Como sacar o FGTS inativo

O saque das contas inativas começou em 10 de março. Veja como sacar o FGTS inativo e como proceder para ter direito ao benefício acumulado. 

Como sacar o FGTS inativo
Saiba como vai funcionar o saque da conta inativa

O presidente Michel Temer anunciou, em dezembro de 2016, que iria liberar o saque do dinheiro acumulado nas contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para o trabalhador que pediu a conta ou foi demitido até dia 31 de dezembro de 2015. 

O calendário de como sacar o FGTS inativo foi divulgado e leva em consideração os meses de nascimento dos trabalhadores. Os primeiros contemplados começaram a sacar o benefício no dia 10 de março de 2017. 

Veja como sacar o FGTS inativo

Podem sacar o FGTS inativo os trabalhadores com registro na carteira que pediram demissão ou foram demitidos até o dia 31 de dezembro do ano passado e que ainda tenham valores acumulados nas contas do FGTS relacionadas a estes contratos de trabalho. 

Seis investimentos para fazer com o FGTS

O cronograma de como sacar o FGTS inativo leva em conta o mês de nascimento do trabalhador. Os primeiros beneficiados foram os nascidos em Janeiro e Fevereiro. 

Nascidos em  Saque a partir de 
Janeiro e fevereiro 10/03/2017
Março, abril e maio 10/04/2017
Junho, julho e agosto 12/05/2017
Setembro, outubro e novembro 16/06/2017
Dezembro 14/07/2017
 


Assim, todo o dinheiro acumulado no fundo poderá ser sacado pelo trabalhador ainda este ano. Não terão direito ao saque os trabalhadores que estiverem com a carteira assinada atualmente e os que possuem contratos de trabalho dos quais o trabalhador pediu demissão ou foi demitido ao longo deste ano.

Leia também: Como consultar o saldo do FGTS


Normas para o saque do FGTS inativo

No link, é possível se informar, de forma personalizada, sobre quando, onde e como sacar o FGTS inativo. No geral, a Caixa informa aos trabalhadores sobre as opções de recebimento e documentos necessários para o saque: 

  • Saques até R$ 3 mil podem ser realizados no autoatendimento. Até R$ 1.500 é necessário levar a senha do Cartão Cidadão, enquanto até R$ 3 mil é necessário o Cartão Cidadão e senha; 
  • Nas Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui podem ser realizados saques até R$ 3 mil com documento de identificação do trabalhador, Cartão Cidadão e senha; 
  • Nas agências Caixa é preciso levar número do PIS/PASEP, documento de identificação do trabalhador e comprovante de finalização do contrato de trabalho. Os valores sacados nas agências devem ser superiores a R$ 3 mil; 
  • Também é possível autorizar o recebimento do crédito em conta, caso o trabalhador seja correntista do banco.

Como consultar o saldo inativo?

O saldo que o trabalhador tem em contas inativas do FGTS pode ser consultado pelo site da Caixa e pelo aplicativo do FGTS. Para isso será necessário ter em mãos o número do PIS e uma senha, que pode ser cadastrada no site da Caixa para ter acesso às informações.

O valor do saque não é limitado e mesmo quem tem FGTS inativo há muitos anos poderá ter acesso a esse dinheiro.

O trabalhador também tem como consultar o FGTS inativo pelos extratos no autoatendimento e agências da Caixa, mesmo que não seja cliente do banco.

Nesse caso, é necessário apresentar o Cartão Cidadão, onde são depositados os recursos relacionados a benefícios sociais, como o FGTS e o seguro-desemprego.
 

Entenda o que é FGTS inativo

Quando o contrato de trabalho entre o empregador e o empregado acaba a conta do FGTS se torna inativa. Entretanto, até a mudança estabelecidade pelo Governo Federal, o saque desse valor só podia ser efetuado quando o trabalhador era demitido. Esses valores acumulados se dão quando o empregador pede demissão de uma empresa, pois, até então, ele não podia sacar esse dinheiro.

Gostou? Compartilhe!
Elisabete Machado Elisabete Machado

Brasileira, natural de São Paulo, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-graduada em Fundamentos da Cultura e das Artes pela Universidade Estadual Paulista. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa.

Na Web:

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar