Internet banda larga da Hughes vale a pena?

Confira as propostas e vantagens apresentadas pela Hughes para os novos planos de internet banda larga que a empresa começa a oferecer no Brasil.

Internet banda larga da Hughes vale a pena?
Conheça as vantagens dessa nova opção de internet

A Hughes, empresa norte-americana de telecomunicações que já atua no Brasil há alguns anos, está lançando nesse mês de julho, um novo pacote de serviços de internet banda larga para o país.

O serviço chamado de HughesNet promete agradar os consumidores por apresentar um diferencial pouco explorado por aqui, e que deve valorizar os pequenos centros urbanos, diferente do que é feito por outras empresas do ramo.

Vale a pena instalar a internet da Hughes?

O objetivo apresentado pela Hughes é bem claro: acabar com a exclusão digital no Brasil. E para isso a empresa quer disponibilizar esse pacote de internet banda larga em locais que, hoje, apresentam uma infraestrutura ainda precária do sistema.

O acesso à internet será oferecido via satélite e sempre em alta velocidade, mas não será grátis, de forma semelhante aos pacotes oferecidos pelas empresas concorrentes.

QUER A
SUA INTERNET RÁPIDA
E BARATA?
mude já!

De acordo com uma pesquisa da Hughes, 54% dos acessos de internet nos locais onde ela pretende operar no Brasil, não possuem uma boa estrutura de conexão, sendo a maioria feita ainda via rádio e até mesmo pelo 3G do celular.

A Hughes promete oferecer um serviço de qualidade, a um preço justo, já que seus diferenciais parecem bem interessantes.

Preços e coberturas

Embora seu desejo seja ajudar a eliminar a exclusão digital no país, os pacotes oferecidos pela Hughes não são dos mais baratos, começando pela taxa de adesão no valor de R$359,00.

Para o plano residencial os valores são:

  • 10 mega = R$249,90
  • 15 mega = R$349,90
  • 20 mega = R$449,00

Já para os planos empresariais os preços são:

  • 15 mega = R$459,90.
  • 20 mega = R$659,90.
  • 25 mega = R$859,90.

Facebook Beta: como obter as atualizações antes de todos

Todos os planos apresentam um esquema de franquia limitada dividida entre os períodos das 8h às 0h e das 0h às 7h. Se essa franquia for ultrapassada, a velocidade é reduzida para até 500 Kbps, mas o cliente pode manter a velocidade anterior contratando um pacote adicional de 1 GB por R$ 29,90.

A Hughes afirma que as quantidades de gigabytes oferecidos em cada franquia foram estudas anteriormente e, por isso, são ideais para o consumo de acordo com o perfil de cada público. Para o presidente da empresa, Rafael Guimarães, franquias não limitadas deixariam os planos uma bagunça.

Os primeiros estados a contarem com a banda larga da Hughes são Minas Gerais e São Paulo, já em funcionamento. Até setembro, mais 19 estados entram na lista.

Encontre a solução de internet banda larga com o melhor custo benefício.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar