O que acontece se você não pagar uma dívida de condomínio

Entenda os problemas gerados por uma dívida de condomínio e como resolver da melhor forma possível.

O que acontece se você não pagar uma dívida de condomínio
Veja como proceder e evitar problemas com a Justiça

Instabilidade econômica aqui, reajustes de preço por parte das administradoras ali, e quando você menos percebe está entrando em uma dívida de condomínio. Essa situação não é incomum e muitas pessoas nem imaginam o que pode acontecer ao deixarem de lado um ou mais meses de condomínio. Para entender o que acontece se você não pagar uma dívida de condomínio, confira os tópicos abaixo e evite maiores dores de cabeça.

Consequências de ter uma dívida de condomínio

Existem algumas formas de um morador se tornar inadimplente: por dívida de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), caso seja fiador de alguém e esse estiver devendo, ou por deixar de pagar a sua conta mensal de condomínio. A partir da primeira taxa atrasada, a empresa administradora já pode acionar a cobrança judicial do indivíduo, que passa a ser considerado inadimplente.

A multa pelo atraso no pagamento é de 2% em cima do valor original da conta. Também podem ser cobrados juros de mora (1% ao mês), correção monetária e despesas de cobrança. Todos os valores e taxas devem ser devidamente mostrados ao devedor.

As administradoras entram em contato com o morador poucos dias após o primeiro atraso na conta. Se ainda assim não houver o pagamento da dívida, o nome do inquilino é enviado para órgãos de restrição de crédito.

Após três meses de atrasos, consecutivos ou não, o condomínio pode entrar com o pedido de leilão do imóvel inadimplente a fim de pagar as contas em atraso.

O imóvel pode ser penhorado?

Sim, uma dívida de condomínio pode levar o imóvel à penhora e, posteriormente, a leilão.

O processo de cobrança judicial pelas contas em atraso pode durar até dez anos. Mas é comum a ação sair em um ano e meio. Durante esse período, se não houver pagamento da dívida, o morador inadimplente não pode ser impedido de utilizar os espaços comuns do prédio ou a garagem, mas seu gás pode ser cortado.

Se a sentença sair favorável ao condomínio, o inquilinp perde seu imóvel, mesmo que seja seu único bem.

Depois que o imóvel é penhorado, se o devedor resolver quitar a dívida, há a possibilidade de o condomínio recusar a oferta. Portanto é sempre melhor não deixar a situação chegar nesse estágio.

É possível parcelar?

Toda dívida de condomínio pode ser parcelada, mesmo que seja apenas um mês em atraso. Basta entrar em contato com a empresa que administra o condomínio.

Se você não conseguir pagar a taxa mensal em algum período, o ideal é procurar o síndico e tentar uma negociação antes mesmo de receber o aviso da administradora.

Uma vez parcelada a dívida, o nome do devedor só sairá da lista de inadimplentes do condomínio depois que todas as parcelas forem quitadas.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar