Golpes no Whatsapp: você precisa aprender a se proteger

Conheça quais são os principais golpes no Whatsapp que circulam nas conversas  e como se proteger para não ter dados roubados

Golpes no Whatsapp: você precisa aprender a se proteger
Uma simples mensagem pode ser um dos golpes no Whatsapp

O primeiro ponto que deve ser observado pelos usuários para não cair em golpes no Whatsapp é que, em comunicado oficial, a empresa afirmou que não utiliza o aplicativo para comunicar com os seus usuários. Portanto, sempre que receber algum comunicado, mensagem, imagem ou áudio, desconfie. A empresa não emite nenhuma dessas atividades. 

Não é de hoje que a internet é utilizada como meio para pequenos golpes aos usuários. E portanto, a utilização de redes sem fio, através smartphones, também não ficariam de fora. O Whatsapp também é um canal muito comum entre os vigaristas para roubar informações simples, como agenda telefônica até senhas e dados bancários.

Os golpes no Whatsapp mais comuns

Os tipos de golpes podem variar muito mas, a princípio, possuem a mesma estrutura: um link para que você clique, seja para fazer dowload de uma imagem, ouvir um áudio ou até mesmo abrir uma página na internet.

1. Mensagens de voz

A vítima deste golpe irá receber uma mensagem do destinatário Web Whatsapp dizendo que “Fulano” enviou uma mensagem de áudio. Como muitos usuários do aplicativo deixam ativado o download automático de arquivos, provavelmente o famoso vírus Zeus será instalado no seu celular. E, se por acaso você acessar esse link, seja por engano ou mesmo para ouvir o áudio, provavelmente irá ativá-lo. O perigo esta no fato de que este é um famoso vírus utilizado por hackers para roubar informações pessoais e dados bancários.

2. Convites falsos

Caso receba alguma mensagem no aplicativo dizendo que você foi convidado a utilizar um novo recurso, seja de chamada de voz, de mensagens personalizadas ou mesmo de atualizações para melhorar a performance do Whatsapp, desconfie! Essa pode ser uma armadilha que te leva para um site onde é preciso convidar alguns amigos (e com isso espalhar o golpe) e responder a perguntas, que são pagas, e o dinheiro vai diretamente para o bolso dos bandidos (mesmo que você não pague nada por isso).


3. Descontos em lojas

Quem não gosta de receber descontos para compras, sejam elas online ou em lojas físicas? Pois bem, esse se tornou um dos golpes no Whatsapp mais comum para atraírem pessoas ávidas por ofertas. Primeiro é preciso compartilhar com 10 amigos e então responder a um questionário. É nessa que os golpistas ganham: informações pessoais dos usuários para explorá-las em outras campanhas de spam, phishing ou malware.

4. Atualizações em sites

Primeiro os aproveitadores criam um site, blog ou até um fórum, partilham imagens falsas de novas funções do Whatsapp e começam a discutir sobre essas atualizações no aplicativo. Isso faz com que muitos usuários comecem a participar e, por quererem experimentar a nova ferramenta (que na verdade não existe), deixam o número de contato para receber a ligação de atualização. Bem batido, mas vale relembrar, é uma furada! Depois de fornecer o seu número e nome, essas pessoas entrarão em contato com você para aplicarem diversos golpes.

Atualização do WhatsApp permite sinalizar mensagens. Veja como funciona


 

Golpes em nome da empresa

Para além dessas dicas fique sempre atente a mensagens deste tipo para não cair em golpes no Whatsapp: 

  • Um número envia mensagem dizendo ser afiliado/funcionário da empresa; 
  • Mensagens com instruções para encaminhar uma nova mensagem de volta; 
  • Mensagens com conteúdos de presentes, promoções e até mesmo assinatura (renovar para não pagar);
  • Instruções para confirmar dados pessoais e bancários para obter novas versões etc.

Como se prevenir

Também é possível se previnir de tais golpes, bloqueando o usuário e apagando a mensagem; nunca encaminhar mensagens com informações pessoais, bancárias e senhas e, muito importante, reportar esse tipo de acontecimento no FAQ do Whatsapp, para que a empresa tome conhecimento de tais práticas maliciosas. 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Redação E-konomista Redação E-konomista

O E-konomista é um portal on-line que busca fornecer dicas sobre economia em diversos aspectos da vida. Caso queira contactar a nossa redação, envie um e-mail para o info@e-konomista.com.br.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar