Passo a passo para fazer MBA no exterior

Fazer um curso de especialização é essencial para se qualificar e dar um upgrade o currículo. Saiba como funciona o processo para fazer um MBA no exterior.

Passo a passo para fazer MBA no exterior
Confira os pré-requisitos para fazer o curso de especialização.

Se hoje é necessário se qualificar constantemente para conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho é natural que as buscas pelos cursos de MBA tenham crescido. Voltados para especialização na área administrativa, com matérias como finanças, recursos humanos, marketing e gestão de negócios, os cursos podem ser ainda mais enriquecedores quando realizados no exterior.

Tire suas dúvidas sobre MBA no exterior e saiba como se candidatar para os cursos, que serão um diferencial no currículo e contribuirão para o seu crescimento profissional e pessoal.

MBA no exterior vale a pena?

MBA significa Master Business Administration, um curso “lato sensu” semelhante à pós-graduação, mas voltado para as áreas de negócios e administração. Profissionais recém-graduados ou que já atuam na área costumam ver no MBA local ou MBA no exterior uma forma de aumentar sua rede de contatos profissionais e conquistar novos conhecimentos que farão a diferença em sua área. 

Entre as vantagens do MBA estão o contato com pessoas com trajetórias profissionais inspiradoras, o constante raciocínio sobre o que fazer em determinadas situações importantes para a empresa, a competição saudável com os colegas de sala e as oportunidades de se aprimorar em competências nas quais o aluno se sente inseguro, como falar em público ou expor um grande projeto. 

O profissional que realizar o curso de MBA no exterior terá ainda mais vantagem sobre aquele que não sair do país. O contato com culturas diferentes da sua ensina muito sobre outras formas de tratar o mundo dos negócios e se torna um diferencial dentro de empresas que lidam constantemente com estrangeiros. 

A discussão entre diferentes pontos de vista traz uma visão global de mercado e ajuda a entender consumidores e indústrias estrangeiras. Além disso, muitas universidades estrangeiras tem um corpo docente formado por pesquisadores e estudiosos renomados, que já lançaram livros, são reconhecidos como autoridades na área e ganharam prêmios. Uma universidade de peso chama a atenção no currículo. Ao fim do curso, que dura em média dois anos, o aluno recebe um diploma e adquire experiência para o mercado. 

MBA no exterior

 

Como fazer MBA no exterior

Antes de se candidatar a um MBA no exterior é preciso se perguntar se você tem perfil para realizar o curso fora do país. É preciso avaliar quais motivos te levaram a cogitar a pós-graduação e o que pretende fazer após os dois anos de curso. 

É preciso também se perguntar se está no momento certo da carreira e da vida. Quem deseja mudar de carreira vê no MBA no exterior uma ótima oportunidade de entrar em contato com diferentes segmentos e pessoas. Deve-se ter, ainda, no mínimo dois anos de experiência no mercado de trabalho, além da fluência no idioma do país de destino, e objetivos futuros alinhados ao currículo do curso.

Depois é hora de se planejar para o processo de candidatura, também chamado de application. Esse planejamento deve começar de seis meses a um ano antes do prazo final de entrega da candidatura. Esse prazo final, chamado de deadline, geralmente se concentra em três rounds para os quais o aluno deve se programar para participar:

  • Round 1: entre setembro e outubro
  • Round 2: no início de janeiro
  • Round 3: entre março e abril

Sabendo quando se candidatar, o aluno deve traçar as seguintes metas:

1. Conversar com pessoas que fizeram MBA no exterior e com quem participa dos processos de admissão, de preferência nas mesmas universidades que você deseja se candidatar. Também pesquise as exigências das universidades e aproveite para traçar seus objetivos profissionais e pessoais;

2. Prepare-se para os exames que são exigidos em praticamente todos os programas de MBA no exterior, como GMAT, GRE, Toefl e IELTS. Essa preparação deve levar no mínimo seis meses e inclui desde horas de estudo e atividades práticas até controle emocional. Uma boa nota faz toda diferença na aprovação; 

3. Aprimore-se quanto às suas competências. Identifique pontos fracos na vida profissional, como nunca ter liderado um projeto, e melhore-os dentro do prazo de seis meses. Avalie suas experiências internacionais e também seus hobbys – as escolas buscam pessoas interessantes e com paixões pessoais;

4. Participe de feiras de MBA no Brasil e, se possível, visite as escolas nas quais deseja se candidatar e assista pelo menos duas aulas. Demonstrar interesse faz toda diferença! 

Application

 

Como funciona

Decididas as escolas onde você pretende se candidatar e com a preparação em dia, é hora de colocar a mão na massa e começar o processo de application.

O primeiro passo é turbinar o currículo e as cartas de recomendação, que servirão para mostrar ao comitê de admissões o porque você é um excelente candidato ao MBA no exterior. É importante deixar claro sua trajetória profissional, focando em projetos que fizeram a diferença dentro da empresa, e os cursos de qualificação que participou ao longo da vida.

Depois é hora de fazer a redação. Desafios que enfrentou, planos para o futuro, objetivos profissionais, valores pessoais e reflexões devem entrar em cena, pois é na redação que você poderá ser mais autentico e mostrar quem você verdadeiramente é ao comitê de admissões. 

Conheça os diversos tipos de programas de intercâmbio

Fale sobre histórias pessoais de aprendizado e valorização que mostrem como você chegou a esse ponto da vida profissional em que deseja um MBA para especialização. Explique também, de maneira espontânea e que faça sentido no meio do texto, porque você escolheu essa escola e como isso mudará sua vida profissional.

Para fechar, preencha o formulário online, envie um currículo conciso e apresente traduções do diploma e histórico escolar da graduação. 

Quanto custa

Não é barato. Em algumas instituições europeias e americanas o custo, incluindo moradia, alimentação, transporte e seguro, pode chegar US$ 180 mil. Por isso é preciso planejar bem esse passo e se programar para poupar dinheiro e realizar esse sonho. 

Algumas instituições oferecem bolsas de estudo enquanto outras têm linhas de financiamento próprias para facilitar o pagamento do curso. Em algumas instituições é possível começar a pagar só depois do encerramento do curso, semelhante ao Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). 

Algumas universidades americanas fazem parte do top 100 do ranking de MBAs do USNews e apresentam preços bem mais acessíveis, segundo o site Business Insider. O preço da University of Wiscosin, por exemplo, é US$ 29.293 anuais, enquanto a Texas A&M University oferece preço anual de US$ 24.416. A University of Massachusetts, em 75º lugar no ranking, custa US$ 9.938 anuais para estudantes de fora. 

Gostou? Compartilhe!
Na Web:

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar