Mochilão pela Europa: quanto custa, quais cidades visitar e outras dicas

Com o euro tão caro, dá pra manter o sonho de um mochilão pela Europa? Montamos 3 roteiros (com os preços) para você ver se dá para encaixar essa viagem no seu orçamento.

Mochilão pela Europa: quanto custa, quais cidades visitar e outras dicas
Veja 3 roteiros com preços discriminados para fazer um mochilão pela Europa

GANHE O MUNDO FALANDO INGLÊSfaça um teste e descubra o seu nível

Se tem uma viagem que que vive no imaginário de muitas pessoas é o mochilão pela Europa. Curtir o velho continente, conhecer paisagens famosas de filmes e livros de História, estar cada dia em um país, conversar e fazer amizades com pessoas dos quatro cantos do mundo, e muitas outras aventuras em uma só viagem.

Veja as dicas do E-konomista para fazer um mochilão barato pela América do Sul

Mochilão pela Europa: o que é preciso considerar

As perguntas mais frequentes sobre essa viagem são:

  • Quanto custa?
  • Quais cidades visitar?
  • Quantos dias são suficientes?
  • O que levar?

E essas perguntas são muito difíceis de responder com precisão, porque varia muito do gosto da pessoa, do quanto ela pode/quer gastar e do pique que ela tem para aguentar muitos dias de viagem. Por mais que a ideia de uma viagem estilo mochilão seja a baixo custo, pois é possível optar por deslocamentos e hospedagens mais baratas, não é uma viagem que custe pouco. São vários os motivos:

1. A Europa está a um oceano de distância do Brasil, as viagens duram em média 10 horas e as passagens não costumam ser muito baratas (apesar de ser possível conseguir boas promoções quando compradas com antecedência).

2. Não podemos esquecer que nós recebemos em real e vamos gastar em euro, que custa 4 vezes mais caro. Por exemplo, a cotação do euro no dia 26 de novembro de 2015 é de R$ 3,98.

3. As cidades destino mais desejadas para as viagens são turísticas e não são muito baratas, especialmente em alta temporada. Quem gostar de fazer roteiros alternativos pode economizar um pouco mais, mas a maioria das pessoas não quer desperdiçar a chance de conhecer Londres, Paris e Roma, por exemplo. Afinal, não é todo dia que dá pra viajar para a Europa.

4. Alguns pontos turísticos, museus e roteiros que são praticamente “obrigatórios” e, mesmo que custem caro, vale a pena pagar pela experiência. Ir a Paris e não conhecer o Louvre? Ir a Roma e não conhecer o Vaticano? Não faz muito sentido. Então, essas paradas “obrigatórias” precisam ser contabilizadas. Para alguns é imprescindível, para outros nem tanto, por isso é tão difícil definir de uma forma geral quanto custará a viagem.  

De toda maneira, vamos fazer um balanço geral com dicas de roteiros, gastos e número de dias para que seja possível decidir qual será a melhor forma de fazer o seu mochilão pela Europa.

Como escolher o seu roteiro para fazer um mochilão inesquecível

Mochilão pela Europa: roteiros e preços

Para todos os roteiros, vale a pena procurar a passagem com antecedência. Geralmente, as passagens são mais caras com a proximidade da data. Uma dica para conseguir bons preços é comprá-la com pelo menos 120 dias de antecedência. A média de preço para o trecho ida/volta entre Brasil e Europa é entre R$ 2.000,00 e R$ 7.000,00.

1. Roteiro Ibérico – Lisboa, Madrid e Barcelona (10 dias)

fazermocilaopelaeuropa


São três cidades lindas, festivas, com muitos lugares para visitar, sem contar com a facilidade da comunicação, seja em português (de Portugal) ou em espanhol, que é uma pouco mais fácil para se virar, do que o inglês ou outros idiomas. Além disso é um roteiro mais barato, pois além de Lisboa e Madrid serem cidades econômicas, é um roteiro que não demanda muitos dias. Além das cidades principais, ainda é possível dar uma espadinha para cidades próximas. Em Portugal, dá pra passar 2 dias em Lisboa e tirar 1 dia para conhecer outros locais como Sintra, Porto ou Fátima. Na Espanha, tire 2 dias para passear por Madrid, 3 dias por Barcelona e mais 2 dias para o interior, como por exemplo, Toledo, Segóvia ou Girona. São 10 dias de viagem, nada muito cansativo e mais econômico.

Quanto custa o Roteiro Ibérico

ECONOMIZE NA SUA PRÓXIMA VIAGEM
Receba as dicas, ofertas e informações no seu email e viaje mais barato.

Como já dissemos, varia muito dependendo do quanto você está disposto a gastar, da antecedência que vai reservar vôos, hospedagens, possíveis promoções etc. Esse roteiro tem custo de € 579,00 (ou R$ 2.304,42) gastos na viagem, acrescido do preço da passagem, uma média de R$ 2.000,00. Um total médio de R$ 4.304,42.

Hostel em Madrid  €15,00 por dia (total € 30,00)
Hostel em Barcelona – € 20,00 por dia (total € 100,00)
Hostel em Lisboa – € 13,00 por dia (total € 39,00)

Alimentação: entre € 30,00 e € 50,00 por dia, considerando refeições low cost e um jantar em restaurante típico por cidade. Média: € 250,00.

Transporte: os preços variam para cada cidade e o tipo de transporte. Bilhetes diários nos transportes públicos (válidos por 24h) custam em média € 7,00. Média: € 70,00. Por garantia, garanta € 100,00,  caso seja preciso pegar táxi.

Traslado entre as cidades: depende se você conseguir promoções ou descontos (estudantes, por exemplo) em passagens aéreas, de trem ou mesmo ônibus. Entre as cidades, a média em companhia aérea low cost é de € 40,00 para o trecho Lisboa / Barcelona e cerca de € 20,00 para Barcelona / Madrid. 

Dica do E-konomista: encontre sua passagem Brasil – Espanha (é mais barato entrar pela Espanha do que por Portugal) em sites como o SkyscannerEdreams, por exemplo. Depois, calcule o valor da cotação do euro e multiplique os valores acima para saber quanto, em média, vai gastar em reais. Em seguida, procure reservar hospedagens e transporte entre cidades/países.

Ofertas de pacotes de viagem e hospedagem na palma da mão. Baixe o app grátis e fique de olho nas oportunidades!

2. Roteiro Clássico – Londres, Paris e Roma (15 dias)

fazermocilaopelaeuropa


Se a sua vontade é conhecer as queridinhas da Europa e visitar cenários que você já viu em filmes, séries e livros da escola, sugerimos uma viagem de 15 dias. Com 5 dias em cada uma destas cidades é possível conhecê-las, sem muita correria e aproveitando o máximo de cada cantinho.

Quanto custa o Roteiro Clássico

Esse roteiro tem custo de € 1.100,00 (ou R$ 4.378,00) gastos na viagem, acrescido do preço da passagem, uma média de R$ 2.000,00. Um total médio de R$ 6.3780,00.

Hostel em Londres – € 24,00 por dia (total € 120,00)
Hostel em Paris – € 27,00 por dia (total € 135,00)
Hostel em Roma – € 21,00 por dia (total € 105,00)

Neste roteiro existem muitos lugares para visitar que é precisamos pagar. E os transportes nesses cidades (em especial em Londres) não é barato. Portanto, através do ranking Price of Travel, o gasto médio de um turista com alimentação, transporte, atrações e entretenimento em cada uma dessas cidades custa, por dia e no total:

Londres:  € 46,00 / € 230,00
Paris: € 43,00 / € 215,00
Roma: € 39,00 / € 195,00

O transporte entre as cidades também vai depender da antecedência que você comprar. Considerando o aéreo low coast, a média é de € 100,00 por cada trecho.

Dica do E-konomista: encontre sua passagem Brasil – Roma (é mais barato entrar pela Itália) em sites como o Skyscanner, Edreams por exemplo. Depois, calcule o valor da cotação do euro e multiplique os valores acima para saber quanto, em média, vai gastar em reais. Em seguida, procure reservar hospedagens e transporte entre cidades/países.

O que vale a pena visitar em 10 dias pela Europa

3. Roteiro Badalado – Amsterdã, Bruxelas, Berlim, Munique e Praga (20 dias)

fazermocilaopelaeuropa


Quando o assunto é diversão e bebida, algumas cidades europeias são essenciais na sua lista! As cidades mais agitadas,  festivas e com tradição em cerveja estão neste roteiro. Recomenda-se 4 dias em Amsterdã;  2 em Bruxelas, aproveite e dê uma volta pelo interior, sugerimos 2 dias em Bruges. A seguir, Berlim, a cidade mais cool no quesito diversão, baladas e cerveja barata, fique por lá por mais ou menos 5 dias. Aproveite para dar um pulo em Munique, a cidade da Oktoberfest onde, você vai encontrar as cervejarias mais antigas do mundo, e fique lá por 2 dias. Para finalizar, aproveite a beleza e a animação da capital da República Tcheca, Praga. É linda e tem muito a se ver, fique entre 4 e 5 dias.  

Quanto custa o Roteiro Badalado

Esse roteiro tem custo de € 1.1890,00 (ou R$ 4.732,22) gastos na viagem, acrescido do preço da passagem, uma média de R$ 2.000,00. Um total médio de R$ 6.732,22.

Hostel em Amsterdã – € 20,00 por dia (total € 80,00)
Hostel em Bruxelas – € 17,00 por dia (total € 34,00)
Hostel em Bruges – € 13,00 por dia (total € 26,00)
Hostel em Berlim – € 12,00 por dia (total € 60,00)
Hostel em Munique – € 19,00 por dia (€ 38,00)
Hostel em Praga – € 20,00 por dia (€ 100,00)

Utilizando os valores do ranking Price of Travel o gasto médio de um turista com alimentação, transporte, atrações e entretenimento em cada uma dessas cidades custa, por dia e no total:

Amsterdã: € 40,00 / € 160,00
Bruxelas: € 32,00 / € 64,00
Bruges: € 30,00 / € 60,00
Berlim: € 39,00 € 195,00
Munique: € 36,00 / € 72,00
Praga: € 20,00 / € 100,00

Como são muitas cidades, reserve € 200,00 para o traslado entre elas. É possível gastar pouco viajando de trem, companhias aéreas low cost ou até por carona paga.

Dica do E-konomista: Encontre sua passagem Brasil – Berlim ou Munique (é mais barato entrar pela Alemanha) em sites como o Skyscanner, Edreams por exemplo. Depois, calcule o valor da cotação do euro e multiplique os valores acima para saber quanto, em média, vai gastar em reais. Em seguida, procure reservar hospedagens e transporte entre cidades/países.

Mochilão pela Europa: o que levar

Isso vai depender muito dos países que serão visitados e, principalmente, da época do ano. Fazer mochilão pela Europa em época de inverno (outubro a fevereiro) é mais barato, mas as temperaturas são mais baixas. É precios então, levar muito mais roupas, sapatos e, em alguns casos, roupas especiais térmicas e/ou para neve. 

No verão, as passagens e hospedagens estão mais caras e as cidades mais cheias, mas sua mochila vai mais leve, pela menor quantidade de roupas e sapatos, e pelo peso das mesmas serem consideravelmente menor. A melhor dica é procurar se informar da previsão do tempo e das temperaturas médias nos dias de viagem, antes de fazer a sua bagagem, para não exagerar na quantidade de itens. É uma viagem em estilo low cost, deixe o supérfluo em casa porque tudo estará nas suas costas. Muito peso pode tornar a sua viagem cansativa.

Veja quais são os equipamentos necessários para fazer um bom mochilão

Ganhe um tablet para aprender inglês online e conversar sem medo nas viagens internacionais.


Veja também: 

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar