Como fazer a declaração anual do Simples Nacional

Tem dúvidas sobre como fazer a declaração anual do Simples Nacional? Saiba o passo a passo de como fazer e as datas para realizar o cadastro no site.

Como fazer a declaração anual do Simples Nacional
Saiba a importância da declaração para a empresa

Todas as empresas que optaram pelo Simples Nacional devem fazer a Declaração anual dos seus faturamentos para que o fisco tire o imposto devido. No entanto, muitas pessoas que são Microempresárias Individuais ainda têm dúvidas de como fazer a Declaração Anual do Simples Nacional. Saiba o passo a passo e quando realizar esse procedimento.

Declaração anual do simples nacional: passo a passo

A declaração é gratuita e deve ser enviada para a Receita Federal por meio da internet. Não é necessário informar nenhuma senha ou assinatura. Esse documento serve para informar o faturamento da empresa para a Receita Federal e confirmar o pagamento dos impostos. Veja qual o procedimento para Declaração Anual do Simples Nacional para evitar multas para o seu empreendimento.

1. Separe e relacione em uma tabela todos os recebimentos por vendas e prestação de serviços. É importante que estes dados estejam separados, porque a tributação entre eles será diferente.

2. Acesse o site do Portal do Empreendedor e procure a opção Declaração Anual de Faturamento – SIMEI.

3. Selecione a opção declaração anual do simples nacional.

4. Digite os dados do CNPJ depois e clique na opção Declaração Original do ano calendário.

5. Informe os dados pedidos: Receita bruta total do ano base, receita bruta sujeita ao ICMS e se possui algum funcionário.

6. Depois de confirmada a transmissão da DASN, imprima e guarde o seu recibo porque ele é o comprovante que essa operação foi corretamente realizada.

Quando fazer

A Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN - SIMEI), ou também conhecida como Declaração Anual Simplificada - DASN, é uma das obrigações que o Microempresário Individual (MEI) tem que fazer todo ano.

As declarações devem ser realizadas no início do ano até o prazo do último dia de maio. O microempreendedor deve enviar à Receita Federal a declaração referente ao ano-calendário anterior. Essa declaração deverá conter os valores dos que aplicados em cada mês, que deve conter o valor de apuração, a soma dos valores apurados de cada tributo e o valor pago.

O MEI deve informar também o faturamento anual, ou seja, toda a sua receita bruta total, contendo o valor das notas referentes a comércio, indústria ou serviço e se houve alguma contratação de funcionário.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Elisabete Machado Elisabete Machado

Brasileira, natural de São Paulo, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-graduada em Fundamentos da Cultura e das Artes pela Universidade Estadual Paulista. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar