O que compensa comprar por atacado (ou não)

Vale a pena comprar em grandes quantidades para economizar? Descubra quais produtos valem a pena comprar por atacado, em quais condições e o tamanho da economia.

O que compensa comprar por atacado (ou não)
Descubra o tamanha da economia das compras por atacado

Vale a pena investir em compras por atacado para economizar? Segundo pesquisa do Datapopular, 3 em cada 10 brasileiros estão optando por fazer compras em maiores quantidades para economizar nos supermercados. Veja no artigo se vale a pena.

Compensa comprar por atacado?

Desde o período de hiperinflação, na época pré Plano-Real, não era comum as famílias fazerem compra de grandes volumes e encherem a dispensa para economizar nas compras do mês. No entanto, com a inflação em alta e as contas cada vez mais apertadas, aumenta o número de brasileiros que decidem fazer compras por atacado e aproveitar os melhores preços. Mas vale a pena? Em alguns casos sim, pois os preços praticados na compra de maior quantidade de produtos costumam custar em média entre 15% e 20% mais barato, em alguns produtos a diferença de valor pode chegar até a 50%. Veja abaixo quais produtos compensam comprar por atacado e em quais situações.

As ofertas leve mais e pague menos compensam?

Produtos que compensam comprar por atacado

QUER UM CARTÃO DE CRÉDITO
SOB MEDIDA PARA O
SEU BOLSO?
encontre aqui

O ideal para comprar por atacado é considerar a data de validade dos produtos e se você vai conseguir utilizá-los dentro desse período. De nada adianta pagar mais barato por eles se vai deixá-los passar da validade dentro do armário. O ideal é apostar em:

  • Produtos de limpeza e higiene pessoal – a data de validade desses produtos costuma ser longa, portanto se o desconto para levar uma maior quantidade de produtos for grande, vale a pena levar uma caixa. Lembre-se de calcular quanto tempo, em média, sua família leva para consumir tal produto, e assim veja se a data de validade não será alcançada até a utilização da última unidade.
  • Mantimentos – os mantimentos também tem data de validade alongada, mas nem tanto quanto os produtos de limpeza, portanto é preciso ficar atento. Arroz, farinha, açúcar, óleo e outros alimentos podem ser estocados. É preciso atenção com o feijão e café, que têm durabilidade mais curta.
  • Produtos que possam ser congelados – muitos produtos podem ir para o congelador e assim aumentar muito a sua durabilidade. Mas é preciso alertar: é preciso ter um congelador ou freezer grande se você for fazer a opção de congelar, é necessário utilizar saquinhos à vácuo para conservar a consistência dos alimentos (custam barato) e também ser organizado para dividir em porções pequenas e anotar os nomes e datas de validade de cada um deles. Congelando da maneira correta, você pode estocar legumes, ovos, castanhas, pães, carnes, gengibre, queijos (muçarela e prato) e manteiga.

Situações em que vale a pena ( ou não) comprar por atacado

Nem sempre comprar muitos produtos significa economia se você não fizer isso com inteligência, veja abaixo:

Não vale  a pena

  • Poucas pessoas na casa - Se você mora sozinho, ou só duas pessoas que ficam pouco tempo em casa e comem muitas refeições na rua, pode não valer a pena estocar pelo baixo consumo.
  • Se o mercado de atacados é muito longe da sua casa – Você precisa pesar o quanto o deslocamento vai custar ao seu bolso. Os mercados de atacado costumam ser afastados das regiões centrais (pois assim os aluguéis custam mais barato), como o preço dos combustíveis está alto, vale a pena ver quanto você vai gastar para ir e voltar ou com a taxa de entrega. Se o valor investido para fazer as compras chegarem até a sua casa for alto, pode não valer a pena.
  • Quando a economia é inferior a 15% - não vale a pena trocar a conveniência dos supermercados a varejo, a proximidade e a maior oferta de variedade de produtos e marcas se a economia for muito pequena.
  • Se você não tem espaço para estocar – você fez as contas, calculou o gasto e no final não teve espaço suficiente para guardar tudo o que comprou – trocou um problema por outro. Você precisa ter uma dispensa, ou muitos armários e/ou um grande congelador se quiser estocar, verifique isso antes de ir às compras.

Vale a Pena

  • Família grande – se a sua família é grande – de preferência acima de 4 pessoas – e o consumo do supermercado é alto, as compras em atacado é o ideal. Vocês farão uma economia significativa e terão produtos o suficiente para um longo período, sem precisar fazer grandes compras no supermercado com tanta frequência.
  • Quando você divide com um vizinho/amigo – essa é uma opção viável e sustentável. Se o seu vizinho também está interessado em comprar por atacado e tem hábitos de consumo parecido com o seu (ou da sua família), dividir as compras por atacado pode trazer economia significativa para ambos – tanto nas compras, quanto no combustível gasto para o deslocamento.
  • Se há um “atacarejo” não muito distante da sua casa – os atacarejos, nome popular para os supermercados especializados em atacados mas que também vendem a varejo, são boas opções para economizar. Não há a estética bonita e organizada dos supermercados a varejo, normalmente, os estoques estão nas pratileiras onde os clientes retiram os produtos e é comum clientes partilharem o espaço com carregadores de carrinhos repondo grandes estoques – mas os preços costumam ser bem mais baratos. Se comprar em maior quantidade, a economia é maior, mas mesmo em poucas unidades os preços costumam ser mais atrativos do que nos mercados de varejo comuns.

Qual é a diferença dos custos?

Para que você tenha uma ideia dos preços, disponibilizamos abaixo o preço de 5 produtos alimentícios com os preços em supermercados de varejo e de atacarejo, considerando a compra de apenas 1 unidade. Nos supermercados de atacarejo, se comprar mais unidades os descontos são ainda maiores, mas levamos em consideração os preços de apenas uma unidade para comparar com o varejo, veja o resultado:

1. Açúcar Refinado 1 kg União

 Supermercado Extra (varejo) – R$2,89

Sumercado Atacadão (atacarejo ) – R$ 2,65

2. Bolacha recheada de chocolate Trakinas (143 gramas)

Supermercado Pão de Açúcar (varejo) – R$2,10

Supermercado Makro (atacarejo) – R$1,59

3. Café em pó tradicional Pilão (500 gramas)

Staples (varejo) – R$10,48

Supermercado Roldão (atacarejo) – R$8,60

4. Danoninho de morango (360 gramas)

Supermercado Extra  (varejo) – R$ 5,44

Supermercados Assaí (atacarejo) – R$4,75

5. Extrato de tomate Elefante Knorr (340 gramas)

Pão de Açúcar ( varejo) – R$4,15

Supermercado Seta (atacarejo) – R$2,69

Descubra a solução ideal de cartão de crédito para você.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar