Por que você não deve usar gatonet

Ter acesso a 300 canais de TV sem pagar nada parece tentador, não é? Mas é crime e pode dar cadeia. Saiba tudo sobre o gatonet no nosso artigo.

Por que você não deve usar gatonet
Apesar de parecer ser uma solução fácil, usar gatonet é um crime.

Se você não está familiarizado com o termo gatonet é um bom sinal! Gatonet é a recepção indevida do sinal de TV por Assinatura no Brasil. Em outras palavras, é o famoso “gato”, e tão famoso que alguns sites o apontam que se a gatonet fosse uma operadora de TV a cabo, seria a terceira maior do país, com cerca de 4,2 milhões de utilizadores, atrás apenas da NET e da SKY.

Apesar de parecer vantajoso e até tentador ter acesso aos canais da TV paga sem pagar nada, é importante saber que a prática é uma contravenção penal que pode dar até 2 anos de cadeia. Em outras palavras, é crime! E em tempos que todo mundo reclama tanto de corrupção, não é muito bonito usar TV a cabo pirata, não é?! Entenda melhor o que é gatonet e porque você não deve usar.

Como funciona o Gatonet

gatonet


Trata-se de um esquema em que a pessoa que contrata o sistema clandestino de TV e tem acesso aos mesmos canais de quem paga pelo serviço de TV a cabo, incluindo pay-per-view, canais de futebol, de luta, de conteúdo adulto e muito mais sem fazer contrato com nenhuma operadora e sem pagar mensalidade por isso.

O sinal das TVs por assinatura são hackeados e transmitidos para quem paga pelo serviço clandestino de 3 formas diferentes: uso de antenas duplas, uso de decodificadores especiais ou o cardsharing.

  • Uso de antena dupla: Essa é uma das modalidades mais comuns para se obter o gatonet. Duas antenas são instaladas na casa do contratante do serviço - uma antena aponta para o satélite que emite o sinal dos canais por assinatura e outra que aponta para outro satélite que decodifica o sinal e o reenvia ao receptor. Os contraventores ganham dinheiro vendendo as antenas e também com a instalação do sistema . O valor varia muito de cidade para cidade.
  • Uso de decodificadores especiais: Outro esquema muito comum é a compra de um aparelho decodificador – o mais famoso é chamado de AzBox, por isso muita gente chama o gatonet de “Sistema AZBox”. Esse decodificador é conectado ao cabeamento oficial da empresa que fornece o sinal de TV a cabo. Há muitos aparelhos como esses, que chegam em sua maioria do Paraguai que são vendidos no mercado negro. 
  • Cardsharing: Conhecido com CS esse gatonet consiste no compartilhamento de um cartão codificado que permite aos usuário o acesso ao conteúdo dos canais de tv paga sem a necessidade de uma antena externa própria. Para fazer uso do CS, é preciso que o usuário tenha internet (e não pode ser muito fraca) porque é através dela que o aparelho se conecta à rede para acessar o CS. Para tanto, existe o pagamento de uma mensalidade, que é bem barata, entre R$20 e R$50, muito mais barato do que o serviço de uma empresa de TV a cabo comum. É crime tal qual as duas opções citadas acima, já que a mensalidade não vai para a empresa que fornece o sinal, mas sim para os contraventores.
comece já a pagar menos pela tv a cabo

O gatonet funciona bem?

Sim e não. As imagens fornecidas pelo sistema gatonet são iguais àquelas de quem paga regularmente pelo serviço, hoje existem decodificadores que tem capacidade de transmitir até os canais em HD. No entanto, como é um sistema clandestino que gera prejuízo às empresas de TV a cabo, elas estão constantemente tentando interromper a transmissão à essas formas ilegais de obter o sinal. 

Ou seja, com uma boa regularidade (quem utiliza diz que uma vez por semana, ou uma vez a cada 10 dias) a imagem congela e o sistema sai do ar. Os hackers rapidamente conseguem atualizações para que o sinal volte. Então os usuários têm que entrar em fóruns de discussão sobre isso na internet para baixar o update ou entrar em contato com quem lhe forneceu o serviço para que ele atualize o seu sistema. Quando a atualização é necessária, tudo que você colocou como favorito e o que você havia gravado ou salvo para assistir depois desaparece.

Gatonet é crime

Segundo o PLS 186/2013, de autoria do senador Blairo Maggi (PR-MT), fazer interceptação ou recepção não autorizada de sinal de TV, independente da forma que for, é crime e pode dar de seis meses a dois anos de cadeia. Conhecida como “Lei da TV a Cabo”, é considerado furto qualficado no código penal e está em vigor desde 2013 no Brasil.

O problema é que é complicado fiscalizar o uso desses aparelhos e as autoridades tem dificuldade em controlar o uso do serviço clandestino. Os decodificadores e antenas têm venda proibida no país, no entanto não é dificil encontrar quem os venda.

Fazer gatonet puxando do vizinho também é crime?

Não é crime, mas é ilegal. Muita gente “puxa” a TV a cabo do vizinho que é assinante do serviço através da instalação de cabos extras. Mesmo se o vizinho consentir, cobrando ou não alguma tarifa de você, consiste em um ato ilegal. A ANATEL considera como ato ilícito civil qualquer rede sem fio que extrapole os limites da residência ou do comércio do assinante. 

Prejuízo bilionário

De acordo com pesquisa realizada pela Associação Brasileira das TVs por Assinatura, os números do prejuízo causado pelo gatonet são astronômicos e prejudicam não somente as empresas de tv a cabo, mas também o governo.

  • As operadoras de TV a cabo deixam de ganhar cerca de 500 milhões de reais por mês por causa do gatonet. São 6 bilhões de reais por ano
  • De 12 a 15 mil empregos formais deixam de ser gerados
  • Quase dois milhões de reais deixam de ser recolhidos em cargas tributárias

Segundo a pesquisa, 42% dos consumidores de gatonet estão em regiões metropolitanas e 58% estão no interior do país. Além disso, cerca de 41% dos utilizadores não têm noção de que o serviço é ilícito e pode dar cadeia. Muitos são enganados pelos fornecedores do gatonet.

Alternativas ao gatonet

A justificativa mais constante de quem faz uso do gatonet é o alto preço das mensalidades cobradas pelas empresas de TV por assinatura. Agora com a chegada da internet em alta velocidade em muitas regiões do país é possível ter acesso à conteúdos extras. Uma sugestão é assinar o Netflix - sistema legal que permite assistir à séries e filmes pagando uma taxa extremamente baixa em comparação ao valor cobrado pelas operadoras de TV a cabo. Saiba como funciona o NetFlix aqui. E há também diversos sites na internet que possibilitam assistir filmes e séries online.

O E-konomista não recomenda o gatonet, é muito melhor consumir o conteúdo que você mais gosta estando dentro da lei, sem correr riscos, nem prejudicar ninguém.

Encontre a melhor solução de TV a Cabo para o seu bolso. Descubra aqui.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar