Cresce demanda por profissionais de Big Data e e-Commerce

Confira o crescente número de vagas em busca de profissionais de Big Data e e-Commerce e o porquê destas áreas estarem em crescimento.

Cresce demanda por profissionais de Big Data e e-Commerce
As oportunidades para os profissionais das áreas de TI só crescem

Mesmo em meio a crise econômica e aumento do desemprego, algumas profissões passam por um momento de crescimento nas vagas. É o que tem acontecido com profissionais dos ramos de Big Data e e-Commerce, áreas consideradas em expansão.

Uma recente pesquisa da companhia internacional de Recursos Humanos Randstad mostra que essas vagas relacionadas ao mercado de TI brasileiro tem crescido e, é a hora de aproveitar as oportunidades.

Demanda

Segundo o estudo da Randstad, o Brasil aumentou a contratação de profissionais na área de TI e que trabalham com o monitoramento e mapeamento do perfil de clientes em campanhas comerciais, função do profissional de Big Data.

A demanda para essas vagas é grande e a oferta de profissionais especializados na área ainda não alcançou uma saturação de mercado, ou seja, ainda existem mais vagas do que trabalhadores no segmento. Tanto que muitas empresas focam já na contratação de mão de obra que ainda nem saiu da universidade.

Apesar de os profissionais de TI já possuírem um perfil estratégico, para o mapeamento e estruturação desse público-alvo o indivíduo precisa de um perfil bem mais analítico e mais sênior. O que favorece salários mais altos.

MELHORE
O SEU
CV COM 
UM CURSO
SUPERIOR
Comece já!

Já para o segmento de e-Commerce, as previsões de crescimento são as melhores. Mesmo com a crise abalando o comércio e vendas convencionais, o setor de e-Commerce mantém níveis positivos.

Por isso, a necessidade de profissionais que trabalham com o desenvolvimento de plataformas funcionais e inovadoras, que conseguem manter a boa qualidade do atendimento no comércio eletrônico, só aumenta. Esses profissionais são, geralmente, mais jovens, e adotam projetos paralelos além do trabalho fixo (freelas), priorizando a criatividade.

Profissionais de Big Data

Os profissionais de Big Data, de maneira simples, analisam grandes quantidades de dados para a geração de resultados importantes. É importante que o profissional tenha conhecimento em 3 áreas: programação, estatística/matemática e visão de negócios.

Pelo alto nível de especialização, os salários também são mais altos que a média, indo de R$ 9 mil (para quem tem entre 3 e 4 anos de experiência) e até R$ 22 mil, para quem já é especialista na área.

Isso porque o profissional de Big Data é visto como a pessoa-chave para dar o direcionamento e melhores estratégias para qualquer negócio.

As empresas que mais contratam esses profissionais são as fornecedoras de soluções de tecnologia, instituições financeiras, institutos de pesquisa, internet, e-Commerce, bureaus de crédito, entre tantos outros.

Jovem Aprendiz 2016: 70 empresas que contratam

Profissionais de e-Commerce

Os profissionais de e-Commerce seguem uma ascensão comum a outros trabalhadores, ocupando cargos como assistente, vendedor, analista, coordenador, gerente e especialista. Os salários seguem a hierarquia, variando entre R$1,5 mil e R$6 mil.

As atividades são variadas incluindo o monitoramento de tecnologia, logística, pagamento e anti fraude, consultoria, estratégias de marketing online, gestão operacional, análise dos dados do público-alvo, entre outras funções.

Os lugares de atuação também são os mais variados desde que haja um princípio de e-Commerce, seja em sites, aplicativos, plataformas móveis, etc.

Fale inglês e tenha mais sucesso na sua carreira. Faça um teste e melhore o seu nível.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar