Como trabalhar de voluntário no exterior. Uma experiência para vida

Já pensou em trabalhar como voluntário no exterior? Os destinos mais procurados são Africa do Sul, Índia, Namíbia, Nepal e Peru. Confira as dicas do E-konomista e não perca essa viagem!

Como trabalhar de voluntário no exterior. Uma experiência para vida
Confira diversas opções para trabalhar como voluntário

O trabalho voluntário no estrangeiro é uma oportunidade para aperfeiçoar um idioma, conhecer novas culturas e ao mesmo tempo contribuir de forma positiva através de acções humanitárias ou com carácter de recuperação e preservação da fauna e flora. Em alguns casos, o voluntariado no exterior pode ser uma oportunidade mais em conta para aperfeiçoar ou aprender uma nova língua. Em média, os programas são para pessoas acima dos 18 anos, têm a duração de duas a 12 semanas e, para destinos como Nova Delhi, na Índia, custa em torno de US$1.140,00 ou R$ 3.135,00 (dólar a 2,75 de acordo com a cotação do dia).

Trabalho voluntário no exterior

Mas quais as reais vantagens de viver uma experiência destas? Esta resposta geralmente é compartilhada por milhares de pessoas que já estiveream envolvidos com este tipo de trabalho.

Esqueça os bancos e as dívidas Faça um empréstimo online em 3 minutos

Vantagens de trabalhar como voluntário

  • É uma oportunidade para conhecer lugares e culturas diferentes
  • Opção para praticar e aperfeiçoar o idioma do país escolhido
  • É um trabalho de curta duração e que pode ser feito durante as férias
  • Na maioria dos programas, o valor pago inclui alimentação, acomodação e transporte
  • É uma experiência que provoca crescimento pessoal e desenvolve capacidades de convívio com diferentes pessoas, culturas, ambientes e educação
  • É uma prática cada vez mais valorizada pelas grandes empresas na hora de disputar uma vaga de trabalho.

Agências especializadas em voluntariado

  • Companhia de Intercâmbio – Programas na África do Sul, Índia, Namíbia, Nepal e Peru, com objectivos diversos como: atividades com crianças portadoras de deficiências físicas e mentais; ajuda na conservação de reservas, faunas e floras; promoção de atividades culturais e educacionais com crianças e jovens carentes e ações humanitárias.
  • Experimento – Programa oferecido em mais de 15 países, entre eles África do Sul, Argentina, Chile, Guatemala, Ghana, Índia, Irlanda, Marrocos, Nepal, Nigéria e Turquia. As áreas de trabalho podem variar de acordo com o país e os projectos são voltados para comunidades rurais, clínicas de saúde, orfanatos, crianças carentes, meio ambiente e animais.
  • Expomundi – Programa na África do Sul para trabalhar com idosos, crianças e animais.
  • Intercultural – Programa na África do Sul para trabalhos em comunidades rurais, com crianças, idosos e com animais.
  • AIESEC – Programa Cidadão Global em mais de 100 países, para trabalhos relacionados a projetos educacionais com ênfase em gestão de projetos, educação cultural, ensino de novas línguas e execução de workshops sobre HIV.

Se a intenção é aperfeiçoar a língua inglesa, confira as oportunidades que são divulgadas pelo site Volunteer Dublin City, uma oportunidade de fazer voluntariado na Europa.

Qual destino escolher?

O E-konomista reuniu algumas características dos destinos mais procurados para trabalhar como voluntário no estrangeiro. Confira e escolha o que mais combina com você!

Índia

Se a sua escolha é pela Índia, prepare-se para conhecer uma cultura completamente diferente, com muitas cores e cheiros. Além é claro da oportunidade de conhecer lugares incríveis como o Taj Mahal. Neste país você poderá auxiliar pessoas carentes em escolas, hospitais e outros projetos.

Nepal

Localizado na região dos Himaláias, o país tem como principal atração a beleza natural, como o famoso Monte Everest. Os trabalhos voluntários acontecem, na sua maior parte, em escolas públicas, orfanatos, day care e grupos de mulheres.

Peru

Além de ser um destino mais próximo do Brasil, um trabalho voluntário neste país pode proporcionar algumas oportunidades, como por exemplo, de conhecer as ruínas de Machu Picchu, visitas a sítios arqueológico e festas típicas. Projetos educacionais, assistenciais e ambientais em escolas; centros médicos e reservas naturais são as principais opções em voluntariado no país.

África do Sul

Além da diversidade da fauna e flora, o país é considerado como um dos grandes centros de esportes radicais, tendo como principal atração o mais alto bungee jumping do mundo, com 216 metros de altura. Projetos voltados para a preservação de animais de grande porte como rinocerontes e elefantes são bastante comuns. Além dos humanitários, que vão desde ajuda com pessoas necessitadas à palestras sobre HIV.

Namíbia

O país é considerado o mais seco do continente Africano, está localizado em uma área desértica e possui a maior população de leopardos do mundo. Este é o local ideal para os apaixonados por animais e que desejam voluntariar em atividades com felinos, em projetos como a observação e preservação de leopardos e cheetas e interação com leões.

Trabalho voluntário independente

Há também opções para quem deseja colocar uma mochila nas costas e viajar pelo mundo, especialmente pela Europa, Ásia e Oceania, gastando pouco e trocando trabalho por acomodação e alimentação:

Voluntariado para quem deseja trabalhar em fazendas orgânicas

Voluntariado para ajudar, como um guia, viajantes em fazendas (orgânicas ou não-orgânicas), albergues, vilas e até mesmo em barcos a vela.

Neste site você escolhe o tipo de trabalho voluntário que deseja fazer e o país.

Ganhe um tablet para aprender inglês onde quiser.

 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar