Refrigerante e cerveja em garrafa retornável sai mais barato?

Em tempos de preços altos e inflação o uso de garrafas retornáveis de cerveja e refrigerante são opção de economia e sustentabilidade.

Refrigerante e cerveja em garrafa retornável sai mais barato?
As vantagens das embalagens retornáveis

Quando se fala em sustentabilidade a reciclagem é sem dúvida um dos principais temas a vir à tona e com ela uma série de atitudes cotidianas que, quando tomadas, evitam a poluição e o desperdício - de dinheiro, de energia, de bens renováveis.

A essa lista de pequenos gestos diários se somam as garrafas retornáveis. São aquelas embalagens de bebidas - de plástico ou vidro - que após vazias podem ser trocadas por uma nova garrafa da bebida cheia e com desconto pela reutilização da embalagem.

Com grande sucesso na década de 80 as garrafas retornáveis de refrigerante e cerveja foram perdendo espaço para novos lançamentos e a facilidade de latas e long necks ao longo dos anos. Foi então que em 2009 a Ambev - uma das maiores empresas do setor de bebidas, dona das marcas de refrigerantes e cervejas mais vendidos no país - reforçou a distribuição de bebidas em embalagens retornáveis e já foi possível observar de 2014 a 2016 um aumento de 10% na venda das garrafas ecologicamente corretas para supermercados.

Garrafa retornável é mais barata?

Tanto as campanhas de conscientização dos consumidores quando o aumento nos preços de produtos de consumo diário em geral deram ainda mais força para hábitos sustentáveis e econômicos. Com a inflação e alta de impostos e um queda de 10% na venda de bebidas - que gerou uma queda de 4% no lucro líquido - Ambev e demais empresas do setor de bebidas passam a baratear processos a fim de manter índices positivos de comércio.

Fazendo uma análise do ponto de vista do consumidor já fica evidente a economia na compra de bebidas com uso de garrafas retornáveis. Em São Paulo, por exemplo, uma garrafa não retornável de 2 litros de refrigerante no valor de R$7,00 custará R$5,00 quando a embalagem for retornável. Geralmente se paga o valor inteiro na primeira compra (bebida mais garrafa) para nas próximas realizar a troca econômica. A opção gera economia de 20% a 30% e é uma opção absolutamente válida e positiva de consumo, tanto para o bolso do consumidor quanto para a empresa que incentiva a fidelização a marca.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Tabata Franco Tabata Franco

Paulistana, formada em Comunicação e Multimeios e em Produção de Áudio e Vídeo. Transita por produções e projetos nas áreas de cinema/vídeo, fotografia, redação e artes em geral. Comunicativa, ama a palavra, se encanta pelas linguagens.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar