Juro do cartão de crédito bate recorde

Os juros do cheque especial e do cartão de crédito rotativo estão entre os mais altos do mercado; Saiba como fugir das taxas

Juro do cartão de crédito bate recorde
Substitua os empréstimos do cartão de crédito e do cheque especial pelo crédito consignado

No mês de setembro os juros médios cobrados pelos bancos nas operações com cartão de crédito rotativo voltaram a subir. Chegaram a 480,3% ao ano, um novo recorde. Em agosto, estavam em 475% ao ano. Os juros bancários cobrados no cheque especial também apresentaram alta. Subiram 3,8 pontos percentuais em setembro deste ano, para 324,9% ao ano. Outro recorde. Em agosto a taxa do cheque especial estava em 321,1% ao ano.

No acumulado de 2016, os juros do cartão de crédito rotativo subiram 48,9 pontos percentuais. A taxa cobrada nas operações com cheque especial subiu 37,9 pontos percentuais em 2016. Os juros do cartão de crédito rotativo e do cheque especial estão entre os mais altos do mercado. De acordo com especialistas, esse tipo de empréstimo só deve ser utilizado em caso de emergência e por um curto prazo.

O Banco Central ainda não sabe quando essas taxas serão reduzidas. Neste mês, o BC baixou a taxa básica da economia de 14,25% para 14% ao ano no que foi o primeiro corte dos juros em quatro anos. Os economistas recomendam que as pessoas substituam os empréstimos do cartão de crédito e do cheque especial pelo crédito consignado.

Veja dicas para evitar o cheque especial e o rotativo do cartão:

  • Não gaste mais do que recebe. O limite do cartão não deve ultrapassar 50% do salário ou ganho mensal;
  • Fique atento ao fazer um parcelamento. A facilidade de parcelar compras no cartão contribui para o maior endividamento. Esteja ciente de que o seu orçamento mensal estará comprometido nos meses seguintes;
  • Evite (sempre) pagar a parcela mínima do cartão de crédito. As altas taxas de juros levam à inadimplência. Caso não consiga pagar a parcela total, procure outra linha de crédito que não passe de 2,5% ao mês;
  • Outra dica é: evite pagar a anuidade do cartão. Hoje existem cartões que não cobram nenhuma taxa de manutenção;
  • Nunca empreste seu cartão à outra pessoa, mesmo conhecida;
  • Você possui apenas um ganho mensal? Então mantenha apenas um cartão de crédito. Caso ganhe semanalmente, poderá ter até três cartões, com vencimento para os dias 10, 20 e 30. Com isso, pode comprar seis dias antes do vencimento de cada um, ganhando 36 dias de pagamento;
  • Se não conseguir pagar a fatura total do cartão no vencimento, faça um diagnóstico financeiro e descubra o problema;
  • Ao parcelar no cartão de crédito, esteja ciente de que haverá pagamento de juros em cada prestação;
  • Poupe dinheiro, compre à vista e peça descontos.
Foto: Reprodução FreeImages

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Michelle Monte Mor Michelle Monte Mor

Formada em Comunicação Social e em Mídias Digitais. Escreve sobre o setor automotivo desde 2004. Não larga o smartphone e vive conectada às redes sociais. Adora viajar e dirigir.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar