Os investimentos mais seguros para 2016

A poupança vem superando a inflação, e quem investe nela perde dinheiro. E agora, quais são os investimentos mais seguros para esse ano? Descubra.

Os investimentos mais seguros para 2016
Veja investimentos seguros que pagam mais do que a caderneta

Você sabia que a poupança já deixou de ser um dos investimentos mais seguros para o brasileiro? Explicamos o porquê: a poupança paga a taxa referencial + 0,5%. Isso fica em torno de 0,65% ao mês. A taxa de inflação tem superado essa taxa e a cada mês é necessário mais dinheiro para pagar as mesmas despesas. Ou seja, quem deixa o dinheiro na poupança, na verdade está perdendo a dinheiro equivalente à diferença entre a taxa da poupança e a taxa de inflação. Na prática, significa que mesmo quem poupou, perdeu dinheiro.

Principais tipos de fundos de investimento

Os investimentos mais seguros durante a crise

Se a poupança já não é mais interessante e investir em imóveis já não é mais algo tão simples como antes, quais são, afinal, os investimentos mais seguros de 2016? Segundo Danilo Costa, especialista em Mercado de Capitais, todos os investimentos no Tesouro Nacional são opções seguras porque é um dinheiro que o investidor “empresta” ao Governo e recebe com boas taxas de juros de volta. Veja abaixo quais são as opções mais rentáveis de investimentos no Tesouro Nacional.

MULTIPLIQUE A SUA CHANCE DE GANHAR NA MEGAsaiba como

Tesouro pré-fixado (LTN)

O fluxo de pagamento desse título é simples: você resgata o valor após um tempo, acrescido dos juros fixados no momento da aplicação. É um dos investimentos mais seguros na conjectura de uma crise porque o governo precisa de dinheiro, então paga juros mais altos pelo “empréstimo” do investidor. Mantendo o dinheiro na aplicação sem retiradas até o fim do período fixado, o investidor recebe mais R$ 1.000 por cada papel. Se adquirir frações, esse valor será proporcional.

Tesouro Selic (LFT)

Essa taxa de juros é indexada à Selic, que é a taxa de juros básica da economia. O investimento é indicado se as previsões são de aumento da Selic. O valor de mercado da LFT é pouco volátil em caso de venda antecipada, e por isso é considerado um título para perfis de investidor mais conservadores. O fluxo de pagamento é simples, em que é pago o valor da taxa Selic no vencimento. Se precisar vendê-lo antes do período, o título paga o valor da Selic no momento da venda. É um dos investimentos mais seguros durante a crise porque a taxa básica de juros tende a sofrer aumentos.

Tesouro IPCA

É o título que apresenta rentabilidade real. Ou seja, ele paga a taxa de juros do vencimento mais a variação da inflação no período medida pelo IPCA. Dessa maneira, independentemente da variação inflacionária no período, o valor pago pelo título será sempre superior. Esse investimento também tem períodos de vencimentos mais longos e é indicado para os investidores que querem poupar para uma aposentadoria ou planos de longo prazo. O pagamento também é simples: você recebe a taxa de juros do título no vencimento e a variação da inflação no período.

Jogar na loteria com a Lottoland é fácil e seguro! Aumente as suas chances de ganhar.
 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar