Entenda a relação entre Forex e câmbio

Par composto por dólar americano e euro é dos mais populares

Entenda a relação entre Forex e câmbio
Mercado funciona com divisas

Para entender a relação entre Forex e câmbio pode-se tomar o seguinte exemplo: quando um turista está em viagem num país estrangeiro, é provável que ele tenha que trocar seu dinheiro pela moeda local, como seria o caso de alguém que sai do Brasil com reais e vai aos Estados Unidos, tendo que trocá-los por dólares antes ou ao chegar no destino.

No entanto, as moedas têm taxas de câmbio diferentes, o que significa que 1 real não equivale a 1 dólar, variando de acordo com a cotação do dia. Atualmente, 1 real vale menos que a metade de 1 dólar americano, o equivalente a cerca de US$0,40. Sendo assim, pode-se compreender que o real, no momento, é mais fraco que o dólar americano.  

O que faz o câmbio de uma moeda mudar?


Uma moeda pode se fortalecer, valendo mais perante outras, ou o oposto, enfraquecer, devido a diversos fatores. É importante lembrar que a economia de um país está totalmente ligada tanto aos eventos internos como externos. Logo, qualquer pronunciamento político, o resultado de uma eleição, a privatização de uma empresa estatal, tudo pode interferir no valor da moeda no mercado.

Por exemplo, o dólar subiu muito em comparação ao real em 2013. Isso se deu devido a fatores como a recuperação da economia norte-americana, a alta dos juros pelo Banco Central dos Estados Unidos (Fed), com isso houve uma grande saída de dólares dos EUA e a falta da moeda fez com que sua cotação encarecece. Já um dos motivos para a alta do dólar no Brasil especificamente era a baixa perspectiva de crescimento do país e a grande saída de dinheiro do país (mais que a entrada), para citar algumas das possíveis razões. 

A mudança de câmbio dentro do Forex


Forex é um mercado no qual se adquiri posições tomando proveito dessa diferença de valores entre as moedas dos países. Quando o trader acredita que uma moeda vai estar mais forte em comparação a outra, baseando-se em análise dos gráficos, eventos do calendário econômico e outros fatores que considerar importantes, ele deve aquirir uma posição, um par, e se a previsão se concretizar o investimento gera lucro. O mesmo se dá no caminho inverso, quando se acredita que uma moeda vai enfraquecer em comparação a outra. Logo, no Forex se ganha tanto na alta quanto na baixa de uma moeda, dependendo da operação realizada, de compra ou venda.

Um dos pares mais recorrentes nas operações é o euro/dólar americano (EUR/USD). Já o real (BRL) ainda é considerado uma moeda exótica, o que não significa necessariamente que seja mais fraca no mercado, apenas que é menos explorada pelos traders por ter um comportamento menos popular que outras. 

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar