Vale a pena comprar online?

Às vezes a gente se empolga clicando nos anúncios e nem se pergunta se vale mais a pena comprar online ou na loja física. Confira esse artigo e tire a dúvida antes de fazer suas compras. 

Vale a pena comprar online?
Pesquisa de 2012 revelou que preços do online são até 25% mais baratos

Comprar online se tornou um hábito tão comum que muitas vezes nem paramos para pensar se vale mesmo a pena deixar de ir à loja e avaliar os preços. Vemos um anúncio pipocando ao lado direito do Facebook, clicamos e compramos no impulso, reproduzindo um comportamento clássico de quem passa em frente à loja e vê os letreiros luminosos anunciando “Promoção”.

Esse impulso de comprar pela internet deixa a dúvida: será que é mesmo mais vantajoso adquirir produtos em um clique ou devemos voltar às lojas físicas?

É vantagem comprar online?

Um levantamento feito pelo Estadão em 2012 mostrou que o preço no comércio tradicional pode ser até 25% maior que comprar online. A explicação para o fato é que o comportamento médio das cotações no comércio na internet tenda mais para a queda do que para o aumento, o que barateia os produtos. Isso acontece porque os custos da loja online são menores que uma loja física, pois não existem gastos com energia, aluguel, água ou funcionários.

Naquele ano, por exemplo, os preços de livros tiveram uma deflação (queda no preço) de 13,9%, enquanto eletrônicos tiveram 24,8% e brinquedos, 3,1%. Paralelo a isso, as lojas físicas registraram inflação de 10,1% nos livros e 8,5% nos brinquedos. Os produtos eletrônicos tiveram queda de 7,2%, porém o valor continua atrás do comércio online.

O que o consumidor acha?

Uma pesquisa de 2015 realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) apontou que 90% dos entrevistados buscam primeiro informações na internet antes de buscar na loja. Entre os jovens o numero é ainda maior: 93% dos consumidores entre 18 e 34 anos sondam na internet antes de ir à loja física.

O principal motivo para 85% dos entrevistados preferirem comprar online é o preço. A educadora da REORG Gestão Financeira Ana Paula Pavanatti, em entrevista ao site Vivo Seu Dinheiro, reforça: “o baixo custo operacional para as empresas torna os valores muito mais atrativos”.

Outras vantagens de comprar online são a comodidade (83%), maior variedade de produtos (76%), disponibilidade de informações (64%), agilidade (59%), facilidade de escolha (57%) e melhores formas de pagamento (56%). As vantagens listadas pelos consumidores de comprar na loja físicas são melhor qualidade no atendimento (72%), melhores formas de pagamento (44%) e facilidade em caso de troca (90%).

A educadora lembra que as lojas tradicionais permitem tratamento mais humanizado, o que facilita no ato da negociação do preço e para conseguir descontos no pagamento à vista. Além disso, o consumidor sai com a compra em mãos.

Qual vale mais a pena?

Se o consumidor deseja usufruir do produto imediatamente ou sabe que as chances de trocar são grandes – como quando compra uma roupa de presente e não sabe se a pessoa gostará -, o ideal é gastar sola de sapato e ir até a loja. Roupas, calçados e perfumes, por exemplo, podem até sair mais em conta na loja online, porém o transtorno para fazer a troca ou o desgosto caso o produto não seja aquilo que esperava não compensam a ansiedade de espera pela encomenda.

Produtos e itens que demandam negociação também devem ser adquiridos pessoalmente para aumentar as chances de descontos. Se quiser comprar um carro, por exemplo, pesquise os preços online (14% dos entrevistados na pesquisa fazem isso) e depois busque as melhores opções em concessionárias da cidade, já munido com as informações sobre os melhores preços que encontrou.

Eletroeletrônicos e eletrodomésticos foram citados por 75% e 58%, respectivamente, dos entrevistados como produtos mais pesquisados em lojas virtuais para realização da compra, seja ela online ou física.

No levantamento feito pelo Estadão uma geladeira de 352 litros da Brastemp custava R$ 1.999 na loja física e R$ 1583,01 na loja online + frete grátis. Uma TV de LED de 32 polegadas da Samsung custava R$ 1.799 na loja física e R$ 1.424 na loja virtual, também com frete grátis.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar