Materiais para utilizar em uma construção sustentável

Quais materiais usar na obra para ter uma construção sustentável, e assim reduzir os danos ao meio ambiente e melhor qualidade de vida para a comunidade. 

Materiais para utilizar em uma construção sustentável
O que usar para preservar o meio ambiente e ter melhor qualidade de vida

Em tempos em que sustentabilidade se tornou palavra de ordem nos mais distintos meios, a construção civil também se viu envolvida a achar soluções que minimizem o grande impacto ao meio ambiente. E assim surgiu o conceito de construção sustentável.

Mas o que é a construção sustentável?

O conceito abrange todas as etapas de uma construção, com a finalidade de que ela não só não agrida o meio ambiente e reduza o consumo de materiais e energia, como também traga melhor qualidade de vida para a comunidade. E para alcançar esse objetivo, alguns fatores são determinantes, como:

  • Uso eficiente de energia;
  • Gestão ecológica da água;
  • Gestão de resíduos e reciclagem de materiais;
  • Maior aproveitamento dos recursos naturais disponíveis (como a ventilação e luminosidade naturais);
  • Uso de materiais com menor impacto ambiental.

Saiba quais materiais usar na construção sustentável

Bloco de Adobe : é uma técnica antiga e extremamente sustentável em que são produzidos tijolos com terra crua, água, palha ou outras fibras. Além de ser econômico, o adobe é resistente, confere conforto térmico e pode ser fabricado no local da construção, dispensando o uso de máquinas.

Telhas ecológicas : são telhas feitas a partir de fibras naturais ou materiais reciclados, como tubos de pasta de dente, papel ou garrafas pet. Além de serem mais leves, elas proporcionam um ambiente interno mais ameno, não retém umidade e são mais resistentes às chuvas de granito.

Concreto reciclado : o material é produzido a partir dos entulhos das próprias obras, o que resulta em menos resíduos das construções. O concreto pode ser feito com telhas, tijolos, entre outros. Além de ser mais leve que o concreto tradicional, o reciclado é mais forte e ajuda a reduzir custos e o impacto ambiental.

Madeira plástica : produzida a partir da reciclagem de materiais plásticos, esse tipo de madeira é semelhante à tradicional, podendo ser utilizada como piso ou revestimento. Tem como principais vantagens: não exigir manutenção; ser imune a pragas; não degradar; ser resistente à umidade.

EPS : conhecido como isopor, o material é muito utilizado na construção de lajes e paredes, por ser leve e com característica de isolante térmico. Os EPS são 100% recicláveis, resistentes à umidade, química e envelhecimento, amortizam impactos e são fáceis de manipular.

Conheça os tipos e marcas das lâmpadas mais econômicas do mercado

É importante ressaltar que, ao realizar uma construção sustentável, é fundamental que se verifique a confiabilidade dos fornecedores, garantindo assim que os materiais tenham procedência ambientalmente segura.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Tati Barros Tati Barros

Tati Barros é jornalista por formação e por vocação. Mineira apaixonada pelas palavras, gosta de escrever sobre viagens, assuntos que envolvem o universos feminino e tudo o mais que a inspira.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar