7 coisas que você ainda pode fazer em 2016 para conseguir dinheiro

Se 2016 não foi bom no aspecto econômico saiba que nem tudo está perdido. Ainda existem opções para quem deseja conseguir dinheiro antes do fim do ano. Saiba quais são.

7 coisas que você ainda pode fazer em 2016 para conseguir dinheiro
Ainda dá tempo de investir em um negócio ou prestar serviços

Para muita gente 2016 não foi um bom ano em termos econômicos. A instabilidade política, o aumento dos preços e as demissões em massa fizeram com que muitos apertassem o botão vermelho da vida financeira e passassem a se perguntar o que fazer para sair dessa situação.

Felizmente o último trimestre do ano oferece algumas opções para quem deseja conseguir dinheiro até o próximo réveillon e começar 2017 com o pé direito. Confira opções para não terminar o ano no vermelho.

Como conseguir dinheiro ainda em 2016

As férias de fim de ano e as datas festivas são um prato cheio para quem não tem preguiça de por a mão na massa e lucrar. Conheça algumas das opções.

1 – Alugue seu imóvel

Se você tem uma casa na praia, um apartamento na metrópole ou até mesmo um quarto vago em casa pode se cadastrar como anfitrião no Airbnb e oferecer seu espaço a turistas, em especial durante a alta temporada.

O site define como diária mínima R$ 36 e você tem a opção de escolher se oferece ao hóspede regalias como alimentação e toalhas limpas – tudo, é claro, devidamente incluso no preço. Em São Paulo, o preço médio da diária fora da alta temporada é R$ 207, valor que pode chegar a quase R$ 1.500 caso o hóspede fique pelo menos sete dias.

2 – Cuide dos pets

Muita gente viaja no fim do ano e não sabe com quem deixar os animais de estimação. Eis aí uma forma de conseguir dinheiro trabalhando como babá dos pets, cuidando da alimentação, lazer e banho durante os dias em que os donos estarão fora e cobrando conforme a quantidade de dias e dificuldade das tarefas.

Existem sites que se propõem a fazer a ponte entre o cuidador e o dono, como o Dog Hero e Pethub, mas para tornar o processo mais fácil pode-se procurar no próprio bairro ou região por famílias que desejem aderir ao serviço.

Fapesp oferece R$ 15 milhões para ideias inovadoras

3 – Invista em pequenas franquias

Se tiver um dinheiro guardado ou até mesmo quiser investir o seguro-desemprego em alto que traga rentabilidade, uma franquia de pequeno porte pode dar um bom retorno e tem a vantagem de oferecer todo suporte ao empreendedor, que muitas vezes tem dúvidas sobre como administrar seu negócio.

Algumas das opções com menor valor de investimento, listadas pela revista Exame, são:

  • Acqio: rede de soluções de pagamentos eletrônicos cujo investimento inicial é de R$ 3 mil. O retorno vem depois de 2 meses;
  • Ahoba Viagens: se conecta ao cliente para vender serviços como pacotes de turismo sem necessidade de ponto comercial. O investimento inicial é de R$ 3,6 mil e o prato de retorno é de 3 a 12 meses;
  • Encontre sua viagem: rede que agencia serviços turísticos por meio dos modelos de home office, quiosque ou loja. O investimento inicial é de R$ 5 mil com prazo de retorno entre 3 e 12 meses;
  • Leader Kids: uma rede de franquias que oferece cursos extracurriculares em três modelos (Escola, Férias e Festa) e com investimento inicial de R$ 16 mil. O retorno aparece após 12 meses;
  • agênciaZ: cria materiais de comunicação segundo a prospecção dos clientes locais e envio de informações ao escritório central da marca. É flexível e pode ser conciliado com outro trabalho. O investimento inicial é de R$ 10 mil e o retorno vem depois de 6 meses.

4 – Procure um emprego temporário

O fim do ano também é popular pela alta demanda do comércio por mão de obra para trabalhar até dezembro. Geralmente as empresas começam a contratação no mês de outubro, por isso fique atento aos processos seletivos para não perder a oportunidade e conseguir dinheiro.

O ritmo é corrido, mas os salários compensam. Caso o funcionário bata metas – o que não é difícil de acontecer durante a febre das compras – ele recebe bônus e outros benefícios, e caso execute bem a função existem boas chances da empresa mantê-lo no quadro.

5 – Vire motorista de Uber

Tendo em mãos uma carteira de habilitação profissional, smartphone com sistema iOS 7 ou Android 4.0 e carro fabricado a partir de 2008 com quatro portas, cinco lugares e ar-condicionado você pode conseguir dinheiro extra transportando pessoa. Mais uma vez, o ritmo corrido do fim do ano pode contar pontos ao seu favor e trazer mais renda.

Trabalhando cinco horas por dia cinco vezes na semana o ganho mensal será de R$ 2.435,75, sem considerar gastos com manutenção. Dependendo da quantidade de horas ou dias é possível conciliar o serviço com outro trabalho. O cadastro para ser motorista Uber o quanto antes é feito no site.

6 – Faça a comida das festas e comemorações

A partir de outubro temos Dia das Crianças, Natal, Réveillon e uma porção de feriados. Não é só no dia 25 de dezembro que as pessoas se esbaldam na comida: festinhas, churrascos e comemorações acontecem também nas outras datas e são uma boa forma de conseguir dinheiro oferecendo seus dotes culinários.

Se você faz doces, bolos, comida para ceia ou gosta de ficar na churrasqueira esse é o momento ideal de colocar a mão na massa. No fim do ano as pessoas entram em ritmo de comemoração e nem sempre estão dispostas a encarar a cozinha. Caso o negócio vá bem você pode se profissionalizar no futuro e investir em cursos do Sebrae para melhorar suas aptidões.

7 – Organize um evento no Dia das Crianças

Se tiver experiência na área de organização de eventos o Dia das Crianças é uma boa oportunidade de conseguir dinheiro. Não precisa ser nada muito rebuscado: basta uma tarde de guloseimas, brinquedos e atrações para divertir a criançada e render uma grana extra.

Uma boa opção é segmentar por bairros ao invés de começar escolhendo locais grandes. Converse com pessoas da região sobre essa possibilidade e avalie o quanto podem cobrar.

Áreas de que devem contratar

Como nos anos anteriores, o comércio e varejo deverão ser as áreas com maior oferta de trabalho. Mesmo com o recuo de 2,4% em postos temporários em relação a 2015 e estimativa de retração de 3,5% no faturamento, a expectativa é de até 135 mil contratados, segundo, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turimos (CNC).

Os maiores volumes de contratação devem ser no segmento de vestuário (62,4 mil vagas) e hiper e supermercados (28,9 mil vagas). Esses segmentos costumam responder por 60% das vendas de Natal e o salário de admissão deve chegar a R$ 1.205.

A área com maior salário de admissão é a do ramo de artigos de informática e comunicação, com salário de R$ 1.403 e que deve ofertar apenas 1,6% das vagas.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar