Veja como começar a pensar em inglês e parar de traduzir

Para inserir a língua inglesa no dia a dia e passar a pensar em inglês não existe fórmula mágica. Porém, dedicação e exposição ao idioma são essenciais.

Veja como começar a pensar em inglês e parar de traduzir
Se expor diariamente ao idioma é essencial para começar a pensar em inglês

ECONOMIZE NOS SERVIÇOS DA SUA CONTA BANCÁRIA saiba como

Para inserir a língua inglesa no dia a dia e passar a pensar em inglês não existe fórmula mágica. Pessoas que já estão em um nível intermediário ou quase avançado em inglês, por exemplo, muitas vezes se deparam com palavras que simplesmente não conseguem expressar em português. E isso é pensar em inglês: tornar o contato com o idioma suficiente para as informações sejam assimiladas sem a necessidade de traduzi-las para sua língua nativa. Na tradução mental, o indivíduo tem o primeiro pensamento em português e então, o traduz para o inglês.

Para pensar em inglês, no entanto, o intermediário entre o pensamento e a expressão final não existe, sendo elaborado imediatamente em inglês. Decorar textos, regras gramaticais e forçar um aprendizado mecânico, ao contrário do que os cursos de inglês pregam durante anos aos seus alunos, não são grandes aliados para pensar em inglês, mas sim, deixar o idioma fazer parte do seu dia a dia. Conheça algumas técnicas.

Para pensar em inglês, exponha-se ao idioma

O treinamento deve ser diário e, quando maior a sua exposição ao idioma, mais rápido você começará a assimilar os conteúdos e passar a pensar em inglês.

Listening

Principalmente através do listening, ou seja, compreensão oral, pensar em inglês pode se tornar mais fácil. Escute podcasts, músicas, palestras, acompanhe artigos que também estejam disponíveis em áudio e assista novamente seus filmes e séries favoritas, porém, sem legenda ou com ela também em inglês. 

Reading

Assim como a importância do listening, a compreensão escrita também é muito importante para assimilar a gramática e expandir seu vocabulário. Leia matérias, livros e altere o idioma do seu smartphone, redes sociais e computador pessoal também para o inglês. Viva a língua e condicione-se a integra-la a sua rotina.

Seja seu próprio crítico

QUER INICIAR O SEU PRÓPRIO NEGÓCIO?
Cadastre-se e receba as melhores dicas, informações e oportunidades para investir no negócio próprio.

Aprender a pensar em inglês com técnicas autodidatas é bastante simples. E, para isso, ninguém melhor para criticar e apontar os progressos e dificuldades do que você mesmo.

Converse

Esta pode ser uma parte bastante complicada para os mais tímidos. Para pensar em inglês é necessário praticar esse pensamento. Converse consigo mesmo em inglês, descreva o seu dia em frente ao espelho, faça comentários mentais sobre pessoas, situações e, se possível, tente também expressa-los verbalmente. 

Anote

Durante os primeiros períodos do aprendizado, é normal e também necessário traduzir textos em português, para o inglês. Nestes casos, leia placas, outdoors, anúncios, manuais e o que mais julgar desafiador e os traduza para o inglês. Durante aulas ou palestras, faça suas anotações também em inglês. Quando não souber alguma palavra, anote-a para pesquisar em seguida.

Fuja do Google Tradutor 

Quando não sabemos alguma palavra em português, vamos ao dicionário e procuramos a definição dela. No caso do inglês, devemos seguir o mesmo princípio: desconhecendo um significado, não procure pela tradução, mas sim pela definição da mesma em um dicionário da língua inglesa.

Use aplicativos

Além das dicas para pensar em inglês que você pode praticar no dia a dia, muitos aplicativos podem facilitar o aprendizado e também te lembrar de praticar. Por exemplo, aplicativos como o Duolingo disponibilizam metas diárias, onde o aluno deverá realizar algumas lições para passar ao próximo nível. As tarefas incluem compreensão oral e escrita, gramática e também alguma prática verbal. O aplicativo, quando instalado no smartphone também lembram o usuário de treinar todos os dias. Outro aplicativo, como o Lingua.ly disponibiliza uma interessante extensão para o Google Chrome, onde o usuário pode adicionar novas palavras ao seu vocabulário quando não souber algum significado online e treinar o uso delas em artigos e contextos diversos.

Encontre a conta corrente ideal para você. Saiba mais.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar