Como se tornar um MEI (Microempreendedor Individual)

Quer saber como se cadastrar como MEI? Saiba quem pode se inscrever e quais são as taxas a serem pagas pelo serviço.

Como se tornar um MEI (Microempreendedor Individual)
Saiba como se tornar MEI e quais são as vantagens para sua microempresa

O Microempreendedor Individual (MEI) foi criado em 2009 e tem como principal objetivo ajudar os pequenos empresários a abrir suas companhias e ficarem legalizados com as atividades exercidas. Diferente de outras modalidades, para se cadastrar no MEI não há tanta burocracia, e muitas vezes poderá fazer isso direto do seu próprio computador. Saiba qual é o procedimento para inscrição do microempreendedor.

Quem pode ser MEI

O MEI foi criado exclusivamente para empreendedores individuais que não têm sócios. Para isso, o faturamento da empresa não pode ultrapassar o valor de R$ 60 mil por ano e só poderá fazer a contratação de um único funcionário. Por isso é fundamental analisar bem o plano do seu negócio antes de optar por abrir pelo MEI.

Além disso, não são todas as atividades comerciais que se enquadram no perfil do Microempreendedor. É necessário, previamente, consultar a lista de atividades fornecida no Portal do Empreendedor para ver se sua empresa se encaixa em algum modelo de negócio.

DESCUBRA A CONTA BANCÁRIA SOB MEDIDA PARA O SEU NEGÓCIOsaiba mais

Como fazer a inscrição

Para formalizar sua solicitação, você deverá informar seus dados pessoais com endereço e atividade que irá exercer no Portal do Empreendedor. Caso tenha dificuldades na hora do cadastro, poderá buscar ajuda no atendimento ao trabalhador ou na prefeitura da sua cidade.

Depois de fornecer os dados, o futuro empreendedor receberá um certificado de MEI, o qual já constará o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), que será utilizado para a emissão de notas fiscais.

Quanto custa

No momento do cadastro da MEI não será cobrado nenhum valor, no entanto os impostos são taxados pelas regras do Simples Nacional. Trata-se de uma taxa mensal chamada guia DAS (Documento de Arrecadação Simplificada), que pode ser emitida no Portal do Empreendedor.

Será cobrada do empreendedor uma taxa de 5% do salário mínimo vigente para contribuição da sua própria previdência social, baseia-se em um sistema que ajuda as pessoas que trabalham informalmente a terem direito a alguns auxílios, tais como: doença, licença-maternidade, e pensão por morte

Como cancelar MEI: passo a passo

Como emitir Nota Fiscal

Todo o processo descrito foi apenas para se formalizar como MEI, para a emissão de nota fiscal você terá que fazer o Cadastro de Contribuinte Mobiliário (CCM) junto à prefeitura, pois assim poderá prestar serviços e recolher impostos para o município.

Cada município tem seu procedimento para cadastro, algumas cidades disponibilizam o serviço pela internet, entretanto outras exigem que o empreendedor vá até a prefeitura para realizar esse procedimento.

Para emitir a nota, basta entrar no site da Secretaria da Fazenda Estadual com o seu CPNJ, a senha de acesso fornecida pela prefeitura, dados cadastrais da empresa pela qual será enviada a nota e seguir o passo a passo. Você poderá enviar a nota por e-mail ou salvar em formato PDF.

 Encontre a melhor solução de conta bancária para o seu negócio. Veja aqui! 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Elisabete Machado Elisabete Machado

Brasileira, natural de São Paulo, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-graduada em Fundamentos da Cultura e das Artes pela Universidade Estadual Paulista. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar