Como funciona um consórcio imobiliário?

Indicado especialmente para quem tem tempo de sobra para fechar negócio com a casa própria, o consórcio imobiliário disciplina o cliente a poupar. Saiba mais.

Como funciona um consórcio imobiliário?
Além de disciplinar a poupar, o consórcio imobiliário é um grande passo até a casa própria.

Indicado especialmente para quem tem tempo de sobra para fechar negócio com a casa própria, o consórcio imobiliário disciplina o cliente a poupar, obrigando o a depositar, todos os meses, uma quantia para realizar seu sonho. Veja como funciona.

O que é um consórcio imobiliário?

Com a crescente dificuldade em poupar, o consórcio imobiliário vem se consolidando como a melhor opção para quem deseja comprar um imóvel, seja ele novo, usado, ou apenas realizar reformas. Para quem já é proprietário, o consórcio também pode ser utilizado para quitar a dívida de um imóvel financiado, fugindo assim das altas taxas de juros. 

Os consórcios são oferecidos por administradoras que oferecem cartas de crédito a um grupo determinado de interessados nesta mesma finalidade a fim de realizar uma espécie de financiamento conjunto. Os valores podem começar baixos, como R$ 80 mil e chegar até a casa de R$ 1 milhão, tudo depende de qual grupo de consórcio o cliente deseja entrar.

Como funciona um consórcio imobiliário?

Basicamente, um consórcio imobiliário tem início quando um grupo de pessoas se reúne em uma administradora com a finalidade de comprar um imóvel. Neste grupo, um valor para carta de crédito é estipulado e cada um dos participantes passa a pagar valores mensais à administradora referentes este montante, a qual fica responsável por gerenciar o dinheiro até que o valor final seja atingido. 

Em geral, um consórcio imobiliário tem duração de 10 a 15 anos, ou seja, é tarefa para quem realmente não tem pressa. No entanto, o consorciado pode ser contemplado bem antes deste período, pois ao longo do pagamento são realizados sorteios mensais onde um integrante do grupo é sorteado e leva a quantia total. 

Outra maneira de antecipar sua carta de crédito é por meio de lances. Os consorciados ofertam valores que consistem em utilizar até 25% do valor do crédito para antecipar a contemplação e ter a carta de crédito liberada, sendo possível também utilizar o FGTS para dar o lance.

Para adquirir uma cota de consórcio, o cliente deve assinar um Contrato de Adesão, onde estarão estabelecidas as regras que conduzirão o negócio contratado, como: valor do crédito contratado, prazo, valor das prestações, reajuste, condições de contemplação, taxas, direitos e obrigações do consorciado e da administradora, entre outros.

As parcelas têm juros?

O consórcio imobiliário é livre de juros. O acréscimo pago neste caso são taxas diretamente à administradora, as quais podem sofrer reajustes por diversos fatores, um deles é a alteração dos preços dos materiais de construção, por exemplo. O valor total da taxa de administração fica entre 18% e 20% sobre o valor do crédito, e é diluída nas parcelas mensais. 

Como a carta de crédito é paga?

Seja por meio de sorteios, lances ou ao fim do contrato, o consorciado deve escolher a cada que deseja e informar a administradora, a qual irá realizar todo o processo de compra. O dinheiro da carta de crédito não cai na conta do cliente, pois é usado diretamente para a compra do bem.

Onde procurar por um consórcio imobiliário?

Na hora de fechar negócio e dar o primeiro passo para comprar a sua casa, não se deixe levar apenas pelo preço. Comparar a qualidade do atendimento das administradoras de consórcio costuma ser uma forma de se prevenir contra problemas maiores que podem vir a acontecer. A partir de simples consulta no site do Banco Central é possível verificar todas as administradoras de consórcio que estão autorizadas a funcionar. No entanto, podemos destacar algumas administradoras mais bem avaliadas, como o Itaú Consórcios, a Embracon, a Luiza Consórcios e a Porto Seguro Consórcios. Outras instituições financeiras como o Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal também oferecem o serviço, no entanto, é importante avaliar a reputação das mesmas entre os clientes ou em sites como o Reclame Aqui e optar pelo melhor contrato.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar