Os 5 Piores erros ao volante que você pode cometer

Existem falhas que podem causar muita dor de cabeça e prejuízos ao bolso do motorista, por isso deve-se ficar atento para não incorrer nos mais comuns erros ao volante.

Os 5 Piores erros ao volante que você pode cometer
Evite erros ao volante e garanta sua tranquilidade

Cometer erros ao volante é de fato bastante comum, alguns com mais, outros com menos gravidade, e, infelizmente, uma parte deles chega a custar vidas. Conforme se aprende nas aulas teóricas na autoescola, tudo vai depender da atitude defensiva do motorista ao guiar um carro. Quanto mais agressivo o comportamento, maiores são as chances de errar e causar os mais diversos problemas.

Listamos os cinco piores erros que podem ser cometidos ao volante, e que poderão comprometer a circulação no trânsito, o desgaste prematuro do carro ou elevar o consumo de combustível.

Erros ao volante não são crimes ao volante

Convém destacar que atropelar pessoas, dirigir embriagado, fazer pegas (ou rachas) ou apostar corrida em vias públicas são todas condutas extremamente perigosas e passíveis de punição na esfera criminal. Aqui, abordaremos os erros ao volante que não chegam a causar danos maiores além de multas e dores de cabeça para quem é afetado por eles.

Não afivelar o cinto de segurança

Sim, ainda há quem rejeite ou simplesmente ignore o uso do cinto de segurança. Está comprovadíssimo que o uso do cinto de segurança reduz em 75% o risco de mortes em acidentes. Se o motorista imprudente insistir em se arriscar, poderá ser multado em R$ 127,69 e receber 5 pontos na CNH por infração grave.

Deixar crianças no banco da frente ou sem cadeirinhas

Outro erro grave e que compromete a segurança de quem nem sabe dirigir é deixar crianças no banco da frente ou sem cadeirinha. Além de expor as crianças ao perigo, não utilizar cadeirinha rende multa de R$ 191,54, com perda de 7 pontos na CNH por cometer infração gravíssima. O mesmo se aplica se o motorista deixar criança no banco da frente, com direito a posterior remoção do veículo.

Não respeitar o sinal de trânsito

Um dos erros ao volante mais comuns e que também pode trazer consequências trágicas. Só em São Paulo, no último mês de março, a quantidade de multas aplicadas por radar por avanço de sinal vermelho aumentou em nada menos que 798%. Trata-se de um dado alarmante e que revela a inconsequência de grande parcela dos motoristas, que parecem não se importar com uma possível perda de 7 pontos na carteira e a multa de R$ 191,54.

Deixar de acionar a seta ao mudar de faixa ou fazer uma conversão

Outra falha que infelizmente é um dos erros ao volante mais cometidos e que também pode gerar multa de R$ 127,69 e perda de 5 pontos na habilitação. A estatística mais recente sobre as multas geradas por não acionar a seta é de 2011, e constatou que 42% das multas aplicadas naquele ano foram enquadradas nessa categoria.

Descansar o pé na embreagem

Tudo bem que não gera multa tampouco compromete com seriedade a segurança, mas descansar o pé na embreagem não deixa de trazer prejuízos. O principal deles é em relação ao desgaste acelerado da embreagem, que aquece acima do normal quando o pedal é pressionado por muito tempo. Se não fosse o bastante, esse que é um dos erros mais corriqueiros também faz aumentar o consumo de combustível.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar