7 erros que podem te derrubar ao falar em público

Falar em público é uma dificuldade comum para muita gente. Na reunião ou num discurso existem fatores que podem te atrapalhar. Veja como superá-los.

7 erros que podem te derrubar ao falar em público
Conheça truques para superar os problemas ao falar em público

Falar em público é um receio muito comum que estudantes, recém formados e até mesmo profissionais com anos de experiência enfrentam na hora de fazer uma apresentação. Para você ter uma ideia, caso não conheça do assunto, existem palestras, cursos, técnicas e até mesmo aulas de teatro que ajudam a desinibir na hora de lidar com uma plateia, independente de qual seja a finalidade.
 

Falar em público, o desafio

Conheça os 7 fatores que podem atrapalhar na “hora H”. Mas, para que esse não seja o pior momento da sua carreira, prepara-se para lidar com estas questões. E assim, é mais provável que o seu discurso seja um sucesso:

1- Timidez

Esse é o principal problema quando se é nomeado um orador ou responsável por uma apresentação. A maioria das pessoas não se sente confortável em lidar com o público, principalmente pelo fator “reação” ou simplesmente por questões de espectativas.
Porém, não confunda! Há pessoas reservadas com grande capacidade de comunicação e aquelas que são naturalmente tímidas e, frente a tamanha exposição, acabam por ficar travadas e muitas vezes com as bochechas coradas.​
Dica: Se você for escolhido para falar em público, certifique-se que você tenha tempo suficiente para dominar o assunto. A segurança para falar está muito relacionada a isto. Portanto, prepare-se.

Veja quais são as palavras-chave que não podem faltar no seu CV.

2- Nervosismo e Ansiedade

Passada a fase da timidez (que não é nada fácil), há também o nervosismo e a ansiedade para começar e acabar a apresentação diante de uma plateia (mesmo que ela seja de cinco pessoas).​
Dica: Ensaie na frente do espelho ou grave um vídeo do que irá falar em público, desta forma você verá quais são as suas expressões, o seu tom de voz, o tempo de atuação e o que pode ser melhorado. Repetir esse processo várias vezes pode ajudar a acalmar os nervos.

3- Tremedeira

falar em público

Consequência dos itens citados acima vêm as mãos ou pernas inquietas. É muito comum que as pessoas tenham essa reação, mesmo sem querer, estando preparadas e com o assunto na ponta da língua. O corpo quase que reage independente do seu comando.​
Dica: Se estiver sentado, coloque os dois pés no chão, de forma confortável. Isto vai evitar que as pessoas vejam que você está nervoso ou que você está balançando no momento de falar em público. Caso esteja de pé, procure manter a postura, sem ficar trocando o peso do corpo de uma perna para outra. E papéis na mão, esqueça. Eles vão tremer. O melhor é segurar uma mão na outra, gesticular (de forma discreta) ou coloca-las no bolso da calça.​
Veja também: a lista de empresas que oferecem os melhores benefícios.

4- Roupa e Transpiração

A escolha da roupa ideal para a ocasião pode influenciar bastante. Se você não está a vontade para falar em público, é bem provável que comece a suar. Se a roupa for quente demais, tudo pode se agravar. Assim como os sapatos, principalmente para as mulheres, caso seja uma apresentação de longa duração, os pés podem cansar e o desconforto será visível.​
Dica: Procure vestir roupas leves e calçados confortáveis, de acordo com o ambiente (formal ou informal). Cuidado com as blusas de cores que são finas, pois o suor pode deixar aquela marca indesejável, chamada de “pizza”. Deixe sempre um copo ou uma garrafa de água do seu lado, para poder molhar a garganta.

5- Respiração e Fala

fala em público

Junto com esses fatores, vem o pensamento: “falar rápido para acabar logo”. Cuidado, esse pode ser um erro fatal na hora de falar em público. Se você estudou e “treinou” a sua apresentação, tenha calma. Caso contrário, isto pode gerar uma série de constrangimentos e até mesmo gagueira!​
Dica: Fale frases curtas, simples, de fácil entendimento e se dê ao luxo de parar e respirar. Além de transmitir calma a quem está assistindo ao seu discurso, aos poucos, você irá se adaptar à situação e ficará mais relaxado.​

Leia mais: Como fazer uma entrevista por Skype e se dar bem

6- Erros e Brancos

Erros acontecem e a primeira e única pessoa que se importa com isso, na hora de falar em público, é você mesmo. Dependendo do tipo de informação, pode ser que aconteça um branco, principalmente ao falar de números, dados, estatísticas ou palavras chave importantes.​
Dica: Prepare uma pequena cola com a sequência da sua apresentação, com os assuntos que você irá abordar. Caso seja necessário, prepare slides. Mas lembre-se, o ideal é que eles ilustrem a sua fale e não que você os leia.

7- Reação do Público

fala em público

Esse fator vem para fechar a lista, pois muitas pessoas ficam preocupadas com o que todos irão pensar. Se estão ou não prestando atenção, se a sua fala é ou não interessante ou importante. Não deixe que a reação do público afete a sua concentração e confiança. 

Dica: Procure estabelecer contato visual com determinadas pessoas da plateia, elas te ajudarão, ao mesmo tempo com o fator naturalidade (em você) e se sentirão “obrigadas” a prestar atenção no que está acontecendo. Caso tenha um conhecido, diga a ele para sentar em posição estratégica para que, no momento certo, você possa olhar e falar para ele, até que se sinta à vontade para lidar com os demais.
 
 

Veja também:​

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar