5 marcas brasileiras que fazem sucesso no mundo

Para bolsos e preferências distintas, é impossível não encontrar marcas brasileiras destacando-se no exterior. Por isso, conheça 5 entre as mais difundidas

5 marcas brasileiras que fazem sucesso no mundo
Conheça as marcas brasileiras que conquistaram as celebridades

Entre etiquetas, assinaturas de designers renomados e o gingado que só o que sai daqui poderia ter, muitas são as marcas brasileiras que alçaram voo, ganhando o mundo com seus produtos. Sem distinções, essa abrangência permite a empresas populares e grandes grifes conquistarem seus espaços até mesmo entre celebridades.

Marcas brasileiras de maior sucesso pelo mundo

Roupas, calçados e acessórios; seja onde for, certamente encontrará algumas marcas brasileiras entre vitrines no exterior, garantindo que a essência de um país permaneça, aonde quer que ela esteja. A seguir, conheça cinco empresas que fizeram seus nomes, tanto no Brasil, quanto lá fora.

1. Melissa

Criada em 1979 pela Grendene, a Melissa foi introduzida no mercado através do modelo Melissa Aranha, inspirado nas sandálias dos pescadores da Riviera Francesa. Entretanto, foi a partir da novela Dancing Days que os sapatinhos de plástico se tornaram febre no país.

Em 1983, deu-se início o processo de internacionalização da marca, contando com a parceria de designers de moda como Jean Paul Gaultier, Thierry Mugler, Jacqueline Jacobson e Elisabeth De Seneville. Com 78 lojas por todo o mundo, a marca investe na presente nos cinco continentes, mantendo sua constante expansão.

Atualmente, suas lojas-conceito conhecidas como Galeria Melissa se firmam em grandes metrópoles como São Paulo, Nova York e Londres – uma quarta está prevista para inaugurar no continente asiático.

2. Carmen Steffens

Outra marca de sucesso absoluto no exterior está nas mãos – ou melhor, nos pés – de Carmen Steffens. Afinal a marca, inicialmente de sapatos, abrange hoje bolsas e vestuário, garantindo seus padrões de requinte, sofisticação e conforto em produtos que abrangem preferências globais.

Queridinha entre as celebridades, nomes como Madonna, Jennifer Lopez, Paris Hilton e Eva Longoria fazem da grife referência a níveis hollywoodianos. Sediada na cidade de Franca, interior de São Paulo, Carmen Steffens atua no mercado há mais de 20 anos, contanto hoje com 550 lojas em 18 países, lançando nada menos que 11 coleções por ano.

Miami, Melbourne e também México e Emirados Árabes estão na lista para as próximas inaugurações da marca.

3. Havaianas

É impossível falar em marcas brasileiras pelo mundo e não citar as queridinhas Havaianas. De começo humilde em 1962 a sucesso no mundo todo, os chinelos tomaram ares temáticos e ganharam assinaturas de designers famosos, firmando até mesmo parceria com marcas de peso, como a Farm.

Inicialmente, os chinelos eram feitos de palha, com tiras de tecido e, em 1966, a marca patenteou a invenção dos chinelos de dedo de borracha. Nos anos 80, foi até mesmo incluída pelo Ministério da Fazenda como um dos produtos fundamentais na vida do brasileiro e, a partir de 97 instalou-se o hype, onde até mesmo celebridades de Hollywood desfilavam com seus pares.

4. Osklen

Criada pelo brasileiro Oskar Metsavaht em 1989, a Osklen se tornou sinônimo mundial no quesito moda lifestyle sob um estilo inovador. Em 99, há uma ampliação de seus segmentos, passando a abranger ainda moda feminina e esportes como o surfe, o trekking, o skate, e o já conhecido snowboard.

Adquirida em 30% pela empresa Alpargatas em 2012, atualmente a Osklen pertence em 60% à marca de sapatos, onde apresenta suas coleções em grandes eventos como a SPFW e a Semana de Moda de Nova York.

Tamanha sua expansão entre as marcas brasileiras pelo mundo, a empresa já possui lojas em países como Japão, Estados Unidos, Grécia, Argentina e Uruguai, além de 80 lojas por todo o Brasil.

5. Hope

De qualidade indiscutível entre as marcas de moda íntima, a Hope destaca-se internacionalmente através de seus produtos desenvolvidos para a linha Gisele Bundchen Intimates. Com 50 anos de história, a Hope deu suas caras no mercado sob o rosto do sutiã, em um momento de liberdade da mulher brasileira; já em 90, a polvorosa acontece por meio da tecnologia dos bojos.

Em 1999, sua sede industrial passa a se fixar no Ceará, introduzindo uma série de novos produtos em catálogo e expandindo-se então para suas mais de 140 lojas exclusivas, além de produtos comercializados em mais de 4 mil lojas multimarcas.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar