Entenda a diferença entre leasing financeiro e operacional

Deseja fazer um contrato de leasing? Veja as principais características do leasing financeiro e do leasing operacional e veja qual é o ideal para o seu caso.

Entenda a diferença entre leasing financeiro e operacional
Saiba a diferença entre essas modalidades de leasing

Você sabe a diferença entre leasing financeiro e leasing operacional? São duas modalidades diferentes de um mesmo tipo de contrato. Veja no artigo quais são as diferenças entre eles e qual é o ideal para você.

Leasing financeiro ou operacional, qual é melhor para mim?

Antes de tudo é preciso entender o que é um contrato de leasing. Este tipo de operação, também chamado de arrendamento mercantil, é aquele em que através de um contrato uma arrendadora adquire um bem escolhido pelo seu cliente, para, em seguida, alugá-lo a este último por um prazo determinado e acertado entre ambos. Após o fim do contrato, o cliente tem a opção de comprar ou não o bem alugado com a arrendadora.  Mas dentro dessa operação existem duas modalidades diferentes, o leasing financeiro e o operacional, entenda as diferenças:

5 empresas que oferecem empréstimo pessoal online

No leasing financeiro, o objetivo do contrato é a prestação do serviço de arrendamento do bem e não a venda dele. O cliente que opta por um leasing financeiro tem intenção de usufruir do bem por aluguel, quando chegar ao fim do contrato estabelecido, ele pode optar por renovar o contrato de leasing, devolver o veículo ou imóvel ou ainda pagar o restante do valor devido e adquirí-lo.  No processo de leasing financeiro, o cliente fica responsável pela manutenção do bem e por seu processo de envelhecimento.

PRECISA DE CRÉDITO
para
colocar
as finanças em dia?
saiba mais

O leasing operacional

Nesta modalidade de leasing, o objetivo do contrato é transferência do bem ao cliente no fim do contrato. O cliente que opta por um leasing operacional quer usufruir das vantagens deste tipo de processo – como a não necessidade de pagar uma entrada, não pagar o IOF e a menor burocracia, vantangens típicas do processo de leasing – para adquirir um bem, como um veículo ou imóvel.  Aqui, o fornecedor arrendador pode ser responsável ou não pela manutenção e processo de envelhecimento do bem, isso fica determinado em contrato. Caso o cliente opte por não ser responsável por esses serviços, dentro das parcelas mensais estaram incluídas o valor de arrendamento do bem mais as taxas pelo serviço colocado à disposição pelo arrendador. Mas atenção: o valor das parcelas devem ser limitado em até 75% do custo do bem arrendado e o preço para a compra após o término do contrato deve ser, necessariamente, o valor do mercado do bem arrendado.

Qual é o ideal?

Se você vai optar por um contrato de leasing pois ainda não tem certeza se irá precisar da posse do bem ao fim do contrato, é indicado optar pelo leasing financeiro, assim você paga pelo aluguel do veículo, usufrui do mesmo e, se mais à frente, decidir que é vantajoso adquirí-lo, pode comprar ou renovar o contrato com a empresa. Mas se você, desde o início, quer possuir o bem, o melhor é optar pelo leasing operacional.

Conheça a solução de crédito sob medida para você.

Veja também:

 

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar