Como funciona o financiamento para construção

Existem alguns pré-requisitos para conseguir um financiamento para construção. Veja as condições, os riscos e se você se enquadra nesse perfil.

Como funciona o financiamento para construção
Um guia para saber como funciona o financiamento para cosntrução

Se você já tem um terreno e procura saber como funciona o financiamento para construção, preparamos algumas informações que podem sanar as suas principais dúvidas. Mas atenção: não é só sair construindo. Para conseguir o crédito, é preciso comprovar a autorização de construção do imóvel antes de colocar as mãos à obra. Veja a seguir como funciona essa modalidade de financiamento, que difere das concessões de créditos convencionais.

Financiamento para construção pela Caixa

A Caixa Econômica Federal facilita o financiamento para construção e tem taxas atrativas a partir de 5% ao ano, com possibilidade de financiamento de até 90% da obra em 360 meses. Famílias com renda até R$ 3.600 têm vantagens especiais na aquisição de crédito e o FGTS pode ser usado como parte do pagamento.

Como obter financiamento para construção

É importante que o proprietário do terreno já tenha feito a avaliação dele pelos profissionais necessários e estar munido de todos os documentos para dar início à construção do seu imóvel. É só de posse do Habite-se/Alvará de Construção é possível pedir o financiamento na instituição financeira da sua preferência. Além disso, também é preciso ter o projeto pronto com a empreiteira e um cronograma de obras a ser seguido, que vai determinar outras circunstâncias, como o pagamento de parcelas pelo credor.

Como financiar uma casa pela Caixa: passo a passo

Além de ter que ser o proprietário do terreno para solicitar o financiamento junto ao banco, a propriedade já deve estar quitada. Ou seja, se obteve financiamento do terreno, não poderá obter financiamento para a construção enquanto o terreno não estiver quitado.

O financiamento para construção difere das outras modalidades de concessão de crédito porque, pelo fato de o solicitante já ser proprietário do terreno quitado, o banco não vai liberar o valor integral da obra logo no início da construção.

Depois da aprovação

Funciona assim: depois de aprovado o crédito solicitado com base na avaliação do valor do imóvel feita pela empreiteira e de posse da planta e cronograma, a instituição credora libera ao cliente ou à empresa contratada para a construção partes do valor. Essas parcelas pagas pelo banco têm como base o cronograma de obras fornecido junto à documentação.

O proprietário do terreno também não pode ter nenhum financiamento ou imóvel no mesmo município do local. Também não pode ter sido beneficiado de programas habitacionais para concessão de crédito pela União ou de descontos com o FGTS para o programa do governo Minha Casa, Minha Vida.

Inadimplência

Aqui está uma questão importante a ser ressaltada e exclusiva do financiamento para construção: Nos casos de inadimplência no pagamento das parcelas do financiamento para construção pelo cliente, a instituição credora deve usar como garantia não só o imóvel a ser construído, como também o terreno. Por isso, a capacidade de arcar com as parcelas do financiamento é uma questão que deve ser muito bem pensada pelo cliente, para não perder não só o imóvel como também o terreno.

​Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar