10 hábitos brasileiros que os gringos adoram

Conheça a opinião de turistas estrangeiros sobre hábitos brasileiros que eles adoraram. O que parece corriqueiro para nós, é apreciado pelos gringos.

10 hábitos brasileiros que os gringos adoram
Eles sempre se surpreendem com alguns hábitos brasileiros

O Brasil recebe milhões de turistas estrangeiros todos os anos, em 2014 foram 6,4 milhões de gringos que vieram conhecer as belezas do nosso país, um aumento de 10% em relação à 2013 graças à Copa do Mundo. E com tantos estrangeiros no Brasil, as suas opiniões sobre os nossos costumes e hábitos brasileiros se tornaram virais na internet. Por isso, fizemos uma lista com as coisas que surpreenderam os gringos positivamente em visita ao Brasil, confira!

Hábitos brasileiros para serem exportados

1. O Abraço

Os brasileiros adoram abraçar! Quando se encontra alguém conhecido, nós logo abrimos um largo sorriso e damos um abraço sincero. Mesmo quando acabamos de conhecer a pessoa, já damos logo um abraço carinhoso. É um hábito nosso que, de início, os estrangeiros acham estranho pois não estão acostumados com esse contato todo. Mas logo eles se rendem e vêem o quanto isso nos deixa mais próximos, o quanto demonstramos afeto através do abraço.

“Achei interessante que há abraço entre homens, entre mulheres, todo mundo se abraça. Na França, é muito raro, talvez apenas entre a família. Gostei disso. Pode parecer insignificante, mas muda bastante as relações entre as pessoas, seja entre familiares, amigos ou desconhecidos. Quando voltei para a França, abracei meu pai, e ele estranhou” – disse Boris Pravda-Starov, francesa.

2. Higiene pessoal

Nós somos um povo limpinho e os gringos se surpreenderam positivamente com isso! Esse é um dos hábitos brasileiros mais difundidos mundo à fora: tomamos banho todos os dias (às vezes até mais de uma vez por dia), escovamos os dentes pelo menos 3 vezes ao dia, lavamos as mãos ao sair do banheiro, utilizamos guardanapo para tocar as comidas. Tudo isso mostra o quanto somos acostumados a ser mais higiênicos do que a maioria dos outros povos. Ponto pra gente!

“Os brasileiros são muito limpos. Você não encontra tantos americanos ou pessoas do norte da Europa que tomem um banho por dia e escovem os dentes depois de cada refeição. Eu fiquei surpresa ao ver todos os meus colegas de trabalho escovarem os dentes depois do almoço. É um hábito muito legal.” – disse Graham Gertz-Romach, britânico.

3. Compartilhar comidas e bebidas

habitosbrasileiros


Aqui no Brasil, sempre que vamos comer ou beber algo, oferecemos a quem está junto conosco, mesmo que nós só tenhamos um único item. Dar uma mordidinha no sanduiche de alguém ou um gole do suco pra provar é algo natural pra nós. Os gringos se surpreenderam positivamente com o fato de nós compartilharmos nossa comida e bebida como uma forma carinhosa. Aqui, a gente até insiste: “Come, tá uma delícia, você vai gostar!”.

“Compartilhar a cerveja, a caipirinha, o chimarrão diz muito sobre a generosidade do brasileiro. No início, eu tive dificuldade de me acostumar a isso. O guatemalteco se serve no copo e gruda a mão nele até beber tudo” – disse Martin de León McMannis, da Guatemala

Os brasileiros adoram dar comida para as visitas. É a forma de eles cuidarem de você.” – Joe Bauman, dos Estados Unidos.

4. O tratamento ao estrangeiro

Brasileiro adora a estrangeirada! Mesmo que não consigamos entender a língua que eles falam, fazemos um esforço enorme para ajudar, para ser simpático, para fazer com que eles aproveitem o melhor do nosso país. Todo mundo gosta de se sentir bem recebido, e esse é um dos hábitos brasileiros mais relatados entre os estrangeiros: somos um povo hospitaleiro.

“Lembro uma vez em que eu estava no centro, procurando um banco para retirar dinheiro e pedi informações para uma mulher na rua. Pensei que ela talvez poderia me explicar o caminho, mas ela pegou minha mão e me levou até dentro do banco! Fiquei muito feliz de receber uma ajuda tão legal” - disse Katharina Ockert, alemã.

5. O sorriso no rosto

Somos um povo naturalmente alegre. Os estrangeiros mencionaram que os brasileiros normalmente não dão bom dia ou sorriem para as pessoas na rua, mas quando abordados são sempre muito atenciosos e fazem tudo com um sorriso no rosto. Alguns dizem: Parece que o “bom dia” e o “obrigado” já vêm com um sorriso aberto e sincero no rosto naturalmente, é uma característica muito marcante do povo brasileiro. Somos um povo divertido, de risada fácil, que gosta de se divertir e de divertir as pessoas ao nosso redor, e esse é um dos hábitos brasileiros que surpreendem e agradam os gringos.

“Pessoas amigáveis e abertas. Todo mundo dizendo “Boa tarde!”, “Tudo joia?”. E, claro, sorrisos bonitos e abertos. Tenho certeza de que apenas os brasileiros têm esse sorriso” – disse Natalia Rumyantseva, russa.

Quer viajar sem ter que gastar uma fortuna com as passagens aéreas? Cadastre-se e receba as melhores dicas e oportunidades relâmpagos no seu email.

6. As festas que duram até mais tarde

habitosbrasileiros


Que somos um povo que adora festas, não é segredo para ninguém. Mas o que surpreendeu os gringos é que nossas festas começam mais tarde e duram (muito) mais. Para nós é comum sair entre as 22h e 24h e, se a festa estiver boa, só voltar pra casa quando o sol já nasceu! Em muitos países da Europa e da América do Norte , há leis contra vender bebidas alcoólicas depois de determinado horário. Há bares que abrem a partir das 2h, por exemplo, mas esses são bem mais caros.

“Eu adoro o horário das festas no Brasil, em que se volta para casa às 6h ou 7h da manhã. Na Grã-Bretanha, os pubs fecham às 23h ou 24h. Todos bebem o máximo possível até esse horário e ficam bêbados demais” – comentou Harriet Francis, inglesa

7. Carona

Dar ou pegar carona é algo muito natural para nós brasileiros. Se vamos sair juntos, é normal dizer: “você me dá uma carona?”. E mesmo se acabamos de nos conhecer e moramos perto, pede-se e oferece-se carona, corriqueiramente. Ir junto ou economizar para não sair em vários carros é um dos hábitos brasileiros que os gringos mais gostam, mostra o quanto somos generosos, amistosos e adoramos a companhia dos outros.

É uma coisa tão simples, e que, no entanto, não vi pela Europa. Lá cada um pega seu carro, e quem não tem carro, vai a pé. Mesmo se as pessoas vão para lugares muito próximos, isso não ocorre lá nem entre colegas. Ninguém pensa nessa possibilidade. Aqui você sai carregando todo mundo no carro e todos vão conversando, a carona vira uma extensão da conversa do bar” – disse Manuel Gourmand, francês.

8. O Almoço

Sabe o ditado que “A hora da refeição é uma hora sagrada”? No Brasil, mesmo em cidades grandes, nós não costumamos abrir mão do almoço. Sentar, almoçar um bom prato de arroz, feijão, salada, legumes e carne, tomar um suco, e só então voltar para o trabalho. Faz parte da nossa rotina, se não almoçamos, não nos sentimos bem, parece que o corpo pede por comida.  E os gringos adoraram isso! É um hábito saudável que muitas nações foram deixando de lado com a correria do dia a dia.

“Meu país poderia se beneficiar desse hábito. Os kiwis (neozelandeses) tendem a engolir um sanduíche à mesa do trabalho, e ter uma refeição pesada à noite. Mas um jantar mais leve é muito mais saudável e sentar para almoçar é muito bom” – comentou Victoria Joy Winter, da Nova Zelândia.

9. Exercícios físicos

habitosbrasileiros


Esse é um dos hábitos brasileiros que foram mencionados por muitos gringos, principalmente aqueles que estiveram no Rio de Janeiro. Apesar de alguns deles terem mencionado que acharam que a população brasileira possui mais obesos do que eles esperavam, eles se surpreenderam com a quantidade de pessoas se exercitando nas ruas e academias de ginástica. O cuidado com o corpo, tanto dos homens quanto das mulheres, foi notado pelos estrangeiros.

A qualquer hora da noite ou do dia, você vê pessoas caminhando, correndo, jogando bola ou andando de bicicleta. Os brasileiros são muito ativos nos esportes, seja em busca de saúde, seja em busca de beleza” – disse Matthew Bender, da África do Sul

10. Divisão das contas e parcelamentos da compras

A nossa relação com o dinheiro também foi vista com surpresa pelos estrangeiros. Em muitos países, o parcelamento das compras não é algo comum, só é comum parcelar bens de consumo de alto valor como carros e casas, por exemplo. Parcelar um tênis, uma roupa, ou até mesmo uma compra no supermercado parece surpreendente para os gringos. Mais um dos hábitos brasileiros que os estrangeiros aprovaram foi o sentar na mesa do bar, todo mundo vai tomando cerveja, comendo petiscos, quando a conta chega divide tudo igual e pronto. Nos países nórdicos é comum cada um pedir sua bebida separada e seu prato também, cada um paga o que consome separadamente.

“Quase todas as lojas daqui parcelam as compras em várias vezes sem juros. Gostei disso. Dá para pagar o mesmo preço dividindo até em dez meses.” - Mohamed Moulkaf, da Argélia

Os brasileiros se encontram, bebem juntos e dividem a conta. No Canadá, cada um paga o que consome.” - Florent Garnerot, do Canadá.

Veja também: 

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar