Conheça os melhores bairros de SP para morar

Para você comprovar que existe amor em SP, sim. Confira a nossa lista dos melhores bairros de SP e escolha o que mais combina com você.

Conheça os melhores bairros de SP para morar
Quer morar em um dos melhores bairros de SP?

Quais são os melhores bairros de SP para morar? Isso vai depender do que o interessado está à procura: segurança, acesso ao comércio, proximidade com o trabalho, luxo, vida noturna ou cultural e urbano? Infelizmente não dá para ter tudo no mesmo bairro. Mas separamos os melhores bairros de SP em cada um dos critérios.

Melhores bairros de SP em cada critério

Os melhores bairros de SP foram selecionados tendo como base pesquisas e estatísticas que são mencionadas as fontes em cada uma das categorias. Outros têm como base a localização, o comércio local e as escolas dos arredores. Abaixo, saiba quais são os melhores bairros de SP de acordo com a sua preferência e bora começar a procura!

Segurança: Alto da Mooca e Belém

O Estadão faz um levantamento mensal com todas as delegacias da cidade para saber qual foi a quantidade de roubos, furtos, homicídios, lesões corporais, latrocínio, estupro e tráfico de drogas, mês a mês. O Alto da Mooca foi o único bairro que teve o primeiro lugar entre os mais seguros em todas as categorias, exceto furtos, em 2015. O resultado disso é uma união da subprefeitura com a segurança pública. Foi um bairro fundado em 1556, no início da colonização de São Paulo e no início do século XX passou a ser colonizado por italianos. Opção boa para quem quer viver com segurança e sossego próximo ao centro e com fácil acesso às demais regiões da cidade por meio do eixo norte-sul, Avenida do Estado, ligação leste-oeste, Anhaia Melo e diversas outras opções.

Melhores colégios: Paraíso, Aclimação e Vila Mariana

Objetivo, Poliedro, Etapa e Bandeirante: todas essas escolas estão entre as 10 melhores de São Paulo e se localizam na região mencionada. É lá também onde vive o prefeito, Fernando Haddad. Pode ser considerado um dos melhores bairros de SP para viver com a família, já que está localizado num ponto central, próximo à Paulista e com fácil acesso ao eixo norte-sul. Quem trabalha na Vila Olímpia e usa o carro, demora cerca de 40 minutos para chegar ao trabalho. O ponto fraco é a segurança. Também é servido pelas linhas azul e verde do metrô, que conectam todos os pontos da cidade.

Vida noturna e centralidade: Bela Vista

Rua Augusta, Frei Caneca, Oscar Freire e boa parte do cenário cultural e urbano da cidade estão localizados na mesma região. Resta escolher de qual lado vai viver: o lado dos jardins é considerado uma região de luxo e ostenta aluguéis caros. Um flat de 40m² na região não sai por menos de R$ 2.500. O lado da Bela Vista, que fica atrás do Masp, tem aluguéis mais em conta, mas é mais perigoso. Nessa região, a vantagem é estar conectado a três linhas de metrô (azul, amarela e verde) e ter acesso a toda a cidade em alguns passos. Quem não quer investir num carro e enfrentar o caos do trânsito, pode apostar na região e contar também com opções de bares, restaurantes e baladas que só vão deixar o fim de semana ocioso se o morador quiser.

Aconchego: Vila Madalena

Ok, a vida noturna também é badalada, mas não é comparada ao agito do centro da cidade. Com um clima mais bairrista e maior união entre os moradores, a Vila Madalena é uma excelente opção para quem quer sossego e opções de bares, restaurantes e comércio alternativo à mão, tanto no próprio bairro quanto no bairro vizinho, em Pinheiros.

Uma boa dica para casais recém-casados ou que querem se juntar. A praça Benedito Calixto e a sua feirinha que ocorre aos sábados são excelentes pontos para fazer comprinhas de marcas independentes e almoçar num dos restaurantes com mesinhas na rua. Outro ponto muito legal é a Praça Por do Sol, que atrai muitos de seus moradores e visitantes para uma vista espetacular da cidade.

Luxo: Itaim Bibi

Foi como um dos melhores bairros de SP, e o único ponto fraco é a falta de metrô nos arredores. Mas não é problema para quem vive ali: a região concentra muitas empresas e tem até um shopping a céu aberto na rua João Cachoeira. Também existe um hipermercado onde dá para comprar praticamente tudo. Ali, dá para as compras e ir ao cabeleireiro sem usar o carro. Mas para sair de carro, há facilidade no acesso à Marginal Pinheiros, à Faria Lima, ao eixo norte-sul, e ao aeroporto de Congonhas. E mais um ponto a favor, para quem gosta de mais luxo ainda: a proximidade com o Shopping JK Iguatemi.

Áreas verdes e sossego: Cantareira

Horto Florestal, cachoeiras, Núcleo da Pedra Grande e muitas praças arborizadas são o que espera quem pretende viver na Cantareira, região que ficou muito conhecida em todo o Brasil por abrigar a represa que mais sofreu com a crise da água. Ali, existem muitos condomínios de casas onde dá para viver tranquilamente com a família, abrir a janela e se deparar com uma árvore e, pasme, ver até pica-paus, tucanos e macaquinhos em plena cidade. Acordar na Cantareira é sensacional. O ponto fraco é que o bairro fica afastado do resto de São Paulo, é longe do metrô e quem trabalha ou estuda de manhã terá que acordar muito cedo se quiser chegar no horário, já que para chegar ao centro tem que pegar o eixo norte-sul desde o começo.

Business e balada: Vila Olímpia

Fácil acesso à Marginal Pinheiros, proximidade com os novos centros comerciais da Zona Sul, modernidade e vida noturna. A Vila Olímpia é, além de relativamente recente, um dos melhores bairros de SP e cresceu junto com os centros empresariais que a rodeiam. Boa opção para quem quer ficar perto do trabalho durante a semana e também contar com as opções de bares e baladas nos arredores nas horas de lazer. Apesar de não ter metrô, a região conta com uma estação de trem que leva rapidamente até Pinheiros, na linha amarela, onde há conexão com a Paulista e a linha verde.

E você? Na sua opinião, quais são os melhores bairros de SP? Deixe o seu comentário.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar