Doenças ocupacionais mais comuns

Conheça as principais doenças ocupacionais e quais são os profissionais que podem desenvolver determinadas síndromes dentro do ambiente de trabalho

Doenças ocupacionais mais comuns
Veja as doenças que são frequentemente desenvolvidas em algumas profissões

As principais doenças ocupacionais do Brasil estão ligadas às mais variadas profissões. Da fábrica ao escritório, muitas são as doenças que podem surgir ao longo dos anos de trabalho. Elas aparecem de forma silenciosa e são mais frequentes do que parecem. Conheça algumas dessas doenças.

Veja quais são as doenças ocupacionais mais frequentes

Alguns problemas de saúde podem estar relacionados à atividade profissional exercida. Algumas doenças ocupacionais aparecem de forma silenciosa e os sintomas só vão aparecer depois de 10 ou 15 anos de trabalho. Veja quais são as principais doenças ocupacionais:

LER/DORT

A Lesão por Esforços Repetitivos ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/DORT) é provocada por movimentos repetitivos ou por posturas inadequadas dentro do ambiente de trabalho, muitas vezes em escritórios, onde as pessoas ficam muito tempo sentadas e digitando na frente do computador.


Antracose

Trata-se de uma lesão pulmonar ocasionada por diferentes agentes que são adquiridos nas áreas de carvoarias. Essa doença dá início a outros problemas ainda mais graves, e afetam trabalhadores os quais ocupam cargos com contato direto com a fumaça do carvão.

Faça um empréstimo online em 3 minutos!

Bissinose

A Bissinose é uma doença causada pela poeira das fibras de algodão, ela afeta as pessoas que trabalham em indústrias de algodão.

Surdez temporária ou definitiva

Alguns trabalhos expõem os funcionários à área ruídos constantes, e faz com que ele perca a sensibilidade auditiva, e algumas vezes esse problema pode se tornar irreversível. Essa doença é mais comum entre operários de obras de construção, os quais utilizam equipamentos que emitem ruídos e os operadores de telemarketing.


Dermatose ocupacional

Essa doença pode afetar pessoas que trabalham com graxa ou óleo mecânico. Essas substâncias podem causar reações alérgicas crônicas, de forma que a pele cria placas.

Câncer de pele

Alguns trabalhadores de lavouras têm grandes chances de desenvolver o câncer de pele por causa da grande exposição ao sol. Por outro lado, uma pessoa que trabalha em um escritório, mesmo sem se expor ao sol, também pode ter o câncer de pele.

Siderose

Essa doença pode afetar pessoas que trabalham nas minas de ferro, pois acabam inalando partículas microscópicas de ferro, as quais se alojam nos bronquíolos e provoca falta de ar constante.

Catarata

A catarata é uma doença que pode afetar pessoas que trabalham em lugares de altas temperaturas, pois podem desenvolver a perda do cristalino, ocasionando a cegueira.


Doenças por função

As pessoas que trabalham com alimentos correm o risco de serem contaminadas pelos produtos orgânicos que são utilizados para lavagem dos mesmos.

Doenças psicossociais

Problemas como depressão ou doenças de cunho emocional, podem estar associadas também à pressão no trabalho, a carga horária excessiva e algum desentendimento na área de trabalho.

Ganhe um tablet para estudar inglês online! Oferta limitada

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Elisabete Machado Elisabete Machado

Brasileira, natural de São Paulo, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-graduada em Fundamentos da Cultura e das Artes pela Universidade Estadual Paulista. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar