeiro, somando um incontestável resultado. Além da riqueza, saúde e educação de primeira, o país possibilita uma igualdade social entre seus cidadãos não vista em nenhum outro lugar do mundo. Admirável!

O Brasil ficou na 54ª posição na avaliação geral do Índice de Prosperidade.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar