4 sintomas de quem está passando por uma depressão pós-viagem

Voltar para casa após uma viagem sempre deixa um buraco no peito, uma depressão pós-viagem, como se a rotina estivesse novamente instalada. Conheça os sintomas

4 sintomas de quem está passando por uma depressão pós-viagem
A depressão pós-viagem é um sentimento mais comum do que você imagina

Sendo elas viagens de final de semana, temporadas ou férias, voltar para casa sempre deixa um buraco no peito, uma depressão pós-viagem, como se a rotina estivesse novamente instalada em nossas vidas. Sensação de desconforto, agitação, alterações de humor e apetite entre outros sintomas podem caracterizar o distúrbio. E o nome é esse mesmo, Depressão Pós-Viagem.

Você foi diagnosticado com depressão pós-viagem

Sim, ela é real. Se você fica triste após voltar de uma viagem, saiba que isso não é uma exclusividade sua e acontece mais frequentemente que você imagina. Acompanhe a seguir uma lista de sintomas e o que você pode fazer para se livrar da “deprê”:

Sintoma 01: Você acha que não aproveitou o suficiente 

Na viagem de volta, ainda no avião, carro ou onde você estiver, uma voz vai te encher a cabeça com: “mas e se você não se divertiu o suficiente?”, “e aquele sanduíche? Você gastou 20 dólares nele?”, “você tem certeza que foi a todos os lugares que gostaria de ter ido?”. E isso vai virando uma bola de neve no seu subconsciente.

Tratamento: Sabemos que nessas horas, ter o sentimento de gratidão por tal experiência é difícil. Os bons momentos parecem longe e a sensação é de que você fez tudo errado. É aí que você toma as rédeas da situação. Reveja fotos, relembre o sentimento de quando elas foram tiradas. Compartilhe essas sensações e as experiências da viagem com pessoas queridas. Falar sobre o quanto essa viagem foi inesquecível vai ter ajudar a calar essa voz do “e se”.

Sintoma 02: Tudo na sua cidade parece horrível

depressaoposviagem


Relembrar da violência, do trânsito caótico, do caminho até o trabalho e até das pessoas que você não gosta são as primeiras coisas quando se volta pra casa. É aí que um dos maiores picos da depressão pós-viagem acontece. A sensação de raiva e frustração parece nunca ter sido maior.

Tratamento: Voltar para a “realidade” pode ser um processo demorado com muitos altos e baixos. Se durante a sua viagem a nova cultura lhe encantou tanto, procure traze-la para o seu dia a dia. Aprender a culinária ou uma dança local, iniciar um blog, assistir filmes produzidos no país ou conversar com pessoas da região em que esteve são algumas das alternativas para se sentir mais próximo dessa inesquecível viagem. Ter a internet a nosso favor pode tornar esse processo muito mais fácil.

Sintoma 03: Você não quer desfazer as malas

Você já passou pelos sintomas 1 e 2 e chegou a hora de tirar as coisas da mala. Roupas sujas, amassadas e cheias de lembranças. Mas você está de volta, o que torna a tarefa de coloca-las na máquina ou de volta ao guarda-roupa muito mais difícil.

Tratamento: Tarefa inevitável, e que pode se tornar bastante produtiva. Desfazer as malas após uma grande viagem e contato com outra cultura, pode ser uma boa oportunidade de repaginar sua imagem e estilo de vida. Viajar quase sempre te mostra que é possível viver bem, com menos. Menos roupas, menos sapatos, menos preocupação com redes sociais. Se desligar do material e se conectar mais a pessoas e lugares pode ser um novo ponto de vista pós viagem. Fazer novas amizades, principalmente com pessoas passando pelo mesmo que você também é uma ótima alternativa.

Sintoma 04: Seus planos todos giram em torno de novas viagens

depressaoposviagem


Você volta e coloca na cabeça que nenhum gasto será feito desnecessariamente pois precisa guardar dinheiro para a próxima viagem. De um modo geral, este sintoma não é de todo mal, desde que economizar não se torne uma obsessão.

Tratamento: Caso você tenha algum vício prejudicial, esta é uma ótima oportunidade de substituir seus gastos com ele por economias para a próxima viagem. Focar-se no seu novo roteiro de viagem, a nova cultura que gostaria de conhecer e pesquisar valores e períodos para viajar são maneiras bastante eficazes de colocar a depressão pós-viagem de lado.

Enquanto sua próxima viagem não acontece...


... mantenha-se antenado aos setores de viagens e hotelaria são um bom escape. Hospedar turistas ou estudantes de intercâmbio também são uma opção para melhorar seu humor e manter-se mais perto da cultura que quer visitar daqui um tempo.

Entenda que suas férias ou oportunidades de viajar não acabam aqui. Uma vez que você saiu da rotina para conhecer novos locais e costumes, muitas portas irão se abrir. Mantenha a cabeça erguida, trace seu novo plano de viagem e mãos à obra. Uma nova aventura está só começando.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar