Os 7 pecados da linguagem corporal numa entrevista de emprego

A sua linguagem corporal diz muito sobre você. Na hora da entrevista de emprego, saiba quais atitudes que jamais podem ser tomadas e não perca uma oportunidade.

Os 7 pecados da linguagem corporal numa entrevista de emprego
Tenha uma linguagem corporal positiva na entrevista e garanta sua vaga de emprego!

Vestir-se bem, fazer barba ou passar uma maquiagem sóbria é importante para dar um bom aspecto durante uma entrevista de emprego. Mas além disso, ter uma linguagem corporal positiva pode garantir a vaga de emprego. Você sabia disso? Pois, fique atento porque o corpo fala! Para lhe ajudar, fizemos uma lista de gestos a evitar. Confira.
 

7 erros de linguagem corporal numa entrevista de emprego

Aquela oportunidade de emprego na empresa que você tanto queria surgiu. O currículo foi enviado e a entrevista marcada. Mas não deixe a ansiedade e nervosismo lhe atrapalhar na hora da entrevista. A linguagem corporal pode dizer muito sobre você. 
 
1-  Postura encurvada
A entrevista de emprego geralmente começa na sala de espera e, por isso, sente-se de maneira educada e que transpareça confiança. Procure não ficar desleixado, isso pode te atrapalhar. Durante a entrevista, lembrar da importância da linguagem corporal pode ser uma mais-valia. Quando for sentar, é importante ficar com o pescoço alongado, orelhas e ombros alinhados, e o peito ligeiramente saliente.
 
2- Braços cruzados
Cruzar os braços pode transparecer uma atitude defensiva, que não cabe na situação. Faça exatamente o contrário e use as mãos (sem exageros) para conversar. Isto pode causar uma empatia e mostra que você está mais aberto.
 
3- Não olhar nos olhos
O olho no olho transparece confiabilidade. Manter o contato visual faz parte da linguagem corporal e pode falar muito sobre você e sobre o que você está dizendo. Mostra que você é seguro e que sabe falar e responder os questionamentos de forma sincera. E mostrar-se confiável é tudo em uma entrevista de emprego.
 
Veja também como se comportar numa entrevista de emprego via Skype.
 
4- Cara fechada
Tudo bem que em uma entrevista de emprego é importante mostrar seriedade e compromisso com a função pretendida. Mas o ato de sorrir, transparece que você é mais de bem com a vida, sociável e demonstra uma maior abertura para o entrevistador. Por isso, seja simpático e sorria, mas sem afetação!
 
5- Inquietação
Não de ficar mexendo a perna de um lado pro outro ou até mesmo ficar jogando o cabelo. A sua inquietação pode ser uma distração para o entrevistador e, por isso, nada positivo para você. Além disso, estas atitudes podem demonstrar ansiedade e podem passar uma imagem de intranquilidade ao recrutador. O nervosismo é normal, mas tente se controlar ao máximo para não transparecer.
 
6- Proximidade excessiva
Nada de “grudar” no entrevistador. É importante respeitar o espaço pessoal. Se a conversa for sentada, evite inclinar demais. E se for em pé, procure não ficar muito próximo dele.
 
7- Aperto de mão
Por fim, a linguagem corporal que pode conquistar ou destruir a oportunidade de entrar na empresa. Nada de apertar demais e nem de menos. Seja simplesmente natural e olhe sempre nos olhos. Além disso, o candidato deve sempre esperar que o entrevistador estenda a mão primeiro.
 

 

Veja também:

 

Gostou? Compartilhe!
Carolina Benevides Carolina Benevides

Jornalista brasileira, Carolina Santarosa é formada pela Universidade de Fortaleza desde 2011. Atualmente cursa o 2º ano do Mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade do Porto. A profissional já trabalhou no marketing da Red Bull, foi Assessora de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza e do North Shopping Fortaleza. Fez intercâmbio acadêmico nos Estados Unidos e atualmente mora no Porto (Portugal).

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar