Como fazer malas de viagem sem stress

Você não gosta de fazer as malas de viagem? Este artigo pode te ajudar nessa missão. Veja dicas relevantes que vão te ajudar

Como fazer malas de viagem sem stress
Fazer malas de viagem pode ser uma tarefa tranquila, veja como

Passagens na mão, reservas feitas. Tudo está encaminhado para que os próximos dias sejam de relaxamento total. Mas, antes de embarcar, há sempre aquele momento que muitos adiam até o último minuto: a hora de fazer as malas da viagem. É inevitável, precisamos levar roupas, sapatos, produtos de higiene pessoal...mas como fazer isso da forma mais eficiente possível? Existe “a forma mais eficiente possível”?

A boa notícia é que, com alguma organização, você conseguirá fazer as malas da viagem sem perder todos os cabelos. Seja para uma ponte aérea ou 15 dias de férias, é fundamental saber antes as condições metereológicas do destino. Ninguém merece viajar com roupas e sapatos errados, não é? Por isso, antes de colocar as mãos na cabeça em frente ao armário, comece consultando o tempo no seu destino.


Dicas precisosas para fazer as malas

Na hora de fazer as malas da viagem boa parte do espaço fica com as roupas. Homens e mulheres cometem muitos erros nesse sentido. Peças a mais, peças a menos, roupas com tecidos fáceis de amassar colocadas em locais inadequados. Na hora de abrir a bagagem a decepção é inevitável, está tudo revirado, amarrotado, você esqueceu alguma coisa ou trouxe looks inadequados. A melhor forma de evitar esse desgaste é fazer um leve planejamento.

  • O ideal é ter partes de baixo (saias, calças, bermudas, shorts) mais básicas e criar visuais com blusas e camisas diferentes. Assim, as mesmas calças podem ser usadas em duas ou três ocasiões distintas com outras combinações.
  • Adeque os seus looks ao objetivo da viagem. Irá a jantares formais? Então precisará de roupas mais arranjadas. Se for para uns dias no litoral, certamente um vestido de festa não será necessário. Evite os exageros.
  • Os sapatos também devem ser básicos e combinarem a maior parte das peças escolhidas.
  • Faça as combinações antes de colocar tudo na mala e tire fotos de cada uma. Isso ajuda a saber o que você tem disponível para vestir e evita que selecione peças a mais.
  • Como já mencionamos, é super importante saber como estará o tempo no local quando for fazer as malas da viagem. Se estiver frio, um casaco resistente e em cores neutras é suficiente. Deixe para variar na segunda camada de roupa, que acaba por ser em tecidos mais leves.


Veja um vídeo que pode te ajudar:


 

Passo a passo 

Com tudo previamente separado, é o momento de começar a fazer as malas da viagem de fato. O ideal é que isso aconteça dias antes se for uma viagem tiver maior duração. A forma como você organizará as coisas dentro da bagagem é primordial para não ter surpresas ao chegar. Para evitar esse stress, fique atento aos passos.

1. Antes de tudo, pergunte-se que tipo de viagem você fará. A trabalho? Uma escapadinha de fim de semana? Duas semanas fora? Isso dirá o tipo de mala que você deverá usar. Quanto mais longa for a viagem, maior a bagagem.

2. Sacolas e mochilas são para viagens mais curtas e informais. As malas retangulares são mais eficientes no aproveitamento de espaço e ideais para quem quer uma bagagem compacta. Quem tem filhos pequenos, o melhor é organizar tudo em uma única mala para facilitar. Os maiorzinhos já podem ter as suas próprias bagagens.

3. Comece por colocar no fundo da mala todas as coisas que não amarrotam, como sapatos e necessaires, por exemplo.

4. A seguir, ponha as calças com as pernas para fora da mala e outras partes de baixo.

5. Depois, coloque as roupas com tecidos mais pesados e que não amassem. Se preferir, pode envolvê-las em sacos a vácuo.

6. Disponha as pernas das calças que estavam de fora por cima do conteúdo da mala.

7. Por último, devem ser colocadas as peças de tecidos mais leves. Organize-as de uma forma que fiquem esticadas

8. Nos espaços vagos, coloque mais coisas que não amassam: meias, lingerie, cuecas, biquínis.

Leve também alguns sacos extras para trazes a roupa suja de volta.

Cuidado com o peso!

Claro que nas viagens que durem mais, você precisará de mais coisas. Mas isso não é um sinal verde para fazer malas de viagem exageradas. O melhor é seguir as dicas que demos, até porque você pode se deparar com limites de bagagem, dependendo do meio de transporte que usar. Em carros de passeio e ônibus essa limitação não existe, como é óbvio. Mas, nos aviões, é preciso respeitar o peso máximo ou sujeitar-se a pagar a taxa de excesso nada amigável.

Voos domésticos

Para voos domésticos, o viajante tem direito a despachar até 23kg de bagagem, sendo que esse peso pode ser dividido entre duas ou mais malas. Além disso, é permitido levar ainda uma bagagem de mão de até 5kg e com um máximo de 115 cm. Caso ultrapasse esse limite, a companhia solicitará que a mala seja despachada e vá no porão.

Voos internacionais

No caso de voos internacionais, a definição de limite pode ser por peça ou por peso, depende do que a companhia estipular. Se a franquia for por peça, o turista tem direito a despachar duas malas de até 32 kg cada. Se a limitação for definida por peso, será de acordo com a classe e o tipo de passageiro. A primeira classe pode levar até 40 kg, a intermediária até 30 kg, a econômica até 20 kg e crianças de colo têm direito a 10 kg de franquia. Para as bagagens de mão, o tamanho máximo permitido constuma ser o mesmo dos voos nacionais. O peso é que varia de acordo com a empresa. Algumas adotam permitem um máximo de 10 kg por passageiro.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar