5 passos para falar inglês fluente

Veja dicas para ter inglês fluente e não gaguejar mais nas entrevistas de emprego.

5 passos para falar inglês fluente
Gagueira ao falar inglês? Deixe isso pra trás!

Inglês fluente é requisito em muitas vagas de emprego e diferencial para quem sabe falar de verdade. Se você já tem prática com o idioma e consegue ler e entender tudo sem grandes dúvidas, mas na hora de falar dá aquela travada, conheça as dicas que preparamos para adquirir fluência no idioma mais falado por não-nativos mundo afora.

Como ter inglês fluente

Mais do que tudo, é preciso prática. É por isso que os testes de proficiência nos idiomas têm uma validade determinada. Pense na aquisição de inglês fluente como um atleta pensa no esporte que pratica. Se não treinar, a técnica e a pronúncia podem até permanecer intactas, mas com certeza a fluência é perdida. Fluência, por acaso, é derivado da palavra fluir. Veja algumas sugestões para falar inglês fluente:

Conheça as principais bolsas do Santander para estudar no exterior

1. Não se atenha à gramática

Pode parecer uma regrinha contraditória, mas para falar inglês fluente você vai precisar esquecer a gramática. Ela só serve para te confundir e atrapalhar a elaboração de frases. Você sabia que a maioria dos falantes nativos de inglês sabe apenas 20% das regras gramaticais? Se você aprender ouvindo, vai naturalmente absorver essas regrinhas e, depois, se quiser estudá-las, elas vão parecer normais.

APRENDA 
inglês e vá longe

comece agora

2. Contextualize

Pense numa criança aprendendo a falar. Ela adquire vocabulário à medida que precisa usar as palavras adequadas ao contexto, certo? O problema das escolas de inglês e dos métodos de estudo é ensinar muitas palavras, que fazem um vocabulário amplo, mas não a sua aplicação em frases. A partir de agora, sempre que aprender uma palavra nova, procure criar uma frase que faça sentido com ela: although, thus, in spite of, dispite of, indeed são algumas expressões conhecidas que os não fluentes não costumam empregar nas frases e podem fazer a diferença.

3. Leia em voz alta/Fale com nativos

Tire um tempo do dia para conversar em inglês com um amigo ou pelo Live Mocha. Esse site reúne falantes nativos com quem você pode conversar para treinar o idioma enquanto ensina a eles como falar português, tudo gratuito. Além disso, tire um tempo para ler em voz alta uma notícia por dia de um portal em inglês, como o The Guardian e anote as palavras que teve mais dificuldade na pronúncia para procurar o significado no dicionário em inglês - não vale traduzir!

Escolha os assuntos do seu interesse. Você gosta de móveis e decoração? Procure inspirações fazendo a pesquisa do Google em inglês a partir de agora e leia blogs e sites em inglês. Se é publicitário, fique por dentro das notícias da publicidade em portais específicos de língua inglesa. Alie os seus interesses pessoais à prática do idioma. Assim, você adquire um vocabulário que vai usar nas suas conversas, vai se informar e aprender inglês.

4. Coloque o inglês ao seu redor

Por que as pessoas falam inglês fluente? Por vários motivos: moraram fora, estudaram em escola bilíngue, estudaram em escolas de idiomas ou praticaram sozinhas. Seja como for, a fluência em qualquer idioma se dá pela imersão. Você só está lendo esse artigo porque aprendeu a falar português através da imersão – e esse provavelmente é o seu idioma nativo.

Ou seja, quanto mais você imergir no idioma, melhores serão os resultados. Se não dá para fazer um intercâmbio, crie o hábito de se rodear do idioma assistindo a séries e vídeos sem legenda, ouvindo músicas, lendo notícias. Com uma hora por dia de prática, a fluência chega. É claro que mais lentamente do que ser forçado a viver num país que não fale o seu idioma. Não importam os meios, e sim a finalidade. A partir de hoje, esqueça os filmes dublados.

Saber ler e escrever em inglês é muito simples, mas é a oralidade que pesa na fluência pedida nas vagas de emprego. A tradução não é um recurso bacana porque te faz pensar no seu idioma antes de pensar em inglês. Ao invés de procurar um tradutor, procure um dicionário em inglês quando quiser saber o significado de uma palavra nova.

5. Tenha material de confiança

Praticar é fundamental, desde que você o faça da maneira correta. Além de cumprir as dicas anteriores, use como base um material confiável para a prática. Não adianta aprender e treinar várias vezes, mas aprender errado. Trocar ideias com nativos, ler bons livros, usar bons livros didáticos e contar com a ajuda de um professor particular, mesmo que uma vez por mês, são bons jeitos de começar a falar inglês fluente da maneira correta.

Saiba como fazer uma faculdade de qualidade com baixas mensalidades!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar