Os 10 empregos mais bem pagos que não exigem ensino superior

Em uma urgência para ingressar no mercado de trabalho, muitos preferem os técnicos à faculdade. Veja quais são os empregos mais bem pagos a esses profissionais.

Os 10 empregos mais bem pagos que não exigem ensino superior
Salários superiores a R$ 4 mil são concedidos à profissionais de nível técnico.

Com a necessidade de ingressar o quão antes no mercado de trabalho, é comum encontrar jovens que terminam os estudos sem a possibilidade de frequentar o ensino superior. Entretanto, muitos dos que apostaram no ensino técnico para garantir conhecimento e uma alternativa de sustento se viram com a sorte grande ao serem requisitados para determinados cargos.

Ao mesmo é o que mostra o levantamento realizado pelo portal de empregos Catho, onde apontou as dez profissões mais bem pagas no país e que não exigem ensino superior para atuação. Entre elas, os salários podem superar os R$ 4 mil.

A má notícia temporária, no entanto, tem relação com o primeiro lugar desse ranking, onde o profissional técnico de petróleo pode não ser tão promissor nos dias de hoje, devido aos tempos de crise que a Petrobrás vem enfrentando. Durante a ausência dos escândalos no segmento, o cargo é oferecido sob salários de R$ 5,4 mil, havendo ainda oportunidades frequentes à estes profissionais.

Empregos bem pagos que não exigem ensino superior

De acordo com Murilo Cavellucci, diretor de gente e gestão da Catho, “o diploma técnico é capaz de preparar profissionais para exercer determinadas atividades que tiveram um crescimento importante nos últimos anos e passaram a oferecer remunerações mais atraentes".

Com isso, a insegurança de se ver desamparado financeiramente por não ter ingressado no ensino superior torna-se uma probabilidade quase remota diante da valorização do profissional técnico. Por isso, fique atento à lista de cargos a seguir e acompanhe as tendências do mercado para se certificar das vagas com maior número de oportunidades.

1. Técnico de Petróleo

Salário: R$ 5.406

2. Ferramenteiro de Corte e Repuxo

Salário: R$ 4.662,50

3. Técnico Sucroalcooleiro

Salário: R$ 4.273,50

4. Técnico em Inspeção de Equipamentos

Salário: R$ 4.127,80

5. Inspetor de Qualidade de Instrumentos

Salário: R$ 3.979,10

6. Técnico em Obras

Salário: R$ 3.940

7. Ferramenteiro de Manutenção Industrial

Salário: R$ 3.892,50

8. Ferramenteiro de Moldes Plásticos

Salário: R$ 3.886,70

9. Técnico de Planejamento

Salário: R$ 3.813,20

10. Projetista Mecânico

Salário: R$ 3.810,60

Basicamente, o maior número de profissões na lista dos cargos mais bem remunerados e que não exigem formação superior está inserido no segmento Industrial e de Operações. De um total de dez posições no ranking, seis são pertencentes à ele, como Ferramenteiro de Corte e Repuxo (2º lugar), Técnico Sucroalcooleira (3º lugar), Ferramenteiro de Manutenção (7º lugar), Ferramenteiro de Moldes Plásticos (8º lugar), Projetista Mecânico (10º lugar).

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Na Web:

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar