Como ser instrutor de autoescola

A profissão de instrutor de autoescola é regulamentada pela lei 12.302, que aponta os pré-requisitos para exercer o trabalho. Saiba quais são e o piso salarial.

Como ser instrutor de autoescola
Saiba qual a média salarial e o que precisa para ser instrutor de autoescola

Dirigir bem, nunca ter tido a CNH cassada, não ter recebido de trânsito gravíssima nos últimos 60 dias e ter paciência e boa noção de direção defensiva são alguns dos critérios essenciais para quem deseja ser instrutor de autoescola e formar novos motoristas.

O instrutor de autoescola é quem vai ensinar e acompanhar os futuros motoristas no processo de habilitação para direção de veículos, seja ele teórico ou prático. Saiba o que precisa para se tornar um.

Quanto ganha um instrutor de autoescola

O piso salarial varia de acordo com a unidade da federação. A recomendação de salário fixo da categoria é de R$ 1300 e segundo o Guia Catho de Profissões e Salários, a média salarial do instrutor de autoescola no Brasil é de R$ 1.491,99.

No Ceará, o Sindivace (Sindicato dos Instrutores de Veículos Automotores do Estado do Ceará) fechou a CCT 2015/2016 e reajustou em 9% o salário dos instrutores e funcionários. Assim, um instrutor de prática de direção nas categorias A e B ganha R$ 1.090, categoria C e D R$ 1.209,90 e na categoria E R$ 1.288,38. Já o instrutor prático recebe no piso mínimo de R$ 16,35 por hora/aula.

O Sintraed (Sindicato dos Trabalhadores, Instrutores e Diretores de Autoescolas de Bauru e Região) firmava como piso até dia 30 de abril de 2016 o valor de R$ 1.920 para instrutores teóricos técnicos e instrutores práticos nas categorias A e B, R$ 1.935,12 para categoria C e D e R$ 1.946,62.

Requisitos para ser instrutor de autoescola

A lei 12.302 de 2010 regulamenta a profissão e o artigo 4º cita os pré-requisitos para o exercício da atividade. É preciso ter no mínimo 21 anos, ensino médio completo e 2 anos de habilitação legal para fazer o curso de formação.

O futuro instrutor de autoescola também não deve ter nenhuma infração gravíssima nos últimos 60 dias, não pode ter CNH cassada e precisa ser aprovado em exame psicológico para fins pedagógicos.

É necessário também possuir certificado de curso específico realizado pelo órgão executivo de trânsito e ter participado de curso de direção defensiva e primeiros socorros.

Também é necessário estar habilitado há pelo menos um ano na categoria D – que permite direção de veículo para transporte de passageiros -, mas a PL 289 de 2010, do ex-senador Gilberto Goellner, está em tramitação para eliminar essa necessidade.

No site do Detran é possível procurar as instituições credenciadas para oferecer o curso de instrutor de autoescola. Para fazer a matricula é preciso apresentar a CNH (original e cópia), comprovante de escolaridade do ensino médio, avaliação psicológica para fins pedagógicos e duas fotos 2x2 recentes.

O valor do curso varia de acordo com a instituição. Após a conclusão, a instituição emitirá o certificado de conclusão do curso e encaminhará os documentos para o Detran fazer a conferência e registro, que deve ser retirado no local onde eram realizadas as aulas.

Faça Pós-graduação em 6 meses e evolua sua carreira! Conheça Catho Pós

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar