Como evitar o desgaste do disco de embreagem

O disco de embreagem é um componente muito sensível e importante para o funcionamento do carro. Saiba como poupar gastos usando-o da forma correta.

Como evitar o desgaste do disco de embreagem
Dicas para economizar com essa importante peça

A maioria dos veículos automotores funciona através da transmissão da força impressa pelo motorista no volante do motor às engrenagens que compõem a caixa de velocidades. O contato com o volante do motor é feito através do disco de embreagem, peça fundamental responsável por ligar transmissão e motor. Enquanto está ativo, o sistema de embreagem opera em atrito intermitente, cuja ação leva ao desgaste natural das peças, sendo o disco uma das mais afetadas por eventual mau uso. Conhecido também como platô, pode ter sua vida útil prolongada, contanto que se observem as medidas pertinentes. Pode ser útil, ainda, a instalação de acessórios ou discos especiais de maior durabilidade, dica especialmente útil para motoristas profissionais.

Preservando o disco de embreagem por mais tempo

Certamente uma boa parte dos motoristas, quando está aprendendo a dirigir, recebe a orientação de jamais descansar o pé na embreagem. Isso porque, ao deixar o componente pressionado, o motorista acaba acelerando o desgaste do platô e induzindo, por consequência, a um aquecimento extra, que pode causar sérios danos ao sistema. Da mesma forma, ao trocar as marchas, o condutor deve atentar para a realização suave e gradual, respeitando a ordem e velocidade média das mesmas, perceptível até pelo ruído emitido pela rotação do motor. Motoristas com pé pesado, ou seja os que têm dificuldades em sincronizar a pisada no acelerador e o alívio da embreagem também acabam contribuindo para desgastar o conjunto mais rapidamente, o que causa prejuízo também pelo aumento no consumo de combustível subsequente.

dirija o
carro dos 
seus sonhos

agende um test drive

Outras maneiras de poupar o platô

Um cuidado que parece até exagerado, mas que diminui consideravelmente o desgaste do disco de embreagem é evitar pressioná-lo enquanto o carro está parado em ponto morto com o motor ligado. Da mesma forma, recomenda-se não segurar o torque em ladeiras pisando na embreagem, opte pelo uso do freio de mão para manter o veículo parado nessa situação. Como todo componente automotor, o disco de embreagem pode ser também reforçado, garantindo vida útil mais prolongada se comparado às peças convencionais. Isso pode ser feito com a instalação de reforços produzidos em kevlar ou cerâmica.

Como economizar combustível em cinco passos

Hora de trocar o disco

Em média, a torca do platô deve ser feita com aproximadamente 100 mil quilômetros rodados, no entanto, cada fabricante e modelo de carro tem sua quilometragem específica. Na verdade, a troca poderá ser exigida até bem antes do período médio, caso o motorista não tome os devidos cuidados. Existem diversas opções e kits de embreagem, compostos por platô, disco e rolamento, podendo ser novos ou remanufaturados, com preços que variam de cerca de 150 até 1.000 reais. Informe-se com profissionais de sua confiança sobre qual modelo adquirir para seu carro e aproveite para economizar.

Faça um test drive sem custos e sem compromisso. Agende já!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar