Consumo de combustível: como fazer para gastar menos

Saiba como fazer para reduzir o consumo de combustível, economize e aproveite para conhecer alguns dos carros mais econômicos do mercado brasileiro

Consumo de combustível: como fazer para gastar menos
Requisito muito importante para definir o valor de mercado de um veículo

O consumo de combustível de um veículo automotor é influenciado por um conjunto de fatores que podem torná-lo mais ou menos econômico. Felizmente, para orientar os consumidores que desejam comprar um carro tendo como critério principal a economia de combustível, o Inmetro divulga desde 2009 um ranking anual com os veículos mais econômicos e com os mais beberrões também.

Chamado pelo órgão de medição de Programa de Etiquetagem Veicular, o ranking consiste em atribuir a cada um dos veículos avaliados - em 2016 foram 795 modelos - um selo de eficiência energética, tal como é feito com eletrodomésticos. Hoje, todas as montadoras brasileiras participam do programa, uma verdadeira referência e que pauta o mercado na hora de valorizar um veículo ou não.

O que interfere nos índices de consumo de combustível?

De acordo com a própria Volkswagen, para otimizar o consumo de combustível, o proprietário precisar observar uma série de medidas. A primeira delas é procurar sempre abastecer num mesmo posto de combustível. Para orientar os motoristas, a Petrobras divulga, em seu programa “De Olho no Combustível”, a lista de postos certificados.

Outro cuidado importante é estar em dia com as revisões periódicas do veículo. Carro desregulado, com óleo em más condições ou pneus gastos consomem mais combustível. Aliás, os pneus são um caso à parte, já que é imperativo sua correta calibragem e profundidade de sulcos adequada para que o consumo permaneça em níveis normais. A forma de dirigir também afeta o consumo, por isso o motorista deve, ao dirigir, manter as rotações em níveis apropriados à marcha que estiver engatada. Nada de “esticar”, isso eleva, e muito, o consumo de combustível. Relembrando então, há pelo menos seis coisas nas quais você deve prestar atenção:

  1. Carro desregulado
  2. Óleo em más condições
  3. Pneus gastos
  4. Calibragem errada dos pneus
  5. A qualidade do combustível
  6. A forma como você está dirigindo

Não menos importante, ao trocar peças e acessórios, o motorista deve usar somente peças originais, para garantir a manutenção dos níveis de consumo de fábrica.

Os modelos mais econômicos e os mais beberrões

Em 2016, o Inmetro passou a divulgar, além do consumo de combustível e níveis de emissão de CO2 dos modelos avaliados, os níveis de emissão de outros gases tóxicos, como óxido de nitrogênio, monóxido de carbono e hidrocarbonetos. A divisão em categorias - compactos, médios etc.. - também ajuda na hora de decidir com base na economia de combustível. Desta forma, os que mais se destacaram pela economia foram:

Compactos - Chevrolet Onix 1.4 LTZ (R$ 48.840)

Gasolina:

  • 14,3 Km/Litro na estrada
  • 9,1 Km/Litro na cidade

Etanol:

  • 11 Km/litro na estrada
  • 8 Km/litro na cidade
dirija o
carro dos 
seus sonhos

agende um test drive

Microcompactos - Fiat Mobi (R$ 31.900)

Gasolina:

  • 13,3 Km/Litro na estrada
  • 11,9 Km/Litro na cidade

Etanol:

  • 9,2 Km/litro na estrada
  • 8,4 Km/litro na cidade

Sedã Grande - Ford Fusion Hybrid (R$ 144.600)

Gasolina:

  • 15,1 Km/Litro na estrada
  • 16,6 Km/Litro na cidade

O mais econômico do Brasil

Hatch - Toyota Prius 1.8 híbrido (R$ 119.950)

Gasolina:

  • 17 Km/Litro na estrada
  • 18,9 Km/Litro na cidade

Os mais beberrões na lista dos mais vendidos

  • Hyundai Tucson (R$ 69.990)
  • Jeep Grand Cherokee (R$ 219.900)
  • Mitsubishi Pajero 4x4 (R$ 163.990)
  • Volkswagen Tiguan (R$ 129.720)
  • Range Rover Sport 5.0 (R$ 377.500)

Faça um test drive sem custos e sem compromisso. Agende já!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Julio Benck Julio Benck

Jornalista em permanente formação, entende que toda profissão tem sua arte e uma beleza característica, é só saber encontrar.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar