Gol ganha versão 2017 com apenas duas portas

O novo Gol duas portas terá novidades e versão básica com preço competitivo. 

Gol ganha versão 2017 com apenas duas portas
Saiba como chegará às concessionárias o novo Gol duas portas

Um dos carros mais vendidos no Brasil, o Gol contará com uma nova versão duas portas, para a alegria dos admiradores da esportividade em um carro. A versão segue a linha Trendline 4 portas, com motor 1.0 de três cilindros e custará cerca de R$ 1.900,00 a menos que o “irmão” com portas traseiras de entrada. No total, o preço sugerido fica em torno dos R$ 33.620,00, o que o tornará um dos veículos zero quilômetro mais baratos do mercado brasileiro. Disponível a partir do início de junho, o carro sairá de fábrica equipado exatamente como a versão de quatro portas:

  • Travas / vidros elétricos
  • Freios ABS com dispositivo contra travamento (obrigatório)
  • Air bag duplo (obrigatório)
  • Direção hidráulica
  • Rodas aro 14
  • Faróis com máscara negra
  • Banco do motorista ajustável
  • Desembaçador traseiro
dirija o
carro dos 
seus sonhos

agende um test drive

Ar condicionado e som serão opcionais

Embora relativamente bem equipado, o Gol duas portas não conta com ar condicionado e sistema básico de som. Se quiser climatizar o ambiente do veículo, o proprietário terá de adquiri-lo pagando cerca de R$ 2.800,00 a mais. Para contar com sistema de som contando com seis autofalantes e outros itens como entrada USB e para cartão de memória, o investimento fica em aproximadamente R$ 800,00.

Existe, ainda, a opção pelo moderno sistema Composition Touch, que integra mirrorlink para celulares Android, tela touchscreen de cinco polegadas e leitor de SMS. Tudo sai por volta de R$ 1.700,00. Ou seja, caso o comprador opte pela versão full do novo Gol duas portas, deverá arcar com o preço final de cerca de R$ 39.000,00.

Visual remodelado para a versão duas portas

A frente do Gol duas portas recebeu novo desenho, tornando o carro mais agressivo e esportivo. São sutis, mas perceptíveis para quem tiver o olhar um pouco mais atento. Igualmente, na traseira as linhas foram redesenhadas, e no seu interior o painel recebeu configuração totalmente nova, visando a recepção dos itens multimídia. Haverá a possibilidade maior na palheta de cores, variáveis conforme a escolha do comprador e de acordo com a versão.

O motor flex pode funcionar com etanol ou gasolina. No primeiro caso, a potência estimada é de 82cv, já para o derivado do petróleo o rendimento cai para 75cv de força. Não houve alteração no câmbio, que permanece com cinco velocidades e de acionamento manual, com relações alongadas e que proporcionam menos consumo de combustível.

Faça um test drive sem custos e sem compromisso. Agende já!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar