O que comprar no duty free

Se uma passagem no duty free está na lista da sua próxima viagem, fique atento. Nem sempre a ausência de tributação deixa a compra mais barata.

O que comprar no duty free
Nem tudo no duty free é vantajoso. Veja como funciona e o que comprar

Viajar, para muitos, significa quase sempre fazer compras e mais compras. Se o destino for internacional então, a festa pode começar ainda no aeroporto. Na zona de embarque para destinos fora do país, existem lojas com permissão para venderem mercadorias não tributadas. Os duty free ou free shops são um verdadeiro paraíso para os gastadores de plantão, uma vez que existem preços mesmo baixos e que deixam ainda mais evidentes os nossos pesados impostos.

 
CONTROLE AS SUAS FINANÇAS Com o cartão de crédito certo, você pode fazer compras programas e colocar as finanças em dia. Encontre o melhor cartão de crédito para você.

Mas, como nem tudo que reluz é ouro, as vantagens são limitadas e os duty frees do mundo seguem regras e preços diferentes. Não é raro encontrar produtos que sejam mais caros que em lojas comuns de rua, mesmo com a ausência de tributação. Também nem adianta se empolgar e deixar todo o dinheiro lá. Os estabelecimentos são programados para permitir que cada cliente gaste um limite máximo e leve quantidades limitadas de cada mercadoria.

 

Como funciona o duty free?

Antes de enlouquecer pensando em tudo aquilo que você comprará no free shop, vamos por partes porque existem alguns pontos a se ter atenção. O primeiro é que só será possível ter acesso ao duty free se você for fazer uma viagem internacional. Para voos domésticos não há essa opção, infelizmente. Na hora das compras, lembre-se de ter sempre o seu passaporte em mãos. No caso de viagens dentro da América Latina, pode usar apenas o RG, uma vez que podemos transitar por esse território apenas com ele.

Veja também: Qual melhor cartão de crédito internacional para fazer compras.

Quanto posso gastar no duty free?

Existem dois limites de compra que alguém que vai ao exterior tem direito. O primeiro, que designa-se mesmo limite para compra no exterior, inclui gastos feitos no(s) país(es) que for visitar, como é óbvio, mas também no duty free do Brasil antes de embarcar e nos outros que encontrar pelo caminho em conexões. 

  • Os US$ 500 começam a ser comprometidos a partir deste momento, ainda que não tenha chegado ao destino.

O segundo limite é específico para compras no duty free e é também de US$ 500, independetemente do que foi gasto fora. Esse valor só conta para o duty free do Brasil no seu retorno. Não adianta querer comprar mais do que isso porque o sistema simplesmente não aceita, além de limitar a quantidade de produtos como o cigarro.

Veja também: Como comprar passagens aéreas com até 90% de desconto

O que vale a pena comprar no duty free?

Agora esclarecido sobre limites e documentos, é hora de saber em que vale a pena gastar em um duty free. Já sabemos que os produtos são livres de impostos, mas pode não compensar sempre. Por isso, antes de tudo, faça uma pesquisa pelos sites dos free shops por onde passará e compare preços. No Brasil, a Dufry é quem gere os duty free dos aeroportos.

  • Nos free shops brasileiros, óculos de sol e perfumes compensam a compra. São quase sempre mais baratos que em outras lojas mundo afora.

  • De um modo geral, bebidas também ficam muito mais baratas (vinhos, espumantes, champanhes, licores, uísques).

  • Os chocólatras também podem fazer a festa porque chocolate é um item bom de comprar nos duty free.

  • Apesar de serem vendidos com quantidades condicionados, os cigarros são bem mais em conta.

  • Eletrônicos, salvo raras exceções, só compensam em promoções. Normalmente, custam quase o mesmo do que fora do aeroporto.

 
Saiba tudo sobre descontos no cartão de crédito.
 

Programe antes de comprar

Seguindo alguns passos, a ida ao duty free pode ser ainda mais proveitosa. Além dos preços já bem aprazíveis no sentido geral, é possível conseguir mais descontos! Duvida? Então confira as nossas dicas e faça bom proveito delas.

  • A pesquisa nos sites dos free shops é importante para garantir que você não levará gato por lebre. Um produto que você acha vantajoso no duty free brasileiro pode estar ainda mais barato em outro que esteja no seu roteiro.

  • A melhor opção é reservar os itens que você quer comprar pelo site. Evita a atribulação na loja, pois a compra já fica separada e pronta para ser levada. Além disso, ainda pode ganhar até 10% de desconto por ter reservado. Caso desista de algum produto, não terá nenhum custo a mais por isso.

  • Existem promoções do dia em algumas lojas, vale ficar atento para saber se algum item é do seu interesse.

 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar