6 dicas para explicar o tempo sem emprego no CV

Quer saber como não passar por saia justa na hora de buscar por um novo emprego? Listamos 6 dicas de como explicar o tempo sem emprego no cv

6 dicas para explicar o tempo sem emprego no CV
Veja algumas sugestões de como explicar o período em trabalho no currículo

Alguns profissionais se sentem um pouco inseguros em participar de um processo seletivo quando estão há algum tempo fora do mercado de trabalho. E por outro lado, o recrutador pode pensar que houve algum problema de cunho profissional com o último trabalho. Saiba como explicar o tempo sem emprego no CV.

Como explicar o tempo sem emprego no CV

Listamos algumas sugestões de como explicar o tempo sem emprego no CV e destacar as atividades realizadas no período em que deixou de atuar no mercado:

Cursos

A primeira dica é colocar no currículo os cursos, workshops, trabalhos freelancers ou qualquer outra atividade que tenha contribuído para melhorar a sua qualificação profissional no período em questão. Seja sempre sincero e não fale datas incorretas, pois a honestidade é muito apreciada pelas empresas.

Intercâmbio

É possível explicar o tempo sem emprego no cv se você se afastou para fazer um intercâmbio ou um curso específico fora do país. Essa experiência costuma ser muito valorizada em um currículo. Essa informação pode vir logo no início do currículo para que o recrutador entenda logo no início por que você esteve afastado do mercado.

Faça um empréstimo online em 3 minutos!

Assuntos pessoais

Se o afastamento foi por questões pessoais, essa informação não precisa estar contida no currículo, o profissional pode apresentá-la de uma forma informal. Se a pessoa parou de trabalhar por três anos para ter filho ou teve um problema de saúde próprio ou na família. Se o currículo for enviado por e-mail, essa explicação pode ser incluída no corpo da mensagem.

Transição de carreira

Esse tipo de informação dispensa explicações, uma vez que a pessoa está há meses sem trabalhar porque ainda não conseguiu uma recolocação profissional. Esse tipo de detalhamento não precisa ser explicado no currículo, pode ser comentada no ato da entrevista.

Período sabático

Tirar um período sabático, bem planejado, curto e estruturado, não prejudica uma carreira, é só explicar para o recrutador os motivos pelos quais você resolver fazer essa pausa. Entretanto, as pessoas que se afastaram do mercado unicamente porque cansaram e decidiram se dedicar a um hobby ou outros planos pessoais por alguns anos, podem perder pontos na hora da entrevista.

Mudança de profissão

Essa não é uma questão que faça o recrutador ter maus olhos sobre o profissional. Atualmente muitas pessoas estão buscando por novas profissões depois de muitos anos na mesma atuação. Para o profissional, é fundamental explicar o motivo na hora da entrevista e valorizar os cargos exercidos anteriormente e a sua competência.

Ganhe um tablet para estudar inglês online! Oferta limitada

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Elisabete Machado Elisabete Machado

Brasileira, natural de São Paulo, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-graduada em Fundamentos da Cultura e das Artes pela Universidade Estadual Paulista. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar