Concurso público ou emprego privado: qual a melhor escolha?

Escolher entre concurso público ou emprego no setor privado é uma dúvida comum. Mas qual seria melhor opção para construir uma carreira de sucesso?

Concurso público ou emprego privado: qual a melhor escolha?
Para você qual é a opção certa, concurso público ou emprego no setor privado?

Concurso público ou emprego no setor privado? Este dilema é mais comum, principalmente, entre os jovens que acabaram de se formar e ainda não possuem experiência para alcançar o cargo desejado no mercado de trabalho.

 

É verdade que, para se conseguir um bom emprego no setor privado é preciso também um bom currículo e experiência profissional. E o processo seletivo pode variar desde entrevistas até dinâmicas de grupo. Já os concursos há “apenas” a prova seletiva (em alguns casos mais de uma etapa), mas que exige alto nível de conhecimento e, muitas das vezes, o currículo também pode ser um critério de seleção.


Ambas as opções possuem vantagens e desvantagens, principalmente no que diz respeito à estabilidade, carreira e remuneração. 

Concurso público ou emprego privado

 

Estabilidade

A estabilidade em concurso público só é atingida após três anos de trabalho, ou seja está condicionada a um estágio probatório. Mesmo após adquirir a estabilidade há a possibilidade de demissão caso cometa alguma penalidade, como por exemplo, faltar demais. E, o que é novidade para muitos, se o Estado estiver com despesas demais pode demitir um funcionário público, de acordo com o artigo 169 da Constituição.

 

No setor privado, mesmo com contratos assinados entre empregador e empregado, não há a garantia de estabilidade visto que em alguns casos, se opta pela multa rescisória.

 

Carreira

Há planos de carreira que são condicionados a tempo de trabalho e experiência académica. Agora, para aqueles aprovados em concurso de nível médio, só há a possibilidade de ascensão para um cargo de nível superior, se for aprovado em um novo concurso.

 

Hoje em dia, o setor privado oferece planos de carreira promissores a seus funcionários e possibilidades de realização de ensino à distância (EAD) para que o mesmo possa se qualificar para o cargo desejado.

 

Remuneração

O teto salarial para aqueles aprovados em concurso público é de 37,5 mil. Porém, a possibilidade de alcançar este valor é quase nula, principalmente se o seu cargo não for em Direito. Para além disso, caso o funcionário desista do emprego (o que acontece por falta de dinamismo e novos desafios na função), não há fundo de garantia (FGTS), pois já existia a estabilidade.

 

No setor privado, há sim a possibilidade real de se alcançar um alto salário quando se trata do cargo de um alto executivo dentro de uma empresa. É preciso estar atendo às possibilidades e os planos de carreiras estabelecidos para cada setor, que muitas vezes, pode ser maior do que para um cargo público.

 

O que é possível afirmar é que não há uma melhor opção na hora de escolher entre concurso público ou emprego no setor privado. Há perfis diferentes de pessoas e o que para muitos pode ser uma vantagem, para outros é desvantagem.

 

As vagas disponíveis para 2015

 

Concursos públicos no Brasil

Disponibiliza uma lista de editais, a nível nacional e estadual.

 

Ache Concursos

Disponibiliza editais que já estão abertos e informa aqueles que são previstos para o ano, a nível nacional e regional.

 

Site Nacional de Empregos

É uma opção, em formato classificados, para quem deseja procurar emprego no sector privado. É possível fazer uma busca por função e cidade, além da possibilidade de candidatura à vaga.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar