Conta corrente ou poupança: qual é a melhor para as finanças pessoais

Vai abrir uma conta e tem dúvidas se a ideal para você é a conta corrente ou poupança? O E-konomista te explica as diferenças entre cada uma delas.

Conta corrente ou poupança: qual é a melhor para as finanças pessoais
Veja as vantagens e desvantagens de optar por conta corrente ou poupança

Quando você vai abrir uma conta no banco, a primeira pergunta que o funcionário vai te fazer é: você deseja abrir uma conta corrente ou poupança? É claro que a função dele é te explicar detalhadamente todas as diferenças entre os dois tipos de conta, mas saber delas antes de se dirigir ao banco é uma boa estratégia, pois você tem tempo de ponderar sobre todas as vantagens e desvantagens de cada uma antes de decidir. Quem é bem informado e não tem dúvidas se está escolhendo a melhor opção é também quem tem melhor controle de suas finanças pessoais.

Qual escolher: conta corrente ou poupança?

Tudo vai depender do uso que você pretende fazer: cada uma possui vantagens e desvantagens, portanto você deve analisar todos os prós e contras para escolher a melhor para as suas finanças. Não escolha uma ou outra só pelo preço da tarifa administrativa cobrada, por exemplo. A conta ideal é aquela que atende melhor as suas necessidades.

Conta corrente

É o tipo de conta mais comum, que é aberta mediante assinatura de contrato com o cliente.

Vantagens:

  • Ao abrir uma conta poupança, você recebe gratuitamente – pois a maioria dos bancos já não cobram tarifa de adesão – um cartão para saques e pagamentos;
  • Você pode solicitar um cartão de crédito – que na maioria das vezes é oferecido gratuitamente, mas há taxas mensais;
  • Você pode solicitar também um talão de cheques;
  • Você pode solicitar para pagar contas em débito automático, ou seja, não há preocupação com pagar as contas todos os meses;
  • Você pode fazer transferências bancárias dentro do mesmo banco e em bancos diferentes através do Doc e Ted tanto nas agências como nos caixas eletrônicos e na internet;
  • A maioria das contas possuem limite de crédito, o chamado cheque especial, que pode ajudar em caso de uma emergência de necessidade de dinheiro;
  • Se você deseja pedir um empréstimo ou financiamento, a instituição bancária vai te exigir uma conta corrente;
  • Na contratação de seguros (Seguro Saúde, Seguro de Automóveis, etc) e também na previdência é preciso ter uma conta corrente.

Desvantagens:

  • As contas correntes cobram tarifas mensais de utilização para movimentar a sua conta. Portanto, veja quanto é essa tarifa mensal, multiplique por 12 e veja se essa valor cabe no seu orçamento anual;
  • Quem tem o nome sujo não consegue abrir uma conta corrente;
  • O valor que está na sua conta não rende absolutamente nada.

Conta Poupança

Conta poupança – também conhecida como caderneta de poupança – como o próprio nome já diz é ideal para quem quer juntar dinheiro e ter um rendimento mensal garantido. É um investimento de baixo risco que muitos brasileiros optam por utilizar, por ser fácil de contratar e de operar.

Vantagens:

  • Não há cobrança de tarifas mensais;
  • Pode ser aberta por pessoas que tenham o nome sujo;
  • Não tem descontos de imposto de renda e IOF (Imposto sobre Operações Financeiras);
  • Você pode depositar e sacar qualquer quantia a qualquer momento na conta;
  • Você pode requisitar um cartão de débito para fazer saques e pagamentos;
  • Tem rendimento mensal sobre a quantia que está depositada na conta.
Os rendimentos funcionam da seguinte maneira:
  • Com a taxa Selic acima de 8,5% ao ano = rende 0.5% sobre o valor total + TR (taxa referencial).
  • Com a taxa Selic igual ou abaixo de 8,5% ao ano = rende 70% da SELIC + TR.

Desvantagens:

  • Você não pode usar cheques ou cartão de crédito para movimentá-la;
  • A maioria dos bancos exige o depósito inicial de uma certa quantia em dinheiro para abrir a conta poupança;
  • Se o cliente não ficar atento, ele pode perder dinheiro.É importante que ele se atente a data que a conta faz aniversário para não perder os juros do mês;
  • Não dá pra fazer empréstimos, financiamentos nem seguros com conta poupança.

A conta corrente é ideal quando...

O cliente precisa fazer muitas movimentações, como depósitos, transferências, recebimentos de créditos e compras. É uma forma barata e segura de realizar essas transações.

A conta poupança é ideal quando...

O cliente deseja guardar dinheiro com segurança, baixo risco e com rendimento. O valor do rendimento é baixo, mas é melhor do que manter em uma conta corrente – que não rende nada – e que ainda paga taxas de utilização.
 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar